Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sábado, 07 Dezembro 2019
Muito Nublado

22°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 77%

Vento: 4 km/h

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42



Medicina da UFBA em Conquista foi aprovada desde o ano de 2006 Destaque

Publicado por     |   10 Mai 2013
  |  

A notícia veiculada ontem no Jornal A Tarde, dando conta que ao MEC teria aprovado a implantação do curso de Medicina no Campus da UFBA em Vitória da Conquista, foi rapidamente rechaçada pela verdade. Leia abaixo a divulgação de dados do Ministério da Educação e Cultura, divulgados de 2004 a 2006.

 

A manobra dos deputados petistas Waldenor Pereira (federal) e José Raimundo Fontes (estadual), visou tão somente confundir a opinião pública. A divulgação da aprovação no Senado da República da criação da Universidade Federal do Sul (Itabuna) deixou os parlamentares preocupados, e tentaram aplacar a situação devido à falta de prestígio das lideranças políticas do PT local.

MEC -  PROGRAMA DE EXPANSÃO DO SISTEMA PÚBLICO FEDERAL 
DE EDUCAÇÃO SUPERIOR 
2004/2006 
 (…)
 5. Bahia – Universidade Federal da Bahia – Campus de Vitória da
Conquista
O Campus Avançado Anísio Teixeira, extensão da UFBA em Vitória da Conquista, oferecerá os seguintes cursos de graduação: Medicina, com 30 vagas anuais;  Farmácia, com 20 vagas anuais; Nutrição, com 20 vagas anuais; Enfermagem, com 50 vagas anuais; Saúde Coletiva, com 30 vagas anuais; Odontologia, com 30 vagas anuais; e Psicologia, com 30 vagas anuais. Serão contratados 84 professores e 160 servidores técnico-administrativos. Além da criação do Campus Avançado Anísio Teixeira, voltado para a área de saúde, será implantado um curso de Engenharia Elétrica no Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET) de Vitória da Conquista, com 100  vagas por ano. Nos próximos três anos, serão contratados 40 professores, 2 funcionários  administrativos de nível superior e 10 de nível médio.
 
Fonte: Blog da Resenha Geral

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.