Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 21 Setembro 2018
32°C

Condeúba

Parcialmente nublado Humidade: 25%
Vento: ENE17.70 km/h
Micael B Silveira

Micael B Silveira

Graduando em Engenharia de Controle e Automação, Jornalista amador nas horas vagas e apaixonado por sua terra natal: Condeúba.

A Operação Lava Jato cumpre cinco mandados de prisão na manhã desta terça-feira (4). Três deles são no Rio de Janeiro e outros dois na Bahia. Este é um desdobramento da Operação Câmbio Desligo. O Ministério Público Federal (MPF) investiga um possível esquema de evasão de divisas, sonegação fiscal e contrabando e pedras preciosas de uma empresa que movimentou R$ 44 milhões no banco paralelo do doleiro Dario Messer, que segue foragido.

As investigações desta fase da Lava Jato têm como base as delações de Juca Bala e Tony, doleiros que foram presos no Uruguai por envolvimento no esquema de corrupção do ex-governador Sérgio Cabral.

A empresa envolvida no esquema exporta pedras preciosas, principalmente esmeraldas, para países como Índia e China. De acordo com o MPF, a companhia compra as pedras na cidade de Campo Formoso, no interior da Bahia.

Procuradora-geral da República, Raquel Dodge prepara um novo recurso para pedir que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mande o PT devolver aos cofres públicos os valores que gastar na campanha presidencial enquanto não anuncia o substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A informação é do blog Painel, da Folha de S. Paulo.

O TSE deu o prazo de 10 dias, que se encerra na próxima terça-feira (11), para que a legenda indique um nome. Atualmente candidato a vice, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), deve ser alçado ao posto de candidato a presidente com a deputada federal Manuela D'Ávila como sua vice.

De acordo com a publicação, o partido repassou R$ 20 milhões do fundo eleitoral à chapa presidencial. Desse montante, R$ 14,4 milhões foram investidos nas propagandas veiculadas na televisão e no rádio.

Uma pesquisa divulgada pela RecordTV Itapoan na manhã desta quarta-feira (22) mostra o governador Rui Costa (PT), candidato à reeleição, liderando a corrida pelo Palácio de Ondina. 

O estudo feito pela Real Time Big Data traz o petista liderando o cenário estimulado com 51%. Zé Ronaldo, candidato do DEM, aparece em segundo lugar com 18%.

Ainda na pesquisa estimulada, João Henrique (PRTB) é o candidato que aparece em terceiro com 1%. Os candidatos Marcos Mendes (Psol), Orlando Andrade (PCO) e Célia Sacramento (Rede) têm, juntos, 2%.

No cenário da pesquisa espontânea, Rui Costa tem 34%. Zé Ronaldo, por sua vez, tem 10%. Os demais candidatos somam 1%, indecisos são 44% e os que vão votar nulo ou em branco representam 11%.

Na avaliação feita pelo instituto para o segundo turno, Rui Costa venceria Zé Ronaldo com 55% das intenções de votos. O democrata aparece com 25% neste cenário.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob número de identificação BA-05201/2018, foi contratada e realizada pelo instituto Real Time Big Data. O levantamento ouviu 1.200 eleitores entre os dias 16 e 17 deste mês de agosto, tem nível de confiança de 95% e margem de erro de até 3% para mais ou para menos.

A seca que assola a região Sudoeste está causando estragos incalculáveis.

Em uma rica reportagem exibida no programa Redação Brasil, da Rádio Brasil FM, nesta quarta-feira (22) os comunicadores Deusdete Dias e Ricardo Gordo fizeram um verdadeiro panorama sobre a situação na zona rural de Vitória da Conquista, além dos municípios de Cordeiros, Piripá e Condeúba.

Uma das grandes barragens que abastecem Condeúba e outras localidades está praticamente seca, o que tem preocupado a população e lideranças políticas da região.

Durante uma tentativa de assalto na zona rural da cidade de Jacaraci, a 153 km de Brumado, o assaltante foi atingido com um tiro acidental no abdômen. O crime ocorreu na noite do último dia 15, em uma residência na Fazenda Pedrinhas. Armado, Alexandro Porto Lopes invadiu a casa e o proprietário do imóvel reagiu.

Segundo informações obtidas pelo site Achei Sudoeste, durante a briga, a arma acabou disparando e atingindo o assaltante. A polícia esteve no local e socorreu o assaltante até a unidade de saúde da cidade, de onde o mesmo foi transferido para o Hospital Regional de Guanambi. A arma usada no crime foi apreendida.

