Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 19 Junho 2019
Ensolarado

27°C

Condeúba

Ensolarado

Umidade: 30%

Vento: 6 km/h

Itens filtrados por data: Segunda, 01 Abril 2019

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sofreu um ataque na madrugada da segunda-feira (1º). O ataque vazou dados de pessoas que já utilizaram os serviços do CNJ, como nomes completos, números de contas bancárias, telefones, CPFs e senhas.

Em nota divulgada à imprensa, o CNJ informou que "nenhum sistema de informações processuais foi atingido" pelo ataque. Portanto, diz o comunicado, o PJe e o banco de monitoramento de prisões (BNMP) não foram afetados. Segundo o site Defcon Lab, o ataque foi feito por uma hacker que usa o codinome Al1ne, de uma equipe chamada Pryzraky. Já o site TecMundo afirma que são cerca de seis mil linhas de dados com informações pessoais e credenciais de acesso para serviços do CNJ.

A hacker deixou uma mensagem em indonésio: "Uma criança nascida hoje crescerá sem uma concepção de privacidade. Eles nunca saberão o que significa ter um certo momento para si pensamentos que não são registrados e não analisados. E isso é um problema porque a privacidade é importante; a privacidade é o que é possível devemos determinar quem somos e quem queremos ser”. O CNJ informou que já acionou as autoridades e tomou as medidas necessárias para apurar os fatos e manter a segurança do Portal.

Foto: Bahia Notícias

 

Publicado em Brasil

Um mês após a morte de Arthur Araújo Lula da Silva , de sete anos, neto do ex-presidente Lula , a Prefeitura de Santo André informou que a causa da morte não foi meningite, como informado inicialmente pelo Hospital Bartira.

Arthur morreu no dia 1 de março após dar entrada no hospital por volta das 7h14 com febre, náuseas e dores abdominais. Segundo a Prefeitura de Santo André, o quadro evoluiu para confusão mental e o menino morreu por volta de 12 horas. A causa atribuída pelo hospital foi meningite.

"Apesar da notificação, o resultado do exame de líquor realizado no mesmo dia pelo próprio Hospital Bartira, acusou bacterioscopia negativa", informou a Prefeitura de Santo André.

As amostras de sangue foram, então, enviadas para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. O laudo, emitido nesta segunda-feira, aponta que o resultado descartou todos os tipos de meningite como causas da morte.

A Prefeitura de Santo André, contudo, não informou qual o motivo do óbito do neto do ex-presidente Lula.

"Informações adicionais relacionadas ao caso dependem da autorização expressa da família da criança", segundo o comunicado da Prefeitura.

Após a morte do neto de Lula, a Justiça Federal do Paraná decidiu permitir que o ex-presidente participasse do velório de Arthur.

FONTE: Jornal o GLOBO

Publicado em Brasil