Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sábado, 20 Outubro 2018
22°C

Condeúba

Nublado Humidade: 81%
Vento: W9.66 km/h

Curta nossa página

O projeto que cria o Dia de Conscientização e Combate às Doenças da Glândula Tireoide na Bahia, de autoria do deputado Pedro Tavares (PMDB) , foi aprovado nesta terça-feira, 31, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa. A data escolhida foi o 24 de agosto.

O parlamentar justifica a matéria, explicando que quando a tireoide não está funcionando adequadamente pode liberar hormônios em excesso (hipertiroidismo) ou em quantidade insuficiente (hipotireoidismo). “Preservar uma alimentação equilibrada é fundamental para as pessoas com algum distúrbio na tireoide, seja ele hipotireoidismo ou hipertireoidismo”, afirmou.

Estima-se que 300 milhões de pessoas no mundo sofram de disfunções na tireoide. No Brasil, acrescenta Pedro Tavares, de 10% a 15% das mulheres têm o problema em algum momento da vida. O projeto segue agora para apreciação no plenário da Casa.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) divulgou há pouco o gabarito oficial das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), realizadas nos dias 5 e 12 de novembro.Com o gabarito [CONFIRA AQUI] , os candidatos podem saber quantas questões acertaram.

O deputado Luciano Ribeiro (DEM) entregou mais um trator com implementos agrícolas, fruto de emenda parlamentar, para o município de Caetité, no sudoeste baiano. Desta vez, a Associação Comunitária de Anguá e região foram beneficiadas.

O ato de entrega contou com as presenças de Dr. Custódio Brito, vereadores João do Anguá e Dé Axé, pastor Jeová, presidente da Associação, Ana Farias, além da comunidade em geral. Ribeiro ficou feliz em poder contribuir para melhorar as condições de trabalho e renda do homem do campo.

A Bahia foi o estado brasileiro com maior número de registros de mortes de homens de 15 a 24 anos de idade por causas externas. No total, em 2016, 3.394 jovens perderam a vida vítimas de suicídios, acidentes de trânsito, afogamentos, quedas, acidentes, entre outros. O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (14). Em dez anos, enquanto 10 dos 27 estados brasileiros conseguiram reduzir essa estatística, a Bahia registrou um aumento de 171,3%.

Segundo o IBGE, comparado a 2006, quando eram 1.251 mortes, esse número quase triplicou em 2016 no estado. De acordo com o G1, em 2006, São Paulo tinha o maior número absoluto de homens jovens mortos por causas externas (5.055), e a Bahia era o sexto estado nesse ranking, com 1.251 mortes.

Dez anos e uma redução de 36,5% depois, São Paulo caiu para o segundo lugar, com 3.208 registros de mortes de homens jovens por causas externas, enquanto a Bahia passou a ser líder, com 3.394 jovens mortos por causas não naturais.

*As informações são do Achei Sudoeste

Por iniciativa da Prefeitura Municipal, foi criado o CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança Pública de Condeúba), na última quarta-feira (14/11). A assembléia para criação aconteceu na câmara municipal da cidade e reuniu populares, membros do governo local, A guarda Municipal, o Sgto. Gibson, Vereadores, O presidente FECONSEG - Francisco Borges e até representantes do governo municipal do município de Licínio de Almeida.

O objetivo do conselho é reunir representantes de diversos segmentos da sociedade para que possam debater assuntos relacionado à segurança pública e aproximar a comunidade dos dispositivos disponíveis para o combate à criminalidade.

Com índices alarmantes de violência no estado da Bahia, os municípios pequenos são os que mais sofrem. Efetivo reduzido, poucas viaturas e falta de estrutura para a polícia trabalhar são os principais problemas. Com a entidade oficializada, juntamente com o governo municipal, será possível apresentar ao governo do Estado (Responsável pela segurança pública municipal) e à própria sociedade, caminhos possíveis para redução no índice de consumo de drogas, furtos e assaltos e até mesmo nas questões de violência doméstica.

Em contato telefônico com o FRC, o prefeito Silvan citou às dificuldades que enfrentam na busca por soluções para os problemas de segurança que Condeúba enfrenta. "Legalmente falando, o município não tem nenhuma responsabilidade sobre a segurança pública, mas eu enxergo de outra forma, se não houver uma parceria com a municipalidade, não conseguiremos resultados efetivos. Eu chamei a responsabilidade para min estou correndo atrás. Já tive algumas audiências com a secretaria de segurança pública, apresentei nossos problemas e as possíveis soluções, mas obtive pouco resultado. Mesmo assim, vou buscando caminhos alternativos para a diminuição dos índices de criminalidade no município e a proposta de criação desse conselho é uma delas. Continuaremos lutando pois essa é uma das prioridades do meu governo."

