Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Terça, 20 Novembro 2018
26°C

Condeúba

Parcialmente nublado Humidade: 52%
Vento: ENE20.92 km/h
Itens filtrados por data: Segunda, 26 Outubro 2015

O lavrador Vilmar Lobo dos Ângelos, popular Coió, de 44 anos, foi morto pelo próprio irmão, o servente de pedreiro Orlei Lobo dos Ângelos, o Baixinho, de 59 anos. O crime aconteceu no início da noite da última segunda-feira (27), na comunidade da Lagoa Funda, em Brumado.

Familiares relataram que os irmãos moravam na mesma casa e, embora fossem muito queridos nas comunidade, viviam brigando. Além disso, eles sempre se alteravam quando bebiam. “Ele me importunou e eu não gostei, aí eu peguei o cabo da enxada e dei na cabeça dele.

Quando ele caiu, terminei o serviço com uma marreta, que abriu a cabeça dele. Não estou arrependido, fui eu quem matou meu irmão e, se alguém me importunar, eu mato de novo, pois para quem matou um matar outro não custa nada”, confessou Orlei ao site Brumado Notícias.

Segundo o delegado Orlando Quaresma, o Orlei foi preso quando saía de um bar, logo após ter praticado o crime. “Ele matou, trancou a casa e jogou a chave para um vizinho, depois saiu anunciando na vizinhança o que tinha feito. Em seguida, foi para o bar tomar cachaça”, contou o delegado.

A vítima era o caçula de 10 irmãos. O corpo de Vilmar foi necropciados na manhã desta terça-feira (27) e será velado na casa da família na comunidade onde vivia.

Do Blog da Resenha Geral, por Mateus Novais

Publicado em Bahia

Os juros médios cobrados pelos bancos nas operações com cheque especial atingiram, em setembro, o maior patamar em 20 anos, ao mesmo tempo em que a taxa média cobrada pelas instituições financeiras no cartão de crédito rotativo superaram a marca dos 410% ao ano, segundo números divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira (27).

No caso do cheque especial, informou a autoridade monetária, os juros cobrados em setembro somaram 263,7% ao ano, o que representa um aumento de 10,5 pontos percentuais em relação ao patamar do mês anterior, quando estavam em 253,2% ao ano. É o maior patamar desde setembro de 1995, quando estavam em 271,4% ao ano, ainda de acordo com dados do BC.

Os juros cobrados pelos bancos nesta linha de crédito tiveram forte aumento nos últimos meses. No fim de 2013, estavam em 148,1% ao ano. O crescimento, portanto, foi de 115 pontos percentuais nos últimos 19 meses. Somente neste ano, a alta foi de 62,7 pontos percentuais, segundo informações da autoridade monetária.

Publicado em Bahia

Um jovem de 22 anos foi espancado durante uma festa ocorrida no último sábado (24) no campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Caetité, centro-sul do estado. A agressão ocorreu durante a  festa de encerramento do II Encontro de Integração Geográfica, organizado pelo Centro Acadêmico Estudantil do curso de Geografia. De acordo com o delegado Clécio Magalhães, titular da delegacia da cidade, o pai do jovem registrou uma queixa na segunda-feira (26) alegando que o filho foi vítima de lesão corporal.

“O pai disse que na saída da festa houve uma confusão e o filho agredido. Pedimos um laudo e  o médico atestou que o jovem teve uma fratura na face e escoriações pelo corpo”, afirmou o delegado. Um outro jovem também teria sido agredido durante a confusão mas teve apenas ferimentos leves.

O rapaz foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caetité e posteriormente transferido para um hospital em Vitória da Conquista, onde segue internado. Ainda segundo o delegado, o pai do jovem indicou o nome de quatro rapazes que teriam agredido o filho. Entre eles estaria um adolescente. Dois dos indicados prestaram depoimento na segunda-feira e admitiram que estavam envolvidos na briga. Os outros dois serão ouvidos até amanhã.

O delegado afirmou que o número de envolvidos na confusão é maior. “Estamos apurando para ver se conseguimos identificar os outros envolvidos”, contou. Segundo ele, nenhum dos envolvidos na confusão, incluindo os rapazes agredidos, é aluno da Uneb. O caso foi registrado como lesão corporal grave.

Em nota, a Uneb lamentou o incidente ocorrido e salientou que o evento foi aberto ao público e contou com a presença da Polícia Militar e com toda a estrutura necessária para a sua realização.

*Redação Correio 24h

Publicado em Bahia