 

 

Um homem foi preso após atear fogo na bagagem da esposa, enquanto ela se preparava para sair de casa após uma briga, no povoado Lagoa dos Pereiras, Zona Rural de Anagé, Sudoeste Baiano. A vítima teve o braço queimado pelas chamas. De acordo com a Polícia, o casal estava junto há 20 anos e tem uma filha. A discussão ocorreu na manhã de sábado (18) e, em seguida, a vítima disse que queria se separar e começou a arrumar as malas. Depois da briga, Antônio Fernandes dos Santos, de 46 anos, saiu de casa e retornou com uma garrafa com gasolina. Ele jogou o combustível nas malas da mulher, de 58 anos, e ateou fogo. A vítima teve queimaduras de 1º e 2º graus no braço. 

Antônio disse à polícia que a esposa se queimou ao tentar apagar as chamas. No entanto, a Polícia Militar, que atendeu o caso, informou à Polícia Civil que ele tentou queimar a companheira, mas as chamas não se propagaram na roupa dela. As duas versões são investigadas.

O suspeito foi detido em flagrante ainda no sábado, depois que a companheira procurou a delegacia para registrar queixa. A unidade policial fica a cerca de 110 km da zona rual onde a vítima mora.

Após prestar depoimento, a mulher foi socorrida por policiais para o Hospital Municipal de Anagé. O estado de saúde dela não foi divulgado.

A polícia informou que Antônio foi preso em um bar, próximo à casa onde morava. Ele estava bêbado e reagiu à prisão. Antônio acabou sendo detido e levado para o Distrito Integrado de Segurança Pública. Ele deve ser levado para a Delegacia de Anagé ainda nesta segunda-feira.

Uma operação da Polícia Federal, com o apoio da Controladoria-Geral da União, visa o cumprimento de mandado de afastamento dos prefeitos Pilão Arcado e Ipirá.

De acordo com a PF, a operação deflagrada nesta terça-feira (21) foi batizada de Offerus e tem o objetivo de desarticular um esquema criminoso de fraude a licitações, superfaturamento, desvio de recursos públicos, corrupção ativa e passiva e lavagem de ativos envolvendo a contratação do serviço de transporte escolar nos municípios baianos de Alagoinhas, Casa Nova, Conde, Ipirá, Jequié e Pilão Arcado.

Cerca de 90 policiais federais cumprem 19 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos, empresas e nas residências dos envolvidos no esquema, além de um mandado de prisão preventiva. Vinte e um auditores federais de controle, da CGU, também participam das diligências.

Além dos mandados no interior, há cumprimento em Salvador no bairro do Rio Vermelho.

Aesar do discurso oficial e do lançamento da pré-candidatura do ex-presidente Lula, caciques petistas já trabalham o nome do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como "plano B" para a disputa pela Presidência da República, informa o repórter Nilson Klava, da GloboNews.

A estratégia é desenvolver o "projeto Haddad" discretamente, depois da condenação de Lula ter sido confirmada pela unanimidade pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

De forma reservada, integrantes do PT consideram praticamente nula a chance de o ex-presidente ser candidato. Isso porque, com a unanimidade da condenação, as possibilidades de Lula recorrer foram limitadas aos chamados embargos de declaração, que não permitem reverter a condenação no TRF-4.

O ex-presidente ainda pode, porém, recorrer ao STJ e ao STF, com um pedido de efeito suspensivo.

Diante do cenário de condenação, a estratégia de petistas é manter a candidatura de Lula até o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) impedir o ex-presidente de disputar o Planalto novamente, como preveem ministros da Corte.

Com isso, integrantes do partido esperam "radicalizar" o discurso, tendo Lula à frente da campanha, angariando o maior apoio possível.

A estratégia para tentar levar o ex-prefeito de São Paulo para o segundo turno da eleição já começa agora.

"O que vai acontecer com Haddad é a sutileza da aparição. Ele sempre estará ao lado de Lula no palanque. O ex-presidente já o colocou como coordenador do programa de governo dele e vem focando os seus discursos na educação justamente para começar a apresentar Haddad ao eleitor", diz um interlocutor petista.

Jaques Wagner
Outro nome que chegou a ser cogitado no partido foi o de Jaques Wagner. O ex-ministro da Casa Civil, atual secretário do governo da Bahia, deu sinais de que não vai arriscar a possibilidade de ficar sem mandato, devendo, assim, se candidatar ao Legislativo.

"O cercado do Jaques Wagner é a Bahia. Ele quer reeleger Rui Costa governador e garantir a sua cadeira no Senado", afirmou um aliado.

Apesar de toda a estratégia já articulada nos bastidores, oficialmente o PT nega qualquer nome alternativo a Lula. Teme esvaziar o nome do presidente antes do tempo.