Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 21 Setembro 2018
31°C

Condeúba

Predominantemente nublado Humidade: 30%
Vento: ENE22.53 km/h

Blog da Resenha Geral

O novo aeroporto de Vitória da Conquista está em construção numa área de 6 milhões de metros quadrados. A primeira etapa das obras atingiu 80% de conclusão – prevê um pátio para aviões com mais de 193 metros de comprimento por 50 de largura. A pista para pousos e decolagens tem comprimento de 2.100 metros e largura de 45.

As obras se arrastam e a conclusão da pista continua sem data prevista. A 2ª etapa, que definirá a conclusão da obra, com a construção do terminal de passageiros permanece sem a publicação do Edital do processo licitatório.

O deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) tem acompanhado na SAC e revelou que o Governo Federal só empenhou R$ 25 milhões em dezembro do ano passado. O projeto do terminal representará investimento de R$ 56 milhões.

A esperança do deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB) é que caso o impeachment seja confirmado no Senado as obras sejam retomadas. “O governo Dilma acabou e o país precisa retomar o crescimento. Só na Bahia são 193 obras paralisadas. São milhões de desempregados no Brasil”, disse Gusmão que confia na retomada das obras do novo aeroporto com a interferência de Geddel e Lúcio.

Um padre de 53 anos foi preso em flagrante após atropelar e matar um homem na noite de domingo (17) no interior de São Paulo. Segundo a Folha de S. Paulo, a polícia alega que ele estava bêbado e atingiu o pedestre na rodovia Francisco Aguirre Proença, na cidade de Monte Mor.

Ele foi liberado na madrugada desta segunda-feira (18) após pagar fiança de R$ 5 mil e vai responder em liberdade por homicídio culposo (sem intenção) e embriaguez ao volante. O pároco, que não teve a identidade revelada, alega que estava voltando para casa depois de celebrar uma série de missas. Ele admitiu que bebeu vinho durante as celebrações que realizou. O teste do bafômetro indicou a presença de 0,36 mg de álcool por litro de sangue. Acima de 0,34 mg/l, o motorista é preso por embriaguez ao volante. Testemunhas afirmam que a vítima tentou atravessar a rodovia fora da passarela.

Fonte: Bahia Notícias

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) identificou uma ameaça contra o Brasil postada no Twitter de um terrorista francês. "Brasil, vocês são nosso próximo alvo. Podemos atacar esse país de merda”, diz mensagem. A postagem foi realizada uma semana depois dos atentados de Paris, que deixaram 129 pessoas mortas. Maxime Hauchard, 22 anos, que aparece em vídeos do Estado Islâmico decapitando sírios, já teve sua conta do Twitter suspensa.

“Monitoramos e percebemos que o perfil realmente era do Maxime, um dos líderes do Estado Islâmico. A partir do momento da postagem houve uma maior intensidade nos discursos de agressividade dos autoproclamados seguidores do grupo terrorista no Brasil”, afirmou o diretor de Contraterrorismo da agência, Luiz Alberto Sallaberry. Ainda segundo o diretor, no Brasil há um crescimento no número de pessoas que dizem ter feito o juramento ao califado do Estado Islâmico. O juramento pode ser feito, inclusive, pela internet.

O Movimento Brasil Livre (MBL) vai protocolar nesta quarta-feira (6) no Senado um pedido de impeachment contra Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). A ação acontece em resposta à decisão do ministro de obrigar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a aceitar o pedido de impeachment do vice-presidente, Michel Temer.

Segundo o coordenador nacional do MBL, Rubens Nunes, o pedido tem como base um artigo da Lei 1.079 de 1950, que define crimes de responsabilidade dos ministros. "Eu não acho preocupante existir um processo de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer, uma vez que ele siga os trâmites legais. O que nós não achamos normal é o STF intervindo na Câmara, a função do STF é julgar e da Câmara, legislar", argumenta.

BN
Abandonado ao lado da sede da Assembleia Legislativa do Ceará, em Fortaleza, um carro modelo UP, cor prata, foi encontrado com 13,3 quilos de dinamite (emulsão de nitrato de amônia, popularmente conhecido como bananas de dinamite, sem detonador à distância) no porta-malas. A polícia chegou até o veículo após receber uma denúncia anônima por volta das 22h30 desta segunda (4).
 
Policiais do Esquadrão Antibomba do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar bloquearam ruas da cidade e os trabalhos para desarmar a bomba e recolher o material foram concluídos por volta das 2h30 desta terça (5). O auto de apresentação e apreensão do material foi feito no 34º Distrito Policial (DP). Depois, os explosivos foram conduzidos para o paiol do Gate, onde serão submetidos à fiscalização do Exército Brasileiro. 

O presidente da empreiteira Odebrecht, Marcelo Odebrecht, aceitou firmar acordo de delação premiada com os investigadores da Operação Lava Jato. A informação foi divulgada pela própria empresa, em nota enviada à imprensa na noite desta terça-feira (22). No texto, a construtora informa que, após "avaliações e reflexões levadas a efeito por nossos acionistas e executivos", decidiu firmar o acordo de delação. Além de Marcelo, todos os outros executivos da empresa devem firmar acordos de delação.

A Odebrecht lembra ainda que já há em curso um acordo de leniência com a Controladoria Geral da União. “Esperamos que os esclarecimentos da colaboração contribuam significativamente com a Justiça brasileira e com a construção de um Brasil melhor”, defende a empresa. ”Apesar de todas as dificuldades e da consciência de não termos responsabilidade dominante sobre os fatos apurados na Operação Lava Jato – que revela na verdade a existência de um sistema ilegal e ilegítimo de financiamento do sistema partidário-eleitoral do país – seguimos acreditando no Brasil”, completa o texto.

As informações são do Bahia Notícias

A Polícia Federal (PF) cumpre mandados da 26ª fase da Operação Lava Jato desde a madrugada desta terça-feira (22). A informação inicial é de que os mandados estariam sendo cumpridos em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Distrito Federal. Esta etapa é um desdobramento da Acarajé, a 23ª etapa, que pegou o publicitário João Santana, ex-marqueteiro das campanhas eleitorais da presidente Dilma e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e a mulher e sócia Monia Moura.

João Santana e Monica Moura estão presos preventivamente em Curitiba, base da Lava Jato. Os mandados estão sendo cumpridos um dia depois da Operação Polimento, 25ª etapa da Lava Jato, deflagrada em Portugal nesta segunda-feira, 21. A fase internacional pegou o empresário Raul Schmidt Felipe Junior, investigado que estava foragido desde julho de 2015.

O nome Xepa veio depois que o site O Antagonista nomeou Mônia Moura de Dona Xepa, em alusão ao marido que era conhecido como Feira no esquema. O portal ainda diz que a nova fase mostrará os caminhos do dinheiro sujo que chegou às campanhas de Dilma Rousseff para presidente.

A Polícia Federal encontrou no apartamento de Lula em São Bernardo do Campo um contrato de opção de compra de um imóvel comercial de R$ 6 milhões localizado no bairro de Indianópolis, em São Paulo.

Segundo informações do site ‘O Antagonista’, trata-se de prédio em construção num terreno com mais de 3,8 mil m2. No documento, aparecem como outorgante "Asa Agência Sul Americana de Publicidade" e outorgados José Carlos Bumlai e o advogado Roberto Teixeira, compadre e parceiro de Lula nos negócios.

Como não faz sentido que Lula guarde um documento de Bumlai e Teixeira, a Lava Jato suspeita que o imóvel seja do ex-presidente. O documento foi assinado em 5 de março de 2010, quando Lula ainda estava no governo.