Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 22 Fevereiro 2019

Cannot get Condeúba location id in module mod_sp_weather. Please also make sure that you have inserted city name.

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

DSC02184A barragem de Condeúba já não é mais a mesma que figura na composição de Artúlio Reis. Sinônimo de alegria e vida, que foi, a barragem da cidade marcou gerações com a sua exuberância em tempos de cheia mas, o cenário agora só traz preocupação e tristeza.

A seca que assola o sertão nordestino é taxada como a pior dos últimos 80 anos e pode chegar a ser a pior desde quando se tem registros. Vários fatores contribuem para longos períodos de estiagem no nordeste tais como o relevo e rios de regimes temporário ou sazonais. Na maior parte dos municípios que sofrem com períodos de longa estiagem, a solução é a construção de açudes e barragens para captar e armazenar  água nos períodos chuvosos do ano.

E quando as barragens e o açudes secam? Eis então a preocupação que tira o sossego dos condeubenses. A barragem da sinais de fragilidade à seca; a EMBASA,  concessionária responsável pelo tratamento e distribuição da água, adotou regime de racionamento revezando a distribuição de água. Mais do que nunca precisa-se de uma conscientização por parte da população para o uso racional e esforços dobrados por parte dos governantes para amenizar o sofrimento e prejuizos das pessoas afetadas pela seca.

A cidade que também distribui água para outros municípios como Cordeiros, Piripá e Pres. Jânio Quadros, Guajeru, não menos diferentes em relação ao sofrimento enfrentado em Condeúba, distribui água para a zona rual em carros pipas apenas para o consumo humano, animais morrem ou são vendidos por preços muito baixos devido a falta de condições dos criadores de manterem a criação.

A união dos municpíos da região será de grande importância para buscar recursos e soluções na esfera estadual e nacional, que até então parecem esquecidos pelo governo. As fotos apresentadas nesta matéria mostra a gravidade do problema. Um bem precioso, invendável e crucial para a vida humana não pode sofrer tanto descaso.

Tomar um banho na barragem de Condeúba, ao contrádio do que a música "Banho de Barragem" diz, já não é tão bom assim, não se da mais salto mortal entre a traíra e o piau nem muito menos nada-se do lado da piaba. 

Fotos: Caique Oliveira

 

BANHO DE BARRAGEM

Artúlio Reis

TOMAR UM BANHO

LÁ NA BARRAGEM DE CONDEÚBA

ISSO É QUE É BOM

ISSO É VIVER, VIVER A VIDA

LAVAR A ALMA

LÁ NUM RIACHO DE CONDEÚBA

PARA QUEM TEM

A INOCÊNCIA QUASE PERDIDA

TAMBÉM DAR SALTO MORTAL

ENTRE A TRAÍRA E O PIAU

NADAR DO LADO DA PIABA

QUE SE PESCA COM ISCA DE FARINHA

E SE FRITA NA BANHA DE PORCO

DEPOIS SE COME TORRADINHA

FAZENDO CRAT-CRAT NO DENTE DA GENTE BIS

FAZENDO CRAT-CRAT NO DENTE

DSC02160

 DSC02161

 

 DSC02162

 DSC02164DSC02165

 

A maior festa regional do Sul da Bahia e uma das mais aguardadas do ano, o São João. A tradição de comemorar o dia de São João veio de Portugal, onde as festas são conhecidas pelo nome de Santos Populares e correspondem a diversos feriados municipais: Santo Antônio, em Lisboa; São Pedro, no Seixal; São João, no Porto, em Braga e em Almada.

Comum na tradição baiana, famílias se preparam para receber amigos e familiares que moram em outros locais, as prefeituras ornamentam a cidade e oferecem calendários culturais e comerciantes e empresários aguardam essa sazonalidade que é de grande importância. 

Confira a programação de São João em Condeúba e algumas cidades circunvizinhas.

 

> Caculé

 

Dia 21/06:

    • Forró Aceso
    • Victor e Léo
    • Cheiro Nela,

Dia 22/06 (Praça):

    • Edgar Mão Branca
    • Thiago Araújo
    • Canários do Reino

Dia 22/06 (Espaço Bacurau - Forró do Bacurau):

    • Parangolé
    • Cacau com Leite
    • Kleytones
    • Edgar Mão Branca

Dia 23/06 (Praça):

    • Página Virada
    • Bel Lima
    • Kleytones
    • Ricardinho

Dia 23/06 (Clube de Campo - Chopada do Xamego):

    • Banda Rastapé
    • Max e Léo
    • Thiago Araújo

> Condeúba

 

Dia 20/06:

    • Dio do Arcodeon
    • Trio Sabiá
    • Amantes do Forró

Dia 21/06 (Praça):

    • Banda Tropa do Xote
    • Banda Xote.com
    • Dara Musical Emoções

Dia 22/06 (Praça):

    • Wesley dos Teclados
    • Edinho de Lima
    • Robério e seus teclados

Dia 22/06 (G.E. Palace Club - Beer Fest Premium):

    • Lordão
    • Luxúria
    • Yure Sá
    • Gilvan

Dia 24/06 (Praça):

    • Zé de Chico
    • Edmilson Batista
    • Cavalo de Mourão

> Mortugaba

 

Dia 21/06 (Praça):

    • Banda Raios de Sol
    • Wesley dos teclados
    • Renan Moreira 

Dia 22/06 (Praça):

    • Festa do Mortugabense e visitantes (A partir da 19:00 horas)
    • Apresentações Culturais
    • Distribuição de Comidas típicas
    • Irmãos David
    • Banda Forró Cheiro Nelas
    • Lula Sabiá

Dia 23/06 (Praça):

    • Banda Alpha
    • Tradição das fogueiras nas ruas
    •  Premiação dos três melhores trajes juninos
    • Show Pirotécnico

> Piripá

 

Dia 21/06 (Praça):

    • Feras do Baile
    • Trio Kapú de Fuska
    • Zé Batista
    • Serginho e Silvano

Dia 22/06 (Praça):

    • Robério e Seus Teclados
    • Rodriguinho
    • Vitório Queiroz
    • Luciano dos Teclados

Dia 23/06 (Piripá Folia):

    • Fala Sério
    • A Blitz 
    • Capa de Revista
    • Trio Kapú de Fuska
    • Artistas da Terra

Dia 24/06 (Praça):

    • Soró Silva
    • Forró Muleke Brother
    • Suco de Pimenta
    • Estrela da Bahia

Dia 24/06 (Ressaca):

    • Zé Batista
    • Por D'baico do pano

Pres. Jânio Quadros

 

Dia 21/06 (Kimania): 

    • Maderada do Arrocha
    • Renan Moreira
    • O som do povo

Dia 21/06 à 24/06:

    • Roberto Dantilly
    • André e Mazinho
    • Bel Lima
    • 14ª Cavalgada São João Batista
    • Moleke Brother
    • Forrozeiro Lula Sabiá
    • Doro do Brasmundo
    • Banda Feras da Bahia
    • Banda Vera Cruz
    • Os Amantes do forró
    • Artistas da Terra

> São