Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Terça, 20 Novembro 2018
29°C

Condeúba

Ensolarado Humidade: 37%
Vento: ENE16.09 km/h

Divulgado pelo MEC na última segunda-feira (03), o Índice de Desenvolvimento da Educação básica de 2017, avalia parâmetros qualitativos das instituições públicas de ensino. A rede de escolas públicas municipais de Condeúba recebeu nos anos iniciais a nota de 6,1, ultrapassando a meta projetada para esse ano, que era de 5.5. Já para os anos finais, a nota teve elevação ficando em 4,3, mas não atingiu a meta projetada que era de 5,0.

Os números alcançados pela educação de Condeúba representam um novo marco para a educação do município, que nunca havia atingido esse patamar. Se comparado com a média da Bahia, o município apresenta números muito acima da média, que no estado atingiu a nota de apenas 3,7.

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) estima que, atualmente, existam 17.319 pessoas residentes em Condeúba, 421 a mais que no último censo de 2010. Já a população do estado diminuiu. Com a revisão do Projeto de População realizada em 2018, a Bahia registrou uma queda na estimativa do número de habitantes. Segundo o IBGE, houve uma redução de 3,5% (que equivale a menos 531.830 pessoas) em relação à estimativa de 2017, que trazia o estado com 15.344.447 habitantes.

A revisão do cálculo foi motivada pela redução no componente natalidade, pois o número de nascimentos registrados entre os anos de 2000 e 2016 foi menor do que previa a projeção anterior, de 2013.

 

A seca que assola a região Sudoeste está causando estragos incalculáveis.

Em uma rica reportagem exibida no programa Redação Brasil, da Rádio Brasil FM, nesta quarta-feira (22) os comunicadores Deusdete Dias e Ricardo Gordo fizeram um verdadeiro panorama sobre a situação na zona rural de Vitória da Conquista, além dos municípios de Cordeiros, Piripá e Condeúba.

Uma das grandes barragens que abastecem Condeúba e outras localidades está praticamente seca, o que tem preocupado a população e lideranças políticas da região.

As articulações políticas do prefeito Silvan Baleeiro e aliados em Brasília começa a apresentar os primeiros resultados. Foi publicado na edição dessa terça-feira (24), no Diário Oficial da União, o extrato do convênio de número 851897-MI, celebrado entre o município de Condeúba e o Ministério da Integração Nacional para realização de obras de infra-estrutura na cidade.

De acordo com o que já havia sido anunciado pelo prefeito, os recursos da ordem de um milhão de reais, serão empregados para a requalificação da praça municipal onde acontecem as feiras livres. O Espaço será totalmente requalificado, oferecendo uma nova organização estética e uma infra-estrutura moderna e adequada para os ambulantes comercializarem seus produtos.

Iniciada no último dia 09, as obras de pavimentação da Rua Capitão Multi, no Bairro do Divino Espírito Santo, em Condeúba, seguem a todo vapor. Com investimentos na ordem de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) com recursos provenientes de emenda parlamentar e com contrapartida do Governo de Condeúba, a pavimentação irá beneficiar dezenas de famílias que residem no local.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Dinailde Nascimento, a obra faz parte do projeto de pavimentação de vias públicas do município onde já foram pavimentadas as Ruas São Domingos e Santo Expedito, também no Bairro Divino, e que tem como objetivo oferecer mais conforto aos moradores, melhorando o acesso e a trafegabilidade de pessoas e veículos.

A pavimentação na Rua Capitão Multi, que deverá ser concluída nos próximos meses, prevê o calçamento de todo o logradouro que conta com cerca de 1.000 metros de extensão.

Para o Sr. Jair Benigno da Silveira, 68 anos, morador da Rua Capitão Multi, a pavimentação irá melhorar muito as condições de quem vive ali. “Há muitos anos que moro aqui nessa rua e a gente sempre passa dificuldade pela falta de calçamento. No tempo da chuva é a lama e no tempo da seca é a poeira. Agora não né, com o calçamento as coisas não vão ser mais assim”, ressalta o morador.

As chuvas que caíram em Condeúba ainda não foram suficientes para fazer o volume de água no reservatório do Champrão subir. Segundo dados da última segunda-feira (15), o volume no reservatório é de apenas 1.620.000 m3, o que é equivalente a somente 19,85% da capacidade total da barragem.

