Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 18 Janeiro 2019

Cannot get Condeúba location id in module mod_sp_weather. Please also make sure that you have inserted city name.

BN

Os nove vereadores da cidade de Água Branca, no interior da Paraíba, vão passar a receber um salário mínimo para exercer o seu trabalho a partir de 2017. O presidente da Câmara da cidade, Miraci de Sousa (DEM-PB), afirmou que a decisão foi tomada por conta da crise econômica no país. "A queda de orçamento do município do mês passado para cá foi de quase 50%, e tínhamos que ajudar de alguma forma a cidade.

Recebi a ideia de um vereador, vi que era possível, procurei os vereadores e não tive dificuldades", disse em entrevista ao UOL. Atualmente, cada um dos vereadores recebe R$ 2.700. Em 2015, a Câmara de Água Branca já devolveu à prefeitura R$ 5.000, que serviu para a perfuração de um poço. Miraci espera uma contribuição ainda maior este ano para ajudar no combate a seca que atinge a região. "Já estou com um recurso em caixa de R$ 10 mil para devolver e que dará para perfurar mais dois poços", disse.

BN

A operadora de telefonia Oi pediu, nesta segunda-feira (20), recuperação judicial para quitar sua dívida que soma R$53 bilhões. Segunda a Folha de São Paulo, esse seria o maior pedido de recuperação judicial já protocolado no Brasil, valor que bateu o da OLX, do empresário Eike Batista, empresa que detinha o recorde declarando à Justiça uma dívida de R$11,2 bilhões em 2013. Ainda de acordo com a publicação, nesta segunda, a empresa de telefonia havia conseguido 180 dias junto ao BNDES para renegociar o valor da dívida com os credores.

UOL NOTÍCIAS

A imagem de uma cobra congelada em Gália, no interior de São Paulo, foi registrada pelo jornalista Eduardo Meira, de Marília, e simbolizou a onda de frio que atinge todo o Estado. A cidade foi atingida por uma forte geada na madrugada desta segunda-feira (13) e causou o congelamento do animal.

"Pela manhã, passamos pela BR-153 para fazer imagens de uma reportagem sobre o frio e, ao sair de uma área coberta pela geada, vi a cobra e resolvi fotografar", disse. A região é produtora de café, cultura que sofre bastante com a ocorrência de geadas.

Em Bauru (331 km da capital paulista), a temperatura ficou abaixo dos 5°C. De acordo com o Ipmet (Instituto de Pesquisas Meteorológicas) da Unesp (Universidade Estadual Paulista), a madrugada desta segunda-feira foi a mais fria do ano ali. "A menor temperatura do ano na cidade foi registrada nesta manhã, por volta das 7h: 4,4°C", segundo afirmou André Mendonça de Decco, meteorologista do Ipmet.
É a temperatura mais baixa registrada desde agosto de 2013. Na época, o frio atingiu 4,3°C, sendo que em maio daquele mesmo ano a menor temperatura registrada foi de 3,9°C. "A previsão para os próximos dias ainda é de dias frios e com possibilidade da ocorrência de geadas na região", explica Decco.

Meira diz que os termômetros na região registraram perto de 4°C em alguns lugares da região na madrugada, mas a sensação térmica, que leva em consideração a temperatura ambiente e a velocidade do vento, dava a impressão de uma temperatura ainda mais baixa, algo em torno de -5°C.

por Isadora Peron e Gustavo Aguiar | Estadão Conteúdo
O ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu encaminhar nesta segunda-feira (13) todas as investigações envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara federal de Curitiba. No mesmo despacho, ele também determinou a anulação dos áudios interceptados por Moro envolvendo a presidente afastada Dilma Rousseff. Dilma foi captada em uma conversa com o ex-presidente em que o avisa sobre o envio de um documento. Entre as investigações que devem voltar para Moro estão a que envolve se Lula é ou não dono de um sítio em Atibaia e de um triplex em Guarujá. As investigações que envolvem Lula e a presidente afastada Dilma Rousseff permanecem no Supremo, porque a petista ainda detém foro. Sobre as escutas, Teori afirma que o juiz de Curitiba usurpou a competência do STF ao divulgar e fazer gravações de pessoas que detinham foro privilegiado. O ministro do Supremo também diz que a nulidade da prova colhida deve ser penas das escutas telefônicas captadas após a decisão que determinou o encerramento da interceptação.

Pedaladas, má gestão e aparelhamento na era PT debilitaram banco

O governo Michel Temer encontrou o caixa da Caixa dramaticamente afetado pelo aparelhamento do PT. Agora, só uma injeção de R$ 25 bilhões, no prazo de 12 a 18 meses, salvará a Caixa da falência, dizem especialistas. Além de negócios suspeitos, corrupção e uso das suas reservas nas criminosas pedaladas, a Caixa padece de inchaço, com dirigentes dos quais se exigia, no “currículo”, ser petista de carteirinha.