A diretoria eleita para um mandato de três anos ficou composta da seguinte forma:

Presidente: Raimundo Alves de Oliveira e Silva
Diretor Executivo: Antonio Carlos Ribeiro da Silva
Secretário Geral: Laurita Alves de Sousa
Administrativo: Geraldo Ramos Pereira Cordeiros
Diretor Financeiro: João Lima de Oliveira Neto
Diretor Social e Ação Comunitária: Lucas Ruan Nascimento Porto
Diretor de Políticas Anti Drogas: Eliana Maria dos Santos
Conselheiros Fiscal Titulares: Danilo Gardel Amorim Novais, Carlos Alves do Nascimento e José Carlos Dias
Suplentes: Ilson Soares de Sousa, Antonio Alves Pereira e Edimilson da Silva Barros

 

A operação Backbone, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira (14) para apurar desvios na Caixa Econômica Federal, investiga irregularidades em contratos firmados com a área de Tecnologia da Informação da empresa. A PF aponta que uma organização criminosa formada por empregados da CEF, empresários da área de TI e uma empresa de consultoria de um ex-funcionário do banco desviou quase R$ 400 milhões.

Segundo a Polícia Federal, os empresários de TI repassavam dinheiro à empresa de consultoria por meio de contratos de prestação de serviço a princípio inexistentes. Parte do valor era repassado aos integrantes da organização criminosa. Em troca, as empresas de TI eram favorecidas em contratos com a Caixa.

As investigações apontam que empregados da CEF, juntamente com o sócio administrador da empresa de consultoria, receberam vantagens indevidas repassadas por empresas de TI com a finalidade de cometer irregularidades na formalização e fiscalização dos contratos dessas empresas com a CEF. Os contratos sob investigação totalizam um valor aproximado de R$ 385 milhões. Na área da informática, Backbone faz referência à espinha dorsal de um sistema de rede de computadores.

Na Operação Papiros de Lama, quinta fase da Lama Asfáltica, deflagrada nesta terça-feira (14) há um mandado de prisão contra o ex-governador do Mato Grosso do Sul André Puccinelli (PMDB). A ação é comandada pela Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Receita Federal.

A investigação tem como objetivo desbaratar um esquema que desviou recursos públicos por meio do direcionamento de licitações públicas, superfaturamento de obras públicas, aquisição fictícia ou ilícita de produtos, financiamento de atividades privadas sem relação com a atividade-fim de empresas estatais, concessão de créditos tributários com vistas ao recebimento de propina e corrupção de agentes públicos.

Os prejuízos causados pelo esquema aos cofres públicos, segundo a PF, passam dos R$ 235 milhões.

Um galpão dos Estúdios Globo, em Curicica, Zona Oeste do Rio, foi atingido por um incêndio na noite desta quinta-feira (9). Não houve registro de feridos, de acordo com informações do G1.

Segundo a Central Globo de Comunicação, o fogo começou por volta das 18h, horário de Brasília, e atingiu o galpão de apoio às gravações da próxima novela das 7, “Deus Salve o Rei”. Militares do Quartel de Jacarepaguá participaram da operação para debelar as chamas e ainda estavam no local por volta das 20h20, também pela hora de Brasília.

A cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste, completa 177 anos de emancipação política nesta quinta-feira (9). Com 348,7 mil habitantes, conforme última estimativa do IBGE, a cidade é a terceira em população do estado, atrás apenas de Salvador e Feira de Santana. O frio conhecido vem dos mais de 920 metros acima do nível do mar. Ocupada por portugueses e índios no começo da fundação do Arraial de Conquista, em 1783, o local passa a condição de Vila e Freguesia em 1840.

Com base econômica na pecuária extensiva, a partir de 1940 a cidade passa a ter o comércio como outra fonte de mercado. Para celebrar a data, vários atos vão ocorrer ao longo do dia. Uma missa em Ação de Graças, às 7h30, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora das Vitórias deu início à comemoração da data.

Conforme o Blog do Anderson, em seguida, às 8h, haverá uma solenidade oficial comemorativa em frente à sede da prefeitura, onde haverá o hasteamento das bandeiras e a execução do Hino à Vitória da Conquista, pela Banda da Polícia Militar. A Fanfarra Municipal também se apresenta no dia. Além disso, durante o evento, a Secretaria Municipal de Educação vai expor maquetes retratando os principais monumentos da cidade. Pintura facial também será disponibilizada para as crianças, por meio do Educarte.

