Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Terça, 21 Maio 2019
Muito Nublado

27°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 50%

Vento: 9 km/h

Itens filtrados por data: Terça, 14 Maio 2019

Mais de 20 mulheres relataram ter sido vítimas de abuso sexual por parte de um médico ginecologista e obstetra durante consultas, na cidade de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia. O caso foi denunciado à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e à Polícia Civil, que instaurou inquérito para apurar a situação.

As denúncias começaram a surgir na última sexta-feira (10), depois que um perfil foi criado no Instagram por uma pessoa, que não se identificou, que relatou um caso de abuso por parte do médico Orcione Júnior, que atende nas redes pública e privada da cidade.

Depois desse primeiro relato, várias outras vítimas denunciaram ter passado pela mesma situação. Os crimes teriam ocorrido no consultório do médico, entre 2018 e 2019. A defesa do médico disse que ele nega as acusações.

Publicado em Jurídica

O jornalista Levi Vasconcelos publicou hoje (15) em sua coluna, do Jornal A Tarde, o posicionamento do Dep. Estadual Pedro Tavares (DEM), em relação à prática abusiva das tarifas aéreas.

"Hoje, em algumas situações viajar dentro do estado está ficando mais caro do que viajar para o exterior. Há muitos dias venho denunciando os valores exorbitantes das passagens aéreas e cobrando uma solução. É um absurdo que as tarifas pra viajarmos para destinos dentro do estado estejam mais caras do que para viajarmos para países da Europa, por exemplo. Consequentemente, essa situação traz prejuízos para o turismo e para a economia das regiões. Órgãos, como a Anac precisam dar uma explicação em relação a isso. Não é a situação de uma empresa que deve definir os preços do mercado. Tudo tem limite!Vamos lutar contra essa exploração comercial e fazer com que o cidadão seja respeitado, enquanto consumidor. Temos que ser firmes na luta por preços mais justos." Afirma Pedro Tavares, indignado com a situação.

Publicado em Economia

Sem qualquer avanço. Foi assim que terminou a reunião entre professores de universidades estaduais em greve e o governo do estado nesta segunda-feira (13). A categoria foi até a Secretaria de Relações Institucionais buscando, entre outros pedidos, aumento salarial e dos orçamentos anuais das instituições.

O encontro acabou sem nenhuma nova proposta do estado e a continuidade da greve deverá ser anunciada após assembleias da categoria na próxima segunda (20).

O governo alega que só irá voltar a negociar com os professores quando a greve for interrompida. Já a categoria bate o pé e diz que não terminará o movimento deflagrado após quatro anos de reivindicações não atendidas pelo governador Rui Costa (PT). A greve atinge a Uneb, Uefs, Uesb e Uesc.

“O governo repete o mantra de que se precisa terminar a greve para negociar. Passamos os últimos quatro anos tentando reuniões e protocolando pautas sem resposta. Estamos em greve e o governo precisa apresentar novas propostas”, declarou André Uzêda, coordenador do Fórum das Associações Docentes das Universidades Estaduais da Bahia (ADS), instância que reúne as associações de docentes estaduais em greve.

Diante da falta de avanços e da paralisação que já dura um mês, o sindicato fala agora em “radicalizar” os atos na greve. Perguntado sobre que tipo de efeito a radicalização traria a greve, o porta-voz se limitou a dizer que os docentes devem mostrar para a sociedade que o governo está brincando com o movimento. “Somos uma das poucas categorias que enfrentaram o ex-governador Jaques Wagner (PT) e enfrentam o governador Rui Costa”, falou Uzêda.

As associações de professores devem se reunir na próxima segunda (20) e, se nada mudar até lá, a proposta da direção dos sindicatos será pela continuidade do movimento. Nesta quarta (15) os professores participam de uma paralisação nacional pela Educação.

FONTE: Bahia Notícias

Publicado em Bahia

Nesta terça-feira (14), Condeúba completa 158 anos de emancipação política!

Condeúba, município situado na região sudoeste da Bahia, emancipou-se de Caetité pela lei número 809, de 11 de junho de 1860. Entretanto, a instalação da vila se deu em 14 de maio de 1961. É por isso que a comemoração do aniversário da cidade acontece sempre nessa segunda data.

A origem de Condeúba, encontra-se no processo de ocupação do sertão que medeia entre Minas Novas e Araçuaí, Rio Pardo e Rio das Contas, intensificado a partir de 1720, quando a mineração proliferava em Minas Novas, Minas do Rio de Contas e Jacobina. Do processo de ocupação naquele período derivaram algumas aglomerações humanas, depois cidades, incluindo Santo Antônio da Barra, posteriormente Condeúba. O município teve seu foco irradiação a partir do sítio Condeúba, latifúndio deitado às margens do Rio Gavião.

O município de Condeúba está situado no Centro-Sul baiano, na microrregião de Brumado, distante cerca de 660 Km da capital Salvador. Condeúba tem uma população de aproximadamente 17.000 habitantes, faz limite com os municípios de Cordeiros, Jacaraci, Mortugaba, Guajeru, Presidente Jânio Quadros e o Estado de Minas Gerais.

Condeúba é um município histórico, mas a memória coletiva requer cuidados com os registros e com sua gente. Povo que, com garra e suor do dia-a-dia, ergue os alicerces do desenvolvimento em busca do seu crescimento e do bem comum.

Desejamos que cada munícipe seja um ponto de perseverança, para manter a cidade nos caminhos do sucesso.            

Publicado em Condeúba