Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sábado, 23 Março 2019
Nublado

25°C

Condeúba

Nublado

Umidade: 65%

Vento: 6 km/h

Na manhã desta terça-feira (20), a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na empresa AudioMix, em Goiânia, segundo informações do Estadão. De acordo com o jornal, a ação é parte da operação Maus Caminhos, da PF do Amazonas, que visa desarticular uma organização criminosa que teria desviado cerca de R$ 112 milhões do Fundo Estadual de Saúde do Amazonas. Também é alvo de busca a casa do dono da AudioMix, Marcos Araújo. Segundo a PF, a empresa era utilizada pelo alvo principal do esquema desarticulado pela Maus Caminhos, o empresário Mohamad Mustafa, para lavar dinheiro oriundo dos desvios milionários da área de Saúde do Amazonas.

A AudioMix é uma empresa especializada no gerenciamento da carreiras de grandes nomes da música pop e sertaneja no Brasil, e comercializa shows de artistas como Wesley Safadão, Jorge e Mateus, Guilherme e Santiago, Israel Novaes e outros.

Domingos Montagner, o Santo de "Velho Chico", da TV Globo, morreu nesta quinta-feira (15). Equipes de busca localizaram o corpo do ator de 54 anos, preso nas pedras, a trinta metros de profundidade, perto da Usina de Xingó, na Região de Canindé de São Francisco (SE).

Ele gravou cenas da novela na parte da manhã. Após o término da gravação, ele almoçou e, em seguida, foi tomar um banho de rio.

Durante o mergulho, não voltou à superfície.Camila Pitanga, que estava no local, avisou à produção, que iniciou imediatamente as buscas pelo ator. Helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, Policia Militar, Corpo de Bombeiros e pescadores ajudaram nas buscas.

Nesta semana, a novela também teve cenas gravadas em Piranhas (AL).

Ao anunciar a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula e mais sete pessoas na Operação Lava Jato, o procurador do Ministério Público Federal, Daltan Dellagnol classificou o petista como "comandante máximo" e "grande general" do esquema de corrupção. Em seguida, ele ressaltou em sua fala que a acusação não representa um julgamento sobre o passado do ex-presidente ou do PT.

"MPF não está julgando quem Lula é ou foi como pessoa, se seu governo foi bom ou ruim. A procuradoria imputa a responsabilidade por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em um contexto específico", afirmou. O petista foi denunciado por conta do repasse de recursos a partir da OAS para o presidente através de um tríplex na cidade do Guarujá, e o armazenamento de um acervo de objetos pessoais.

O benefício total para ele equivale a R$ 3 milhões. A denúncia pede o confisco de R$ 87 milhões movimentados no esquema e o ressarcimento aos cofres públicos de mais de R$ 87 milhões. Além de Lula, também foram denunciados a ex-primeira dama Marisa Letícia, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, dois funcionários da empreiteira e outros dois investigados.

Bahia Notícias

O presidente Michel Temer disse nesta terça-feira (14) que o governo federal não é "idiota" de tirar direitos trabalhistas, além de acabar com a saúde e a educação. Ele reclamou de como algumas propostas do Planalto foram divulgadas e afirmou que os entendimentos divergentes criam problemas para a sua gestão.

“Convenhamos, é muito desagradável imaginar que um governo seja tão, se me permite a expressão forte, tão estupidificado; tão idiota que chegue ao poder para restringir direito de trabalhadores e acabar com a saúde e a educação. Isso vai pegando e passando de um para outro com o poder extraordinário das redes sociais”, afirmou Temer em cerimônia de assinatura de portarias para investimento de R$ 1 bilhão em saúde.

Ele citou o mal-entendido envolvendo a declaração do ministro Ronaldo Nogueira sobre a carga horária diária de até 12 horas de trabalho e disse que é preciso "combater" esse tipo de divulgação, por dividir o país. "Quem sabe o trabalhador passe a trabalhar apenas quatro dias por semana e folgar três dias. Ou se quiser, pode trabalhar esses outros dias da maneira como bem entenda”, explicou.

