Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Terça, 20 Novembro 2018
31°C

Condeúba

Ensolarado Humidade: 35%
Vento: ENE16.09 km/h

Um grupo de civis condeubenses se organizaram e foram à sessão da câmara municipal de vereadores na noite dessa última quinta-feira (17) para cobrar celeridade no processo de distribuição das casas populares que já se arrasta desde o início da gestão do atual prefeito.

Os moradores confeccionaram cartazes com fotos de algumas unidades das casas populares que foram destruídas por vândalos e usaram frases de efeito para chamar a atenção dos edis da casa. Um dos cartazes trazia os dizeres "covardes são aqueles que abusam do poder contr as mais fracos", em outro "queremos uma solução, queremos nossas casas 'Minha casa Minha Vida'."

 

A obra foi iniciada na gestão do ex prefeito Odílio Silveira e foi repassada à gestão de José Augusto com algumas etapas do projeto concluído. A atual gestão deu seguimento as obras, mas não conseguiu no lapso dos 4 anos concluir e entregar as unidades aos munícipes que fizeram parte da seleção de moradores.

Um dos ativistas que preferiu não se identificar relatou à nossa redação: “Esperamos que pelo menos o prefeito zele pelas casas populares, vândalos estão invadindo, danificando portas, quebrando vidros, pichando paredes e até defecando nas imediações das casas. O que estamos cobrando aqui é o que a lei já determina, que seja zelado pelo bem público. ”

Na sessão, o Presidente da Câmara, o Silvano Santos, abordou sobre dois projetos polêmicos e que segundo apurou o Folha Regional de Condeúba junto a um corpo jurídico, ambos são inconstitucionais. Um trata-se de eleição para escolha de cargos de confiança na educação (diretores de escolas) e outro trata-se de uma seleção para contratação de pessoal.

Também fez uso da palavra o Prof. Neaci Rodrigues, presidente da associação de moradores do Bairro Div. Espírito Santo, falando da importância dessas casas para algumas pessoas que ainda não possuem moradia própria e dependem da conclusão do projeto. 

 

No calor da manifestação, a vereadora Nena pediu a palavra, que foi negada pelo presidente, quando a população começou a gritar pelo seu nome. A vereadora quebrou o protocolo, fez uso da palavra e pediu uma resposta do prefeito para o povo que manifestava democraticamente, o convidando para ir até a casa legislativa. A vereadora foi aplaudida pelos populares e em seguida Silvano finalizou a sessão.

Sob muita tensão, a sessão foi encerrada abruptamente.

Dia 24 de Dezembro tem encontro marcado em Condeúba, no GE Palace Club, iniciando as comemorações de final de ano ao som de Boteco das Amigas e Trio Capú de Fusca. Condeúba volta a ser palco de um dos melhores eventos da região, o Condeúba Prime.

Sucesso na sua primeira edição em 2015, o evento surpreende dessa vez trazendo a banda mais tocada do momento. Os ingressos do primeiro lote já foram vendidos e o segundo lote já segue com as vendas aquecidas.

Descontos especiais para compra de mesas no evento.

Informações: (77) 9 9191-0752

A Escola Municipal Dário Oliveira Lima, localizada no bairro Divino Espírito Santo, em Condeúba, teve alguns dos móveis destruídos após a invasão de vândalos no último domingo (13). Os invasores danificaram armários, portas, deixando algumas sala totalmente reviradas.

Apesar da bagunça e dos danos causados, não houve registro de itens subtraídos.

Os condeubenses foram surpreendidos pelo barulho de chuva ao acordar na manhã desse domingo (13). Apesar de fina, a chuva caí desde o início da madrugada desse domingo e rompeu com a onda de calor que assolava a cidade.

 Os institutos de meteorologia preveem mais chuvas em toda a cidades da região para a semana, sendo que quarta-feira será o dia com maior volume de chuvas.

A vereadora reeleita, Maria Neres de Sousa Brito (PSDB), conhecida popularmente por Nena, emitiu uma moção de repúdio na Câmara Municipal e saiu em defesa da população condeubense diante do caos que se instalou na gestão pública municipal de Condeúba, após as disputas eleitorais.

Atendimentos de saúde cortados na zona rural, ausência de medicamentos, descumprimento da Lei de Diretrizes Básicas do MEC que determina o mínimo de 200 dias letivos e problemas no abastecimento de água no município são só alguns dos problemas que engrossam a lista apresentada pela vereadora como justificativa da moção.

"Declaro nesta Moção meu total repúdio aos atos perpetrados pelo Prefeito Municipal José Augusto Ribeiro, que de maneira aviltante e desprezível vem punindo os cidadãos condeubenses, sobretudo, após os resultados desfavoráveis a ele nas eleições próximas passadas, cujo povo demonstrou nas urnas seu descontentamento com a atual administração." Justificou vereadora.

Ainda na sua justificativa, ela abordou uma das principais queixas da população condeubense: A saúde. "A saúde de Condeúba entrou num verdadeiro colapso. Drasticamente foram suspensos todos os atendimentos ambulatoriais na sede e zona rural, deixando a população totalmente desprotegida até mesmo para o atendimento básico. O CAPS também teve seus atendimentos suspensos, prejudicando os numerosos pacientes existentes por todo o município e causando transtornos imensos às famílias desses pacientes, faltando inclusive pessoal de limpeza naquela unidade. Como se não bastasse a instalação do caos na saúde condeubense, a Secretaria de Saúde simplesmente suspendeu todas as marcações de exames, de maneira irresponsável e inaceitável."

Veja a Moção completa:

As alunas Bianca dos Santos Soares, 14 anos e Rute Ribeiro Bentencourt, 11 anos, da Escola Municipal Adelmário Pinheiro, da cidade de Condeúba, tiveram os seus textos selecionados e serão publicados em uma coletânea de crônicas e histórias produzidas por estudantes, de todo o país, participantes do projeto “Ler é Bom, Experimente!”.

O livro intitulado As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 8, oitava coletânea do projeto, será lançado em Sorocaba-SP, no dia 8 de novembro, com direito a autógrafos dos estudantes autores e do escritor Laé de Souza, autor do projeto.

Escolas de todo o país participam há dezesseis anos do projeto “Ler é Bom, Experimente!” que é desenvolvido pelo Grupo Projetos de Leitura, com aprovação do Ministério da Cultura e patrocínio do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE com o objetivo de incentivar a leitura e criatividade de estudantes de escolas públicas.

Na última sexta-feira, dia 21, dois presos fugiram da delegacia de polícia de Condeúba, durante a madrugada. Os detentos conseguiram subir até o teto da carceragem, arrombaram uma grade de proteção e empreenderam fuga.

Já na manhã dessa terça-feira (25), um terceiro detendo aproveitou do banho de sol e da grade que foi danificada e não havia sido consertada para fugir. As polícias estão em busca dos detentos mas não há ainda nenhuma informação.