Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sábado, 20 Julho 2019
Parcialmente Nublado

16°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 65%

Vento: 12 km/h

Curta Nossa Página

Mais um criminoso foi capturado com apoio do sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia. Na manhã desta sexta-feira (31), Henrique Gonçalves dos Santos Nascimento, o Léo, foi reconhecido ao passar por uma das estações de metrô, em Salvador. Foragido da Justiça, ele é acusado de homicídio e possuía um mandado de prisão em aberto pela comarca de Lauro de Freitas.

Segundo informações da SSP-BA, o criminoso caminhava tranquilamente por volta das 7h20, quando o sistema gerou um alerta com 91% de probabilidades dele ser um suspeito. Com isso, integrantes da Superintendência de Telecomunicações (Stelecom) da SSP, no Centro de Operações e Inteligência (COI), entraram em contato com as equipes mais próximas da estação. Léo, então, foi cercado por agentes das polícias Militar e Civil e detido para averiguação.

Já na 11ª Delegacia Territorial (DT/Tancredo Neves), os policiais confirmaram que se tratava do homicida foragido. Ele prestou depoimento e agora será encaminhado para uma unidade do sistema prisional. “Importante demonstração da ação combinada somando tecnologia, inteligência e agilidade. Estamos aperfeiçoando o sistema para conseguirmos a ampliação dos bons resultados”, comentou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

FONTE: Bahia Notícias

Hoje (31), por volta das 11:35, houve um grave acidente envolvendo uma caçamba e uma moto com três ocupantes, na BA-263, estrada que liga Jacaraci a Irundiara-Ba. Segundo informações, o condutor da moto, era o Sr. Nivaldo, padrasto das duas crianças que estavam no veículo - Yran Neto Silva, de 12 anos, que veio a óbito no local, e, a outra se encontra internada no hospital de Jacaraci em estado grave.

A Polícia Federal deflagra nesta quinta-feira (30/05) a OPERAÇÃO PEDRA AFIADA, que visa combater crimes de desvio de recursos públicos do Ministério da Integração Nacional na cidade de Itambé/BA.

Cerca de vinte e cinco Policiais Federais e quatro auditores da Controladoria Geral da União cumprem onze mandados de busca e apreensão, dez mandados de medidas cautelares diversas da prisão e doze mandados de intimação nos municípios baianos de Itambé e Vitória da Conquista.

A operação decorre de uma investigação iniciada em 2017 sobre as atividades de uma empresa da região que, em conluio com o Poder Público munícipe, venceu obras de calçamento da cidade, desviando esses recursos públicos obtidos, sem concluir as obras contratadas ou executando-as parcialmente.

Ao longo das investigações, foi apurado que essa empresa servia apenas de “fachada” e que, na verdade, não havia concorrência nenhuma na licitação. Entre os anos de 2014 e 2015, a organização criminosa obteve contratos públicos, dos quais R$1.270.411,42 teriam sido desviados ou utilizados de forma indevida.

O nome da operação, PEDRA AFIADA é uma dupla referência ao material utilizado para as obras – paralelepípedo – e representa também o significado de Itambé na língua Tupi. Os envolvidos responderão pelos crimes de organização criminosa, desvio de recursos públicos e fraude à licitação. Maiores informações poderão ser obtidas através da comunicação social da Delegacia de Polícia Federal em Vitória da Conquista, no período matutino.

FONTE: BLOG DO RODRIGO FERRAZ

Em discurso no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, o presidente da Comissão de Infraestrutura e Turismo da Casa, deputado estadual Pedro Tavares (DEM), expressou a sua preocupação com o turismo da Bahia, diante do aumento nos preços das passagens aéreas para voos domésticos. O parlamentar relatou o impacto negativo no setor, nos últimos dois meses, ao contrário do verão, quando houve uma alta no fluxo turístico do estado, colocando Salvador, em relevante patamar no número de turistas, em relação aos demais estados do país.

Tavares lembrou a queixa dos representantes do trade sobre o prejuízo na economia do estado para esse mês de maio, provocado pela crise da empresa Avianca, numa comparação com o mesmo mês de 2018. A questão foi relatada para meios da imprensa essa semana.

A Caixa Econômica Federal lançou uma campanha nesta terça-feira (28) para permitir a pessoas físicas e empresas renegociarem dívidas de créditos comerciais (empréstimos) com mais de 360 dias de atraso. O valor das dívidas a serem renegociadas pode variar entre R$ 50 e R$ 5 milhões.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, podem pedir a renegociação clientes com contratos sem suspeita de fraude ou dolo e sem garantias. Num primeiro momento, de acordo com Guimarães, os pagamentos devem ser feitos à vista.

"Há uma determinação clara do Conselho de Administração anterior para ser só à vista", afirmou Guimarães.

A campanha tem validade de 90 dias. A partir desta terça-feira (28), os interessados podem buscar acordos por meio do site, pelo telefone 0800-7268068 ou nas redes sociais da Caixa. Além disso, haverá agências móveis da Caixa instaladas em cidades pelo país.

Os descontos variam entre 40% e 90%, conforme a situação dos contratos e o tipo de operação de crédito.

De acordo com a Caixa, 91% das 2,6 milhões de pessoas físicas com pendências poderão quitar seus débitos com menos de R$ 2 mil.

No caso das 320 mil empresas que podem se beneficiar da medida, 65% podem ficar em dia pagando menos de R$ 5 mil.


A expectativa do banco é de receber R$ 1 bilhão. O presidente da Caixa adiantou que essa é a primeira de cinco ações que o banco vai promover para diminuir a inadimplência.

"Temos mais quatro ações. Neste primeiro ponto é uma medida de extremo impacto. São 3 milhões de pessoas e microempresários, e todos os outros anúncios que faremos irão na mesma direção", adiantou.

FONTE: G1

A Polícia Federal (PF) tenta prender nesta terça-feira (28) funcionários do Bradesco em mais uma etapa da Operação Lava Jato no RJ. Os bancários estão entre os três alvos no total.

Até as 9h, uma mulher tinha sido presa.

A força-tarefa investiga se os gerentes ajudaram a lavar dinheiro da quadrilha de doleiros exposta na Operação Câmbio, Desligo, há quase um ano.

Mandados de prisão:
- Júlio Cesar Pinto de Andrade;
- Robson Luiz Cunha Silva;
- Tânia Maria Aragão de Souza Fonseca, presa.

As prisões foram determinadas pelo juiz Marcelo Bretas, que também expediu mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos suspeitos.

O G1 entrou em contato com a assessoria do Banco Bradesco na manhã desta terça e aguarda resposta.

FONTE: G1

 

Um ataque com arma branca em um ponto de ônibus na cidade de Kawasaki, no Japão, deixou uma criança morta nesta segunda-feira – manhã de terça-feira (28), horário local. A informação é da emissora japonesa NHK.

A vítima é uma menina. O número de feridos não está claro – a NHK revisou o número para 15, enquanto a Associated Press disse que 17 pessoas foram esfaqueadas.

No ponto estava um grande grupo formado por crianças, à espera de um ônibus escolar, em hora de pico. Inicialmente, a imprensa local dizia que o crime ocorreu em um parque.

A aeronave Piper Cherokee PT-KLO, que caiu nesta segunda-feira (27) em Sergipe com o cantor Gabriel Diniz, só poderia fazer fazer voos de treinamento ou de instrução. Isso significa que o avião não poderia fazer, por exemplo, voos privados ou táxi aéreo. A atividade de transporte em avião não autorizado a fazê-lo é conhecida como "táxi aéreo clandestino".

Gabriel Diniz e mais duas pessoas morreram na queda.

O avião pertence ao Aeroclube de Alagoas; duas das vítimas eram pilotos e diretores do aeroclube. Segundo um dos diretores do aeroclube, a aeronave não era utilizada para táxi aéreo ou frete, apenas para instruções. Um dos pilotos a bordo era muito amigo do cantor Gabriel Diniz, e foi passar o fim de semana com ele em Salvador. Na volta, o piloto ofereceu uma carona para o cantor, disse o diretor. Não está claro ainda se a carona é permitida.

A aeronave havia deixado Salvador rumo a Maceió, e sobrevoava um povoado em Estância, no estado de Sergipe, quando se acidentou. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião estava em situação regular.

Fabricado em 1974 e com capacidade para quatro pessoas, o Piper Cherokee PA 28-180 está cadastrado como "Privada - Instrução" na Anac, categoria na qual estão aviões usados para "instrução, adestramento de voo por aeroclubes, clubes ou escolas de aviação civil", segundo o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil.

O cantor Gabriel Diniz, conhecido pelo hit "Jenifer", morreu nesta segunda-feira (27), aos 28 anos, na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe.

De acordo com a Polícia Militar, há três mortos: além de Gabriel Diniz, foram identificados Linaldo Xavier e Abraão Farias, pilotos e diretores do Aeroclube de Alagoas. Inicialmente, o Grupamento Tático Aéreo (GTA) havia informado que eram quatro ocupantes na aeronave, que decolou de Salvador e tinha como destino Maceió.

Os corpos chegaram ao Instituto Médico Legal (IML) às 18h15. O diretor do IML, José Aparecido Cardoso, informou que as três vítimas sofreram politraumatismo. "Todos estavam bem machucados. Trauma torácico, trauma abdominal e várias fraturas", disse. Gabriel Diniz e um dos pilotos, Linaldo Xavier, foram oficialmente identificados.

O velório do cantor deve acontecer no complexo esportivo Almeidão, em João Pessoa (PB), cidade onde morava.

Amigos do cantor reconheceram o corpo dele entre as vítimas. A assessoria de imprensa da produtora do artista confirmou que ele estava no avião. Também foi encontrado o passaporte de Gabriel Diniz perto do local do acidente.

FONTE: G1

 

Crescem no país a demanda e os serviços voltados ao tratamento de doentes fora dos hospitais, mas, ao mesmo tempo, não há regulamentação do setor por parte das agências reguladoras de saúde (Anvisa e ANS).

O assunto foi discutido na quarta (22) em São Paulo na Hospitalar, maior feira de saúde da América Latina. Entre as propostas de entidades de saúde está a elaboração de um documento com critérios que norteiem uma nova legislação sobre o tema.

O processo de desospitalização é uma tendência mundial e leva em conta o fato de que muitos pacientes internados podem ser cuidados fora dos hospitais, como em casa, em instituições de transição ou de longa permanência.

Uma pessoa que tenha sofrido múltiplas fraturas ou um AVC (Acidente Vascular Cerebral), por exemplo, pode receber os primeiros cuidados no hospital e, depois de estar estabilizado mas ainda sem condições clínicas de receber alta, ser transferido para uma unidade de transição antes de ir para casa.

Nessa instituição, terá cuidado médico, de enfermagem e terapias de reabilitação, com a vantagem de estar menos exposta a infecções. Para o sistema de saúde, há redução no custo da assistência.