Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 18 Setembro 2019
Muito Nublado

17°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 90%

Vento: 9 km/h

Mayara Domingues

Mayara Domingues

Acadêmica de Direito e vice-Presidente do Diretório do curso na Faculdade de Guanambi, assume a coluna Jurídica no FRC.

O pensamento das ruas

Por: Oclides da Silveira

Por que os políticos detentores dos atuais mandatos não municipalizam as discurções com os movimentos de ruas? Será que há receio por parte deles que muitas vezes depois de eleitos desaparecem do convivo popular, só retornam o contato com o povo no último ano do seu mandato, para pedir o voto novamente para continuar mais quatro anos no poder? Ou será ainda que os políticos não entenderam as mensagens dos movimentos das ruas e janelas?

Não importa de uma forma ou de outra, o certo é que a massa já não suporta mais enrolação por parte do Poder Público.

Tudo tem que andar rápido nos dias de hoje, inclusive na administração pública, assim como ocorre às mudanças no mundo, a população está conectado 24 horas em tempo real, com todos os lugares do planeta e fora dele.

Por tanto, não há mais espaços para os administradores públicos ludibriarem o povo com palavreados do tipo: “eu vou ver”, ”se der jeito eu faço”, “volta depois”, “vai passando por aí, o dia que dar certo eu ti atendo”. Isto faz parte de um passado retrógada que não deixou saudades, hoje o povo só trabalha com planejamento e previsão de datas não muito longas, se falhar, como dizem na gíria, “sujou”, aí o administrador cai num descrédito total.

Tem também o gravíssimo problema dos candidatos sorrateiros que gostam de dar rasteira no povo, na época das campanhas eleitorais, eles saem comprando e pagando votos pelo preço que encontrar, alem do que, eles  prometem mundos e fundos se for eleitos, mentindo para o povo. Em contra partida, aceitando tudo que lhe é pedido, ele concorda com tudo dando a seguinte justificativa:

Assim que eu for eleito, pode me procurar que estarei pronto para atendê-los. Num entanto, depois de eleito ninguém mais consegue falar por telefone com o cidadão, muito menos encontrá-lo nos três primeiros anos do seu mandato, só retorna a fazer contato com o povo na época que começa as campanhas políticas para pedir novamente o voto e tornar reelegê-lo.

Mas, ele não vem com uma relação das obras que fez durante os três anos, que esteve desaparecido do meio do povo, muito menos se participou de algumas negociatas que lhe rendera alguns dividendos financeiros. Como certa vez disse Jô Soares, vamos no popular, “se ele meteu a mão no dinheiro publico”!

Horas bolas! Tudo tem limite, até quando vamos ter que engolir essas tramóias dos nossos homens públicos? A final de contas somos nós eleitores que damos os mandatos aos políticos por quatro anos e aos Senadores oito anos, “o que é um absurdo”.

É verdade! Somos nós também quem pagamos os gordos salários de todos os políticos no poder. Muito embora, a população não é convidada para participar das discurções de aumento salarial dos políticos, razão pela qual, há valores tão aviltantes nos salários dos homens públicos. Então o povo quer conversar sobre essas mazelas, que os políticos desonestos tem feito com a sociedade ao longo dos anos.

Uma idéia que foi boa demais em quanto durou, em São José do Rio Preto/SP., os aumentos salariais tanto do Executivo quanto do Legislativo, só ocorria depois de ser ouvida a sociedade organizada, após amplos debates realizados em várias reuniões. Em caso de concessão de aumento salarial, então, encaminhava-se aquela proposta resultante dos debates e decisão da sociedade à Câmara para ser votada e aprovada pelos vereadores, só para dar legalidade.

