Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 18 Setembro 2019
Muito Nublado

17°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 90%

Vento: 9 km/h



Pedro Tavares cobra providências do Governo em relação a BA-688 em Buerarema

Publicado por     |   27 Ago 2019
  |  

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), cobrou em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia, providências ao Governo do estado, em relação a BA-688, estrada que liga a cidade de Buerarema ao distrito de Vila Brasil. O parlamentar relatou o estado de abandono da rodovia e destacou a responsabilidade da gestão estadual pela requalificação e manutenção da BA.

“Essa é uma estrada muito importante para centenas de agricultores familiares que precisam escoar a produção agrícola e também para o acesso dessas famílias à educação, saúde, lazer etc. Quero pedir a sensibilidade do Governo do estado, da Secretaria de Infraestrutura para que melhore as condições da estrada”, afirmou.

Tavares lembrou que a prefeitura de Buerarema, além de dar toda atenção às estradas vicinais do município, uma grande extensão, que totaliza 363 km tem buscado também por iniciativa própria amenizar o sofrimento daqueles que transitam pela BA-688, com o patrolamento e encascalhamento de alguns trechos da rodovia estadual.

“O prefeito Vinicius que já faz um grande serviço nas estradas que pertencem ao município para não deixar os munícipes de Buerarema em dificuldade, acaba dando assistência a essa estrada estadual. Preocupado com o bem estar da população, ele tem feito a sua parte, mas isso não é justo, pois, repito que a BA-688 é de responsabilidade do estado”, frisou.

O deputado aproveitou para exaltar a gestão municipal, que se tornou referência na região, pelas ações que tem promovido em Buerarema, em todas as áreas.

Gabrielle S Valentin

Bacharelanda em Direito pela Faculdade Estácio de Sá, Consultora da UNESCO (braço da ONU voltado para a educação) e empreendedora. Gosta de escrever e desenvolver atividades ligadas ao jornalismo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.