Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 21 Setembro 2018
31°C

Condeúba

Predominantemente nublado Humidade: 30%
Vento: ENE22.53 km/h
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

O Prefeito Guto fez a abertura e enfatizou  o objetivo maior do encontro era envolver a sociedade no debate das questões de planejamento do município. Nas palavras do Prefeito, ’’ a Conferência não é um evento político, e sim, uma abertura para que todos os cidadãos discutam, opinem e contribuam com os rumos que Condeúba deve tomar. O que importa nesse momento é Condeúba e os interesses da cidade acima de tudo’’, completa o Prefeito.

 

O Secretário de Administração e coordenador da Conferência, Fábio Patente, abriu os trabalhos e enfatizou a importância do evento para o planejamento do Município e o envolvimento da sociedade nas discussões dos projetos.

A primeira palestrante, Historiadora Joandina Maria de carvalho, fez uma explanação sobre a história de Condeúba, escrita por Tranquilino Torres  citando fatos até então desconhecidos por muitos. O segundo palestrante, Geógrafo Edgar Borges, falou sobre a importância  das Conferências e os resultados obtidos nos últimos anos. Finalizando, a primeira parte do encontro, o Professor da UESB e Doutor em Administração Pública pela Universidade Complutense de Madri (Espanha), Lucas Batista Pereira, tratou das diretrizes da Conferência, destacando como os trabalhos de Política Urbana podem ser implantados em cada município.

 

Após as palestras, foram formados grupos de discussões dos Eixos Temáticos, onde  para discutir os problemas enfrentados pelo município e as  diversas propostas de melhoria a serem implantadas. O resultado da Conferência servirá como base para a Comissão que representará Condeúba nos Encontros Estadual e Federal das Cidades, através dos Delegados eleitos: Carlos Alberto Brás Terêncio, Rosenilda de Oliveira Lima, Carlos Ribeiro da Silva e José Marques de Brito.

O Professor e Deputado Estadual  Zé Raimundo, encerrou os trabalhos fazendo  uma abordagem dos resultados práticos da política Municipal de Desenvolvimento Urbano e a importância da sociedade se unir em busca de um futuro melhor, como foi em sua gestão à frente do Município de Vitória da Conquista.

O resultado da 1ª Conferência da Cidade de Condeúba foi avaliado como um sucesso, já que os conferencistas entenderam a relevância da participação da comunidade no processo administrativo do município.

Fotos: João Ribeiro

Fonte: Portal da Transparência – Governo de Condeúba

A notícia veiculada ontem no Jornal A Tarde, dando conta que ao MEC teria aprovado a implantação do curso de Medicina no Campus da UFBA em Vitória da Conquista, foi rapidamente rechaçada pela verdade. Leia abaixo a divulgação de dados do Ministério da Educação e Cultura, divulgados de 2004 a 2006.

 

Colisão foi provocada por uma ultrapassagem indevida. Apesar do acidente, ninguém ficou gravemente ferido.

Município de Cordeiros publicou no Diário Oficial o aviso de licitação com finalidade de contratação de empresa para realização de concurso público e processo seletivo.

Recomendação do Tribunal de Contas dos Municípios é de que as cidades reduzam os gastos.

Foi confirmada no início desta semana a realização do São João na cidade de Caculé pelo prefeito do município, José Roberto Neves. A festa permanece com a mesma duração dos anos anteriores, três dias.

 

A recomendação é também do Tribunal de Contas dos Municípios, para que os gestores atuem com cautela nos gastos com a festa. No caso de Caculé, a prefeitura informou que foram reduzidos os custos com a festa. Algumas atrações que já haviam sido divulgadas foram canceladas.

A festa acontece na Praça Deoclides Cardoso entre os dias 21 e 23 de junho. Entre as atrações que irão se apresentar, estão confirmados os cantores Victor e Léo e Edigar Mão Branca.

 Fonte: Blog da Resenha Geral

Os policiais civis decidiram em assembleia nesta quinta-feira (2) fazer duas paralisações na semana que vem em protesto por reinvidicações pautadas pela campanha salarial de 2013. A primeira paralisação acontece na segunda-feira (6) e a outra será na sexta-feira (10). A categoria não descarta a possibilidade de entrar em greve.

As principais reivindicações são aumento salarial de 5,84%, para acompanhar o crescimento da inflação em 2012, contra 2,5% oferecido pelo governo do estado; as promoções para quem é da Classe 1, que segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc) deveria ter ido em abril para a classe especial; e a data-base, que seria para janeiro deste ano e ainda não foi cumprida. 

"A promoção faz parte do acordo de 2013, deveria sair no mês de abril. Estamos preocupados, já que o governo reduziu o percentual de aumento, então nessa preocupação a gente já tá colocando a categoria em alerta", diz o secretário-geral do Sindpoc Bernardino Gayoso.

Gayoso diz que a categoria está em negociação com o governo, mas mesmo assim entra em estado de greve no dia 7. "Definimos da seguinte forma: se o conjunto dos servidores públicos da saúda, da PM, da Justiça, enfim, de todos outros segmentos, decidirem por greve, nós podemores participar", diz Gayoso.

Os policiais pretendem fazer uma avaliação das negociações depois da primeira paralisação, no dia 6, para decidir os próximos passos. "Depois (da primeira paralisação" podemos avaliar o avanço, se houve avanço", explica Gayoso.


Matéria Original Correio 24h:
Insatisfeitos com reajuste, policiais civis decidem fazer duas paralisações