Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 21 Setembro 2018
31°C

Condeúba

Predominantemente nublado Humidade: 30%
Vento: ENE22.53 km/h
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

Mesmo proibido pelo Juiz Eleitoral através de uma portaria, foguetes continuam sendo usados nas campanhas eleitorais da 60º Zona e nesta sexta-feira, 23, o que era pra ser clima de festa terminou com um acidente grave.

Um cabo eleitoral do candidato à reeleição José Augusto, conhecido por Zezão Nascimento, sofreu ferimentos em decorrência de uma acidente com um foguete na Praça da Bandeira (praça da feira), onde fica localizado o comitê central da coligação. 

Um leitor do Folha Regional de Condeúba que estava no Banco do Brasil, a cerca de 400 metros distante do epicentro da explosão relatou que ficou assustado quando ouviu o estouro e chegou a pensar que a agência sofreria um novo atentado.

Um carro que estava próximo da explosão teve os vidros estilhaçados e a lataria danificada. Zezão sofreu ferimentos nos membros inferiores, foi socorrido após a explosão, levado para o Hospital Municipal de Condeúba e em seguida transferido para Vitória da Conquista. Apesar dos ferimentos, o quadro de saúde é estável.

{gallery}acidente-zezao{/gallery}

Apesar do avanço da infra-estrutura das redes que fazem a distribuição de internet na região de Condeúba, clientes ainda enfrentam dificuldades para ter acesso a uma conexão de qualidade. A principal forma de distribuir dados ainda é através de antenas com comunicação por rádio frequência e a única empresa que fornece o serviço na cidade têm sido alvo de reclamações recorrentes.

"Nós pagando um pacote que não estamos recebendo. Por exemplo, minha internet eu pago dez megas mas nunca recebo o que eu estou pagando, tenho como provar por meio de gravações de medidores confiáveis quando não dá a quantidade do pacote contratado. Ficamos sem sinal constantemente e não temos para quem reclamar pois aqui não tem PROCON, nem ANATEL para fiscalizar." Registrou um cliente em tom de revolta em e-mail enviado à nossa redação.

 

 

Uma estudante da Escola Municipal Dr. Tranquilino Leovigildo Torres sofreu um acidente na manhã dessa terça-feira (23), na Praça da Ciência, que fica próximo ao colégio, quando a sua turma fazia uma visita ao local. O SAMU foi acionado, a garota foi socorrida e levada para o Hospital Municipal Dr. José Cardoso dos Apóstolos onde segue em observação, mas o quadro de saúde é estável e não corre riscos.

As eleições municipais em cidades pequenas como Condeúba sempre geraram momentos de muita tensão, emoção e uma verdadeira disputa através das campanhas em carro de som, materiais gráficos pelas ruas e outros meios. Essa disputa acirra-se ainda mais, no caso da majoritária, nas cidades onde apresentam-se apenas duas chapas, fazendo com que as cidades se "dividam" em oposição e situação.

Esse ano, porém, a campanha iniciou desacelerada, com poucos carros de sons pelas ruas e uma quantidade reduzida de materiais gráficos. Um dos motivos que pode justificar esse cenário foram as mudanças trazidas pela mini reforma eleitoral que trouxe uma série de restrições para o período. A redução para apenas 45 dias de campanha, limitação de gastos com a campanha, limitação no volume de carros de som e o tamanho de propagandas impressas foram determinantes para a configuração desse cenário.

Um outro motivo que pode justificar é a crise financeira que assola o país e atinge principalmente municípios vulneráveis, com pouca renda como é o caso das cidades da região, fazendo com que se torne difícil a captação de recurso para a execução de ações de campanha. Hoje (17/08) foi anunciado também em uma reunião entre candidatos e o juiz eleitoral a proibição de foguetes, que em outros momentos já foram muito utilizados.

Por outro lado, as redes sociais tem feito um papel importante auxiliando os candidatos desde a pre-campanha até o atual período. Através de perfis, páginas e grupos, os candidatos expõem suas ideias e propostas, fazem contato com eleitores e até captam votos. Uma das poucas restrições para as campanhas nas redes são as publicações impulsionadas (aquelas que são pagas) e se o candidato for flagrado pode ser multado.

Uma operação da PM ontem na comunidade de Olho D'água terminou com a apreensão de duas motocicletas. Após denúncia de moradores, uma guarnição se dirigiu para o local para apurar o relato de que dois homens suspeitos e com tocas tipo brucutus circulavam pela região em atitude suspeita.

Ao notar a presença dos policiais, os homens abandonaram as motocicletes e fugiram pelos matos. Foi apreendida uma moto modelo CG Titan 125, ano 95, de cor verde e outra CG fan 125, de cor preta e ano 2008. As motocicletas estavam sem placas e uma como chassi adulterado. 

 

 

Um morador que pediu para não ser identificado apresentou uma cesta básica que recebeu e que, segundo ele, está sendo distribuída para diversos moradores do bairro onde mora, o Divino Espírito Santo. Aparentemente tudo normal, mas segundo o morador, a prática está sendo realizada por pessoas ligadas a políticos da cidade.

"Eles chegaram, entraram la em casa e entregaram essa sacola. Foram duas pessoas que passaram lá e me disseram que essas cestas vieram de fora para serem distribuídas na cidade." Descreveu o morador.

Se constatado a ligação da ação com algum político e principalmente nesse período eleitoral, pode trazer sérias complicações, inclusive a impugnação da chapa. A ocorrência será registrada e o caso será denunciado ao Ministério Público e Juiz Eleitoral.

A noite dessa terça-feira (09) está sendo de pânico e alvoroço na pacata comunidade de Olho D'água, na zona rural de Condeúba. Relatos de leitores do FRC pelo WhatsApp trouxeram a informação de que dois homens encapuzados foram vistos em uma motocicleta em atitude suspeita pela estrada que dá acesso a comunidade.

Em seguida, após pedirem socorro pela rede social e fazer contato com uma guarnição da PM, uma viatura chegou ao local e deu início às buscas. Um capacete chegou a ser encontrado, de acordo com informações de um morador, mas ninguém ainda foi capturado. Ao perceber a presença das autoridades policiais, os homens fugiram.

Como a operação dos policiais ainda está em curso, não foi possível ainda obter nenhuma informação oficial até o fechamento dessa matéria. A qualquer momento o Folha Regional de Condeúba trará novas informações sobre o caso.