Que tal fazermos o que fizeram os rio-pretenses? A sociedade organizada de cada município representada por Prefeitura, Câmara de Vereadores, Sindicatos, Associações de Moradores ou de Categorias, Cooperativas, Centrais, Clubes, Igrejas, OAB, Maçonaria, Conselhos, entre outros. Vamos procurar corrigir e assessorar nossos políticos municipais, isto posto, com certeza nossos problemas diminuirão, pois, moramos primeiramente no município, ninguém mora no Estado ou União. 

 

É verdade! O Brasil alterou seu status de “deitado eternamente em berço esplendido”, para “verás que um filho teu não foge à luta”. Conforme cartaz exibido abaixo numa das manifestações de ruas. 

Exigindo que se cumpra a Lei Municipal 945/98, que dispõe sobre sanções aos estabelecimentos bancários infratores dos direitos do consumidor, o Movimento Contra Morte Prematura (MCMP) e o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região realizarão um protesto em defesa de usuários dos serviços bancários, buscando conscientizá-los dos seus direitos, denunciando aos órgãos fiscalizadores. O ato será amanhã (terça-feira), a partir das 10h30, com início na agência do Bradesco (em frente à Praça Tancredo Neves). Em uma apresentação cênica, André Cairo, líder do MCMP, dará vida à personagem Náfila Khea Ley e dividirá o espaço de falas com diretores do Sindicato dos Bancários em frente às agências bancárias da cidade. A mobilização será principalmente contra o descumprimento da lei dos 15 minutos,já que vários clientes chegam a esperar de duas a três horas para receberem oa tendimento. Além disso, a mobilização pretende instruí-los sobre como e onde devem protocolar suas queixas.

Fonte: ASCOM / SINDICATO DOS BANCÁRIOS – VITÓRIA DA CONQUISTA E REGIÃO/DDEZ.COM.BR

O empate conquistado no minuto final do clássico contra o Botafogo que tirou o Flamengo da zona de rebaixamento, colocando o Fluminense em seu lugar, teve sabor de vitória para os jogadores. Tanto, que eles até se confundiram na hora de comemorar.

“No primeiro tempo não conseguimos jogar. Conseguimos nos impor no segundo, articulamos jogadas, criamos boas chances, e no final fomos premiados com a ‘vitória’ (empate)”, declarou o defensor João Paulo.

O experiente lateral direito Léo Moura também se confundiu, mas não se esqueceu do primeiro tempo ruim que a equipe rubro-negra teve e pediu atenção para que os erros não se repitam.

“O grupo está de parabéns por essa ‘vitória’ (empate). Esse tipo de jogo faz o Flamengo ficar forte. Temos que ajustar os erros da primeira etapa e trabalhar em cima dos acertos do segundo tempo”, emendou.

O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira, a partir das 21h50 (de Brasília), quando encara o Bahia na Arena Fonte Nova. Com 10 pontos, o time ocupa a 15ª colocação da Série A.

Confira a Classificação do Brasileirão:

 

Classificação

 

CLUBES

P

J

V

E

D

GP

GC

SG

1º - Cruzeiro

18

9

5

3

1

22

8

14

2º - Internacional

18

10

5

3

1

18

15

3

3º - Botafogo

17

9

5

2

2

13

8

5

4º - Coritiba

17

9

4

5

0

12

8

4

5º - Bahia

16

10

4

4

2

10

10

0

6º - Vitória

15

9

4

3

2

14

9

5

7º - Grêmio

15

9

4

3

2

11

8

3

8º - Vasco

13

9

4

1

4

14

17

-3

9º - Santos

12

9

3

3

3

12

10

2

10º - Goiás

12

9

3

3

3

8

12

-4

11º - Corinthians

11

9

2

5

2

6

5

1

12º - Ponte Preta

10

8

3

1

4

9

10

-1

13º - Atlético-MG

10

8

3

1

4

8

11

-3

14º - Criciúma

10

9

3

1

5

12

17

-5

15º - Flamengo

10

9

2

4

3

9

9

0

16º - Atlético-PR

10

9

2

4

3

16

17

-1

17º - Fluminense

9

9

3

0

6

12

15

-3

18º - São Paulo

9

11

2

1

6

7

16

-9

19º - Náutico

7

9

2

1

6

7

16

-9

20º - Portuguesa

7

9

1

4

4

10

15

-5

 