Direto do G1

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta quarta-feira (14) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher dele Marisa Letícia e mais seis pessoas no âmbito da Operação Lava Jato. Os procuradores farão uma coletiva nesta tarde para detalhar a denúncia.

Veja quem foi denunciado
Lula
Marisa Letícia
Léo Pinheiro
Paulo Gordilho
Paulo Okamotto
Agenor Franklin Magalhães Medeiros
Fábio Hori Yonamine
Roberto Moreira Ferreira

Indiciamento
Em agosto deste ano, a Polícia Federal (PF) indiciou ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher dele, Marisa Letícia, e mais três pessoas por crimes como corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

s cinco foram investigados por supostas irregularidades na aquisição e na reforma de um apartamento tríplex do Edifício Solaris, no Guarujá, no litoral de São Paulo, e no depósito de bens do ex-presidente.

De acordo com o indiciamento, a OAS pagou por cinco anos (entre 2011 e 2016) R$ 21,5 mil mensais para que bens do ex-presidente ficassem guardados em depósito da empresa Granero.
Os pagamentos totalizam, conforme citado pelo delegado, R$ 1,3 milhão. De acordo com a Polícia Federal, o montante corresponde a vantagens indevidas pagas pela Construtora OAS em benefício de Lula.

Na ocasião, o advogado do ex-presidente da ex-primeira-dama, Cristiano Zanin Martins, afirmou que as conclusões do relatório da Polícia Federal "tem caráter e conotação políticos e é, de fato, peça de ficção".

Bahia Notícias

Os investigadores da Operação Lava Jato devem anunciar a primeira denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na tarde desta quarta-feira (14), em entrevista coletiva. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a força-tarefa tenta concluir pelo menos uma denúncia contra o petista, inclusive, os trabalho entraram pela noite desta terça-feira (13). A acusação mais adiantada é sobre o tríplex de Guarujá reservado à família de Lula e reformado pela OAS, mas dispensado pelo ex-presidente depois de a imprensa passar a falar sobre o imóvel. As obras no sítio em Atibaia, frequentado pela família de Lula, também são investigadas. De acordo com a investigação, as reformas configuram vantagens indevidas ao petista, recebidas de empresas envolvidas no petrolão. Um laudo da Polícia Federal apontou indícios de que Lula e sua esposa, Marisa Letícia, orientaram reformas no sítio. Oitivas e apurações também corroboraram com as suspeitas de que o ex-presidente era o proprietário do sítio no interior paulista, o que Lula nega, de acordo com a força-tarefa.

A categoria bancária entra em greve a partir desta terça-feira (6), é o que informa o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista. A decisão foi tomada em assembleia, na última quinta-feira (1º). A paralisação é nacional para os bancos privados e público, por tempo indeterminado.

Ainda de acordo com a categoria, nesta segunda (5), acontece a assembleia que tem como objetivo a organização da paralisação. A reunião será às 18 horas, na sede do Sindicato, que fica localizado na rua Dois de Julho, nº 122, no Centro de Vitória da Conquista.

Segundo o Sindicato, depois de quatro rodadas de negociação, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) não atendeu as reivindicações da categoria e apresentou uma proposta rebaixada de 6,5% de reajuste, mais abono de R$ 3 mil. A proposta não contempla as reivindicações de emprego, igualdade de oportunidades, saúde e condições de trabalho, e não repõe a inflação do período, projetada para 9,57% (em agosto).

Entre as principais reivindicações da Campanha Salarial 2016 estão: reajuste de 14,78%, piso salarial no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, combate ao assédio moral, fim da terceirização, fim das demissões, mais contratações, segurança, defesa das empresas públicas e dos direitos da classe trabalhadora.

Em 2015, durante a Campanha Salarial, os bancários realizaram uma greve de 21 dias.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta segunda-feira (5), uma operação que apura irregularidades em quatro dos maiores fundos de pensão do país, todos ligados a estatais. São cumpridos 106 mandados de busca e apreensão, 34 mandados de condução coercitiva e 7 mandados de prisão temporária em oito estados e no Distrito Federal.  Os alvos são 74 pessoas físicas e 38 jurídicas. Segundo informações do Jornal da Manhã, da TV Bahia, há viaturas da PF em ao frente ao condomínio Iate Privilege, na Ladeira da Barra, em Salvador, para o cumprimento de mandado de busca e apreensão e uma condução coercitiva. No município de Ilhéus, no sul do estado, também é cumprido um mandado de busca e apreensão.

Além de Léo Pinheiro, outro envolvido na Operação Lava Jato foi alvo no contexto da Operação: o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, condenado em maio a 9 anos de prisão.

Os focos da operação “Greenfield” são o Funcef (fundo de pensão de funcionários da Caixa), a Petros (de trabalhadores da Petrobras), a Previ (de funcionários do Banco do Brasil) e o Postalis (de trabalhadores dos Correios). A operação da PF conta com auxílio do Ministério Público Federal (MPF), a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“A decisão judicial ainda determinou o sequestro de bens e o bloqueio de ativos e de recursos em contas bancárias de 103 pessoas físicas e jurídicas, alvos da operação, no valor aproximado de R$ 8 bilhões”, informou a Polícia Federal. Conforme a corporação, as investigações foram motivadas após a revelação da causa de déficits bilionários de fundos do tipo.

Os investigadores observaram a configuração de núcleos criminosos: o empresarial, o dirigente de fundos de pensão, o núcleo de empresas avaliadoras de ativos e o núcleo de gestores e administradores dos fundos de investimentos em participações. De acordo com a PF, os investigados podem ser indiciados por gestão temerária ou fraudulenta. Também podem responder por crimes contra o Sistema Financeiro Nacional. Ao todo, participaram da operação iniciada pela manhã cerca de 560 policiais federais, 12 inspetores da CVM, quatro procuradores federais da CVM, oito auditores da Previc e sete procuradores da República.

Fundos de pensão – Um fundo de pensão é uma entidade sem fim lucrativo criada para proporcionar a renda de aposentadoria de trabalhadores de determinada carreira. Ela gere o patrimônio de contribuição de participantes. Os primeiros fundos do tipo surgiram na década de 1960. A suspeita de irregularidades nessas entidades motivou a criação de uma CPI na Câmara, em agosto de 2015. O relatório final sugeriu ao Ministério Público o indiciamento de 353 envolvidos (entre pessoas e instituições), apontadas como responsáveis por um prejuízo de R$ 6,6 bilhões a quatro fundos de pensão.

Greenfield – O nome da operação faz alusão a investimentos que envolvem projetos incipientes (iniciantes, em construção), ainda no papel, como se diz no jargão dos negócios. No sistema financeiro, o contrário de investimentos Greenfield é o Brownfield. Nesse tipo, os recursos são aportados em um empreendimento/empresa já em operação.

Veja onde são cumpridos os mandados: 

DF: 20 mandados de busca e apreensão, 6 conduções coercitivas e 5 mandados de prisão temporária

São Paulo:
São Paulo – 44 mandados de busca e apreensão, 17 conduções coercitivas e 1 prisão temporária
Campinas – um mandado de busca e apreensão e um de condução coercitiva;
Santos – um mandado de busca e apreensão

Rio de Janeiro:
Rio de Janeiro – 28 mandados de busca e apreensão, 7 conduções coercitivas e 1 prisão temporária
Niterói: três mandados de busca e apreensão e um de condução coercitiva

Espírito Santo:
Vila Velha – um mandado de busca e apreensão e um prisão temporária

Bahia:
Salvador – um mandado de busca e apreensão e um condução coercitiva
Ilhéus – um mandado de busca e apreensão

Paraná:
Curitiba – um mandado de busca e apreensão;

Rio Grande do Sul:
Porto Alegre – dois mandados de busca e apreensão e um condução coercitiva

Santa Catarina:
Florianópolis – três mandados de busca e apreensão, um de condução coercitiva e um mandado de prisão temporária

Amazonas
Manaus – dois mandados de busca e apreensão

Segundo a Polícia Federal, o número de mandados (de busca e apreensão, condução coercitiva e prisão) é diferente do numero total de alvos porque parte deles tiveram medidas cumpridas em mais de um endereço.