Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Segunda, 22 Abril 2019
Muito Nublado

20°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 95%

Vento: 6 km/h



Laudo descarta meningite como causa da morte de neto de Lula aos sete anos de idade

Publicado por     |   02 Abr 2019
  |  
O ex-presidente Lula brinca com seu neto Arthur
O ex-presidente Lula brinca com seu neto Arthur Foto: Divulgação

Um mês após a morte de Arthur Araújo Lula da Silva , de sete anos, neto do ex-presidente Lula , a Prefeitura de Santo André informou que a causa da morte não foi meningite, como informado inicialmente pelo Hospital Bartira.

Arthur morreu no dia 1 de março após dar entrada no hospital por volta das 7h14 com febre, náuseas e dores abdominais. Segundo a Prefeitura de Santo André, o quadro evoluiu para confusão mental e o menino morreu por volta de 12 horas. A causa atribuída pelo hospital foi meningite.

"Apesar da notificação, o resultado do exame de líquor realizado no mesmo dia pelo próprio Hospital Bartira, acusou bacterioscopia negativa", informou a Prefeitura de Santo André.

As amostras de sangue foram, então, enviadas para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. O laudo, emitido nesta segunda-feira, aponta que o resultado descartou todos os tipos de meningite como causas da morte.

A Prefeitura de Santo André, contudo, não informou qual o motivo do óbito do neto do ex-presidente Lula.

"Informações adicionais relacionadas ao caso dependem da autorização expressa da família da criança", segundo o comunicado da Prefeitura.

Após a morte do neto de Lula, a Justiça Federal do Paraná decidiu permitir que o ex-presidente participasse do velório de Arthur.

FONTE: Jornal o GLOBO

Gabrielle S Valentin

Bacharelanda em Direito pela Faculdade Estácio de Sá, Consultora da UNESCO (braço da ONU voltado para a educação) e empreendedora. Gosta de escrever e desenvolver atividades ligadas ao jornalismo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.