 

 

P: Pontos - J: Jogos - V: Vitórias - E: Empates - D: Derrotas
GP: Gols pró - GC: Gols contra - SG: Saldo de gols

 

Libertadores

 

Zona de rebaixamento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

             

 

Classificação do Brasileirão 2013

  P J V E D GP GC SG
1º - Internacional 18 9 5 3 1 18 12 6
2º - Botafogo 16 8 5 1 2 12 7 5
3º - Coritiba 16 8 4 4 0 11 7 4
4º - Cruzeiro 15 8 4 3 1 18 7 11
5º - Vitória 14 8 4 2 2 13 8 5
6º - Bahia 13 9 3 4 2 8 9 -1
7º - Santos 12 8 3 3 2 12 9 3
8º - Grêmio 12 8 3 3 2 9 8 1
9º - Goiás 12 8 3 3 2 7 10 -3
10º - Atlético-MG 10 7 3 1 3 7 7 0
11º - Vasco 10 8 3 1 4 11 15 -4
12º - Criciúma 10 8 3 1 4 10 14 -4
13º - Corinthians 10 8 2 4 2 6 5 1
14º - Fluminense 9 8 3 0 5 12 13 -1
15º - Flamengo 9 8 2 3 3 8 8 0
16º - São Paulo 8 10 2 2 6 11 14 -3
17º - Ponte Preta 7 7 2 1 4 8 10 -2
18º - Atlético-PR 7 8 1 4 3 13 15 -2
19º - Portuguesa 7 8 1 4 3 8 12 -4
20º - Náutico 4 8 1 1 6 4 16 -12

P: Pontos - J: Jogos - V: Vitórias - E: Empates - D: Derrotas
GP: Gols pró - GC: Gols contra - SG: Saldo de gols

  Libertadores
  Zona de rebaixamento
 

 CONFIRA OS JOGOS DA  9ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2013

DIA 24

Horário Rodada Jogo Local TV
21h 12 São Paulo 0 x 1 Internacional Morumbi  

DIA 27

Horário Rodada Jogo Local TV
18h30 9 Vasco x Criciúma São Januário, no Rio Fechada e PPV
18h30 9 Portuguesa x Atlético-PR Canindé, em São Paulo PPV
21h 9 Ponte Preta x Santos Moisés Lucarelli, em Campinas PPV

DIA 28

Horário Rodada Jogo Local TV
16h 9 Corinthians x São Paulo Pacaembu, em São Paulo Aberta e PPV
16h 9 Grêmio x Fluminense Arena Grêmio, em Porto Alegre Aberta e PPV
16h 9 Náutico x Internacional Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata Aberta e PPV
16h 9 Cruzeiro x Atlético-MG Mineirão, em Belo Horizonte PPV
18h30 9 Flamengo x Botafogo A definir PPV
18h30 9 Bahia x Goiás Arena Fonte Nova, em Salvador PPV
18h30 9 Coritiba x Vitória Couto Pereira, em Curitiba Fechada e PPV

O Galo cantou "campeão" madrugada adentro. Na virada de quarta para quinta-feira, o Atlético-MG derrotou o Olímpia por 2 a 0 no tempo regulamentar (gols de Jô e Leonardo Silva) e não aproveitou o fato de jogar com um a mais na prorrogação, mas levou a melhor na disputa dos pênaltis e conquistou no Mineirão o título de melhor da América pela primeira vez.

O time treinado por Cuca teve muito mais espaço nos 30 minutos extra e não foi capaz de balançar a rede Olimpista pela terceira vez. Contudo, nos pênaltis o goleiro Victor mais uma vez brilhou. Ele defendeu a primeira cobrança adversária, mal efetuada por Miranda, e abriu o caminho para o triunfo decisivo. Depois de Alecsandro, Guilherme, Jô e Leonardo Silva converterem a favor dos donos da casa, Aranda chutou a bola no travessão e decretou o resultado final.

Parabéns a todos os Atleticanos e ao futebol Brasileiro pela quarta conquista da Taça Libertadores seguida, agora temos 17 títulos contra 22 dos Argentinos.

Campeonato Brasileiro 2013

8ª RODADA

DataHoraMandantePlacarVisitanteLocalCidade
20/07 18:30 Botafogo x Náutico São Januário Rio de Janeiro
20/07 18:30 São Paulo x Cruzeiro Morumbi São Paulo
20/07 18:30 Criciúma x Grêmio Heriberto Hülse Criciúma
21/07 16:00 Vitória x Bahia Arena Fonte Nova Salvador
21/07 16:00 Internacional x Flamengo Centenário Caxias do Sul
21/07 16:00 Atlético-PR x Corinthians Vila Capanema Curitiba
21/07 16:00 Santos x Coritiba Vila Belmiro Santos
21/07 18:30 Fluminense x Vasco Maracanã Rio de Janeiro
21/07 18:30 Goiás x Portuguesa Serra Dourada Goiânia
21/07 18:30 Atlético-MG x Ponte Preta Independência Belo Horizont

SÃO PAULO - Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira pelo jornal "O Estado de S. Paulo" confirmou a queda de popularidade da presidente Dilma Rousseff após a onda de protestos no país. A sondagem também mostrou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com aprovação maior que a sucessora e apontou uma escalada da taxa dos votos em branco. Dilma perdeu 28 pontos em comparação ao último levantamento, em março, e aparece agora com 30% das intenções de voto. No mesmo cenário de disputa, Lula alcançaria 41%.

Entre os adversários pesquisados, Dilma foi a única a perder intenção de voto. A ex-presidenciável Marina Silva teve o maior crescimento dentre todos, passando de 12% para 22%. Na sequência aparecem o senador Aécio Neves (13%) e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (5%). Eles tiveram 9% e 3%, respectivamente, na pesquisa anterior.

Os votos em branco e nulos dobraram no mesmo período. Passaram de 9% em março para 18%. A pesquisa foi realizada entre quinta-feira e domingo passado. Foram entrevistados 2.002 brasileiros de 16 anos ou mais de idade em 140 municípios de todas as regiões do Brasil. A margem de erro máxima é de 2 pontos porcentuais, para mais ou para menos, em um intervalo de confiança de 95%.

Fonte: O Globo


Pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), durante a “Marcha dos Prefeitos”, mostrou que 60,5% dos entrevistados acham que a reeleição deve acabar e, para 53,3%, o mandato do presidente, de governadores e prefeitos deve ter duração de seis anos. O levantamento ouviu 622 gestores – 11% do total de 5.563 no país – que ocupam o cargo pela primeira vez. O fim da reeleição indefinida dos parlamentares também é defendido por 73,3%, assim como o financiamento público de campanha (49,2%) e o voto obrigatório (58,4%). O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, afirmou que a consulta será enviada aos congressistas, como contribuição para o debate sobre a reforma política. Para ele, o dado, combinado com o mandato de seis anos, tem explicação: os prefeitos terão mais tempo para planejar a gestão e poderão ser mais independentes dos partidos políticos. “Os novos prefeitos começam [o mandato] pensando em reeleição. Se não houver reeleição, mas o mandato for de seis anos, terão um tempo maior para se planejar e não vão ficar pensando em reeleição. Vão ter mais transparência e não ficarão vulneráveis aos partidos”, argumentou. A pesquisa consultou os prefeitos sobre 12 pontos. Setenta por cento são contra candidaturas de políticos sem partido. A eleição do suplente de senador tem apoio de 85%, e as eleições para todos os cargos em um só pleito, com a coincidência de mandatos, de 83,5%.