*As informações são do Bahia Notícias

A vida simples na zona rural da cidade de Piripá, não impediu que um jovem casal de namorados colocasse em prática a mais perversa e repugnante natureza criminosa contra o professor Antônio Rocha Pinto, de 55 anos.

Logo após o corpo de Antônio ser queimado no interior de um carro, na estrada entre Piripá e Condeúba, a Polícia Civil localizou e prendeu em flagrante Juarez Dias do Vale, de 18 anos, apontado como autor do crime. Juarez confessou e alegou que a morte não foi planejada, sendo resultado de uma discussão com a vítima, seu ex-companheiro.

Mas, algumas peças não se encaixavam. Se eles não estavam namorando e Juarez estava em outro relacionamento, porque vítima e autor saíram juntos? Essa era uma das muitas dúvidas sobre a dinâmica do crime.

Nessa terça-feira, 07, o delegado Jõao Carlos, em Vitória da Conquista, ouviu a namorada de Juarez, a peça que faltava para fechar o quebra-cabeça. O Blitz teve acesso ao depoimento da jovem detalhando como ocorreu o crime.

Com aparência humilde, mas inemotiva, Hingridy Jardim Barbosa, de 19 anos, demonstrou o seu ímpeto macabro ao revelar ter participado do assassinato ao lado de Juarez.

De acordo com a jovem, seu namorado a contou que morava com o professor, com quem mantinha um relacionamento homoafetivo. Ela terminou o relacionamento com Juarez, mas reatou dias depois, após o caso homoafetivo ser rompido por completo. Todavia, existia uma pendência; o professor tomou a moto que tinha dado a Juarez, o qual alimentava raiva por isso, afirmou a jovem.

De ambos os envolvidos tiveram ameaças, mas o pior ainda estava por vir.

Segundo depoimento de Hingridy, seu namorado a convidou matar Antônio. Ela aceitou prontamente, mesmo sem saber qual método utilizaria para matar o professor, declarou no depoimento.

No dia 30 de outubro, o casal deu início ao plano para assassinar Antônio. Juarez orientou Hingridy a entrar pelas portas dos fundos da casa do professor. Ela ficou escondida no porta malas do carro. Minutos depois, Juarez e a vítima entraram no veículo, passaram num posto de combustível para abastecer e começaram a beber, ainda dentro do carro. A todo tempo Juarez incentivando o professor a beber.

Algum tempo depois, o veículo parou em um terreno já afastado da cidade. Hingridy revelou que ouviu Juarez e Antônio discutirem por causa da moto. O professor afirmava que só devolveria o veículo caso eles reatassem o relacionamento. As vozes de Antônio e Juarez foram se distanciando, até que Hingridy não ouviu mais nada.

Se passaram 15 minutos aproximados, Juarez – completamente nú – retorna e retira Hingrid do porta malas. Juarez leva a jovem até o professor, que estava nú e amarrado, então ela percebeu que eles mantiveram relação sexual.

Juarez obrigou o professor a pedir perdão a garota e a dizer que o devolveria a motocicleta.

A partir desse momento, Hingridy participa efetivamente da execução. O casal leva o professor para o interior do veículo e segue até outro terreno – no percurso Antônio perguntava o que fariam com ele e Juarez o “mandou calar a boca”, disse Hingridy. O casal retira a vítima do carro e a ordena que deite de lado. Juarez pega uma barra de ferro e desfere dois golpes na cabeça do professor, que morreu no local, afirmou a jovem.

O casal pega o corpo de Antônio – Juarez pelos braços e Hingridy pelas penas – e coloca de volta no carro. Eles vão até a estrada que liga Piripá a Condeúba, estacionam o carro, desembarcaram e seguem a pé até a casa da vítima. Lá Juarez pega uma garrafa plástica cheia de gasolina e o casal retorna ao local onde deixou o carro.

Eles finalizam o “ritual” macabro, espalhando combustível no carro e ateando fogo.

O carro fica destruído e o corpo do professor é carbonizado. O casal segue para casa da mãe de Juarez, onde dorme. No dia seguinte, cada um vai para o seu trabalho.

O veículo e o corpo do professor foram encontrados na manhã do dia 02. Horas depois, Juarez é preso. Ele confessa o crime, mas não conta que tudo fez parte de um plano sórdido, conforme revelado pela sua companheira.

Juarez foi preso em flagrante e permanece preso no Conjunto Penal de Vitória da Conquista. Hingrid, mesmo confessando o crime, está fora do flagrante. Agora, o delegado deve pedir sua prisão preventiva. Enquanto isso, a humilde jovem da zona rural de Piripá permanece em liberdade.

*As informações são do site Blitz Conquista