Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 16 Outubro 2019
Parcialmente Nublado

30°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 35%

Vento: 12 km/h



Pedro Tavares se manifesta contra local para construção de presídio em Ilhéus

Publicado por     |   30 Set 2019
  |  
Pedro Tavares se manifesta contra local para construção de presídio em Ilhéus
Foto: Divulgação

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), usou a tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia, hoje (25/09) para se manifestar contra o local, definido pela Prefeitura Municipal para a construção de um presídio pelo Governo do estado, em Ilhéus. Em pronunciamento, Tavares questionou a ausência de debate por parte gestão ao lembrar que a escolha da área, onde será construída o prédio pode impactar de forma negativa no turismo. Conforme publicação no Diário Oficial, em caráter de urgência, o município desapropriou uma área de 165 mil m², à margem direita da BA-262, no trecho Ilhéus-Uruçuca, mesma localidade que abriga o projeto da Estrada do Chocolate, que teria o intuito de fomentar e dar visibilidade a produção do cacau e do chocolate.

“Lamentavelmente não dialogaram com a população sobre o assunto, visto que o lugar, onde será construído o presídio é o mesmo, onde o Governo anunciou a criação da primeira estrada temática da Bahia. Será que não existe mais interesse dos poderes públicos municipal e estadual por esse projeto da Estrada do Chocolate? De fato, é incompreensível que a implantação da penitenciária ocorra nessa estrada, que é a porta de entrada de turistas, que vão poder conhecer a cultura do cacau e do chocolate por meio das fazendas que ficam ao longo da rodovia”, criticou.

O deputado também frisou que a zona norte de Ilhéus “há muito tempo desassistida pelos Governos esperava outro tipo de investimento". Tavares fez ainda um apelo para que o Governo e a Prefeitura revejam a decisão e definam outro lugar para edificação da penitenciária. O parlamentar frisou também que Ilhéus precisa de um projeto efetivo de desenvolvimento. “Quero muito mais para essa cidade que é tão importante para a história e para economia do nosso estado”, afirmou.

 

Gabrielle S Valentin

Bacharelanda em Direito pela Faculdade Estácio de Sá, Consultora da UNESCO (braço da ONU voltado para a educação) e empreendedora. Gosta de escrever e desenvolver atividades ligadas ao jornalismo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.