Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 16 Outubro 2019
Parcialmente Nublado

28°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 37%

Vento: 14 km/h

Itens filtrados por data: Segunda, 16 Setembro 2019

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), avalia que as eleições do ano que vem no município devem ser disputadas pelo grupo dele e pelo PT. Em entrevista ao Bahia Notícias nesta terça-feira (17), Gusmão disse que precisaria de mais quatro anos para fazer o que idealiza. Fora esse desejo, o político diz que não abrirá a boca para mais nada em relação ao pleito de 2020. Nem sobre o que se ventila sobre uma terceira via política.

"Eu não tem falado de política partidária. Muito pelo contrário. Eleição está longe. Tem muita coisa para fazer e no Brasil tem essa história de antecipar o processo eleitoral. Eu digo que a reeleição é uma questão natural. É um direito. Como o PT ficou 20 anos aqui, eu tenho direito a mais 4", discursou. O prefeito alega que encontrou o município sem planos municipais nas áreas de saneamento, mobilidade e meio ambiente. "Quero preparar Conquista para o ano 2040 quando ela completa 200 anos", projetou.

BOLSONARISTA
Questionado sobre a relação política do governo Bolsonaro com o Nordeste – o presidente foi à Conquista inaugurar um aeroporto, mas chegou a chamar a região de "Paraíba" – o prefeito avaliou que é preciso esperar pela continuidade do mandato do ex-capitão. Afirmou ainda que está fechado com Bolsonaro. "Eu digo sempre que o presidente Bolsonaro está em seu primeiro ano de governo. É verdade que há incompreensões, mas o nosso apoio a ele é incondicional. Em Conquista, ele tem todo o nosso apoio", finalizou.

Fonte: Bahia Notícias

Publicado em Bahia

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) realizou o recadastramento biométrico de mais de 1 milhão de eleitores em quatro meses. O número, atingido na última sexta-feira (13), foi comemorado pelo presidente do órgão, desembargador Jatahy Júnior, que destacou a eficiência do serviço de agendamento.

“Escolhemos realizar uma revisão sem filas, com garantia de um atendimento mais digno ao cidadão. Chegarmos a um número tão expressivo em tão pouco tempo me deixa muito satisfeito, pois é a confirmação de que estamos no caminho certo”, afirmou.

Publicado em Bahia