A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.A Caixa tem presidente, 12 vices e 19 diretores e boquinhas mil: antes era um superintendente para cada Estado, hoje são 70 em todo o País.

Mais R$ 29,8 milhões sumiram dos cofres da Caixa, nos primeiros três meses de 2016. A explicação oficial: “saques fraudulentos”. Ah, bom. Por ordem de Lula, a Caixa bancou o estádio e deu patrocínio de R$40 milhões ao Corinthians para repatriar Pato, jogador que virou um mico.

As informações são do Blog da Resenha Geral

Do Estadão

As investigações da Operação Lava Jato na movimentação financeira da Credencial Construtora Empreendimentos e Representações – principal foco da 30ª fase batizada de Operação Vício – abrem novas frentes de apurações sobre a corrupção sistêmica no governo federal. Empresas que fizeram depósitos na conta da investigada revelarão novos tentáculos do esquema, descoberto na Petrobrás, em outros setores, como as concessões de rodovias.

Uma das empresas que aparece na quebra de sigilo da Credencial é a ViaBahia Concessionária de Rodovias S.A.. Ela repassou em 2013 um total de R$ 6,2 milhões para a empresa alvo da Operação Vício. Segundo os investigadores, a firma aberta em 2004 com sede em Sumaré (SP) é “uma lavanderia de dinheiro”.

A ViaBahia foi formada pela espanhola Isolux Corsán Concesiones e pelas brasileiras Engevix – do cartel denunciado na Lava Jato – e da Encalso. A empresa venceu, em 2009, um dos pacotes do leilão de concessão do governo Luiz Inácio Lula da Silva para administrar por 25 anos 680 quilômetros de rodovias, entre elas trecho da BR-116 (rodovia Santos Dumont) entre Feira de Santana até a divisa com o Minas Gerais, e a BR-324 (rodovia Engenheiro Vasco Filho) entre Salvador e Feira de Santana. A Isolux deixou a sociedade neste ano.

Na quebra de sigilo aparece também R$ 2,9 milhões repassados, entre 2010 e 2011, para a Credencial por uma empresa de nome Isolux Projetos e Instalações – ligada à Isolux espanhola.

BN

Em resposta às críticas pela extinção do Ministério da Cultura (MinC), o presidente interino Michel Temer prestou esclarecimentos sobre sua reforma ministerial e políticas de governo. Em áudio encaminhado pelo Departamento de Relações com a Imprensa Regional Secretaria de Imprensa da Presidência da República, ele atribui a subordinação do MinC à Educação pelo “clamor popular”, explicando que fez a redução sem eliminar os ministérios.

“Na verdade o que fizemos foi uma racionalização de trabalhos e de atividades, juntando muitas vezes duas pastas que até no passado, convenhamos, já eram conectadas”, afirmou Temer, lembrando que “quando se fala em Ministério da Educação hoje, se fala em MEC, que é Ministério da Educação e Cultura”. Ele disse ainda que a junção “não foi para reduzir a atividade cultural no Brasil” e que “ao contrário até, haverá uma potencialização da cultura brasileira por varias razoes”.

O presidente em exercício afirmou ainda que, junto com o titular da Fazenda, Henrique Meirelles, quitará um débito no setor da cultura “que está em torno de R$ 220 milhões e R$ 230 milhões”. Temer disse também que “seguramente no orçamento do ano que vem vamos aumentar o valor destinado à cultura” e que o setor será prestigiado.

“Até porque na chamada Secretaria da Cultura, que está ligada ao Ministério da Educação, não haverá modificação de setores. A Lei Rouanet continua com os mesmos atributos. Nós vamos até incentivar a sua aplicação, os recursos aumentarão e, como acabei de revelar, os débitos serão saudados”, conclui.

Um crime bárbaro chocou moradores da microrregião de Salinas na tarde desta terça-feira, 3 de maio. Por volta das 17 horas, o idoso José Francisco de Souza, conhecido como Zé de Lira, de 60 anos, foi executado em uma estrada na zona rural de São João do Paraíso, na região Norte do Estado.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima seguia em uma motocicleta pela estrada vicinal que liga a sede de São João do Paraíso a comunidade de São Pedro, quando foi surpreendida por bandidos armados. Os assaltantes atiraram contra Zé de Lira e fugiram levando uma moto Honda CG 125, cor azul, placa GXV-0930.

O idoso não resistiu ao ferimento e veio a óbito no local. A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada e após os trabalhos de praxe, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da região.

A Polícia Militar realiza rastreamentos com intuito de localizar e prender os autores do crime. O crime será investigado pela Polícia Civil.
 
As informações são do Aconteceu No Vale