Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Segunda, 24 Junho 2019
Parcialmente Nublado

24°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 58%

Vento: 15 km/h



Greve das Universidades Baianas: docentes e estudantes acampam em frente à SEC por tempo indeterminado

Publicado por     |   05 Jun 2019
  |  
Greve das Universidades Baianas: docentes e estudantes acampam em frente à SEC por tempo indeterminado
Foto: Divulgação | ADUNEB

Professores e estudantes das Universidades Estaduais da Bahia [UESB. UNEB, UESC e UEFS] estão acampados na área externa à Secretaria de Educação do Estado da Bahia, no CAB [Centro Administrativo da Bahia], em Salvador. A decisão foi tomada no início da noite desta terça-feira (4), após representantes do grupo terem sido impedidos de entrar no prédio por grades e forte aparato policial.

No período da tarde mais de 300 manifestantes realizaram uma plenária unificada em frente à SEC. O objetivo era debater os problemas das universidades estaduais e, posteriormente, protocolar junto àquela secretaria a nova contraproposta com as reivindicações da categoria docente. A partir desse novo documento, a expectativa era a reabertura das negociações. Porém, invés de diálogo o grupo encontrou portas fechadas, grades de contenção e, no interior do prédio, a Tropa de Choque da PM.

Diante da intransigência do governador, que troca diálogo com educadores por aparato de repressão, os manifestantes decidiram pelo acampamento. Segundo lideranças do movimento, a intenção é só sair do local após o avanço nas negociações da greve, que já dura 58 dias. A coordenação da Associação dos Docentes da UNEB (ADUNEB) informa que, apesar das posturas lamentáveis do governador, entre elas o corte indiscriminado dos salários de mais de 4.500 professores, inclusive os que estão em licença médica, de gestação e de férias, o movimento grevista continuará em busca do diálogo e da negociação.

FONTE: Blog do Anderson

Gabrielle S Valentin

Bacharelanda em Direito pela Faculdade Estácio de Sá, Consultora da UNESCO (braço da ONU voltado para a educação) e empreendedora. Gosta de escrever e desenvolver atividades ligadas ao jornalismo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.