Se a chuvas demorarem de chegar na região, a cidade passará por problemas de abastecimento, tendo em vista que o sistema está à beira de uma crise hídrica.

 

Composto por 18 atletas de vários municípios da região sudoeste, o grupo CicloConds se reuniu mais uma vez para pedalar 180 km. O trajeto iniciou em Vitória da Conquista e terminou em Condeúba, cidade de natal dos fundadores.

O circuito pegou 2.300 m de altimetria e durou um total de 15 horas para ser concluído. "A edição de 2018 teve diversas resenhas, muito animada, com uma turma muito bem desenvolvida no esporte. Ao chegarmos em Condeúba fomos recebidos pelo secretário de esporte e também pelos conterrâneos condeubenses. Teve foguetes e salva de palmas." Registrou um dos fundadores, Dalmo Filho.

Quem tiver interesse de participar do grupo, deve procurar um dos membros, para conversar e ser apadrinhado. 

A magia da poesia aconteceu bem no coração da cidade: Paço Municipal, um local histórico, cheio de significados e importância política-cultural de Condeúba. Foi de lá onde a tão famigerada Coluna Prestes, quando passou pela a nossa cidade, deixou escrito: “No meio de uma agglomeração desorganizada um bando decidido a tudo penetra fundo como cunha de ferro em montão de ferragem. (TAINE) Ruy”.  O bando agora era outro. O contexto também. Mas a intensão de ir fundo, além das paredes (que também falam por si) certamente guardam significados que coadunam com a intensão do mestre Ruy Barbosa quando escreveu esse pensamento, usurpado pela ideologia da Coluna Prestes.

O Paço Municipal é, sem dúvida, um símbolo representativo para Condeúba. Sendo assim, a noite de sábado, do dia 13 de janeiro de 2018, certamente será lembrada como uma noite especial, onde a poesia irradiou-se por entre as paredes desse cenário inspirador, fazendo com que muitas histórias fossem construídas e resgatadas. Era a noite do Movimento Café com Poemas, um projeto que nasceu em 2013 na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais e agora espalha poesia por todo canto. Em Condeúba, o Movimento começou em 2017 e tem como representantes: Antônio Santana, Andressa, Cesar, Edson, Joandina, Helen, Marittza e Mariana.

 

A poesia dignifica o homem. Traz leveza, consciência de alma e realça as memórias. Leandro Flores foi quem deu apresentação ao evento e lembrou a sua trajetória literária, que neste ano de 2018, completará dez anos. Falou dos projetos desenvolvidos ao longo desde tempo, das conquistas alcançadas nas cidades de Belo Horizonte e Salvador e, principalmente, da importância de estar novamente em sua cidade natal, falando do que mais lhe agrada: a poesia.

Era também noite de lançamento. A Antologia Poética Café com Poemas, organizada por ele, Leandro Flores e Celeste Farias, depois de ter sido lançada em diversas cidades, estava agora sendo apresentada em Condeúba. A antologia traz 39 poetas, fruto de um concurso Nacional de Poesia, dentro os quais, três são de Condeúba: Antônio Da Cruz Santana, Conceição Oliveira Santos e Edson Silveira.

E muitas outras surpresas aconteceram. Joandina Carvalho apresentou a ideia de homenagear o poeta Camilo de Jesus Lima, que já foi morador de Condeúba e tem um significado cultural muito grande na região. Edson Silveira fez uma belíssima homenagem ao colega Leandro pelos os 10 anos de dedicação à literatura...e várias poesias foram declamadas e reveladas: Helen, Mariana, Paulo Henrique, Nilmara, Ariane e outros tantos que deixaram a noite ainda mais significativa. Além disso, teve uma belíssima apresentação do músico Adriano Guilherme que abrilhantou a noite, acompanhando com um fundo musical, nas apresentações, teve também outorga de certificados e no final, como não poderia faltar, foi servido um delicioso Café...

E assim, foi realizada a nossa Noite Poética em Condeúba. Nós do Movimento Café com Poemas, agradecemos a Prefeitura Municipal pelo espaço cedido à poesia, ao Paulo Henrique pela disposição e a todos os que se fizeram presentes, dando vida e brilho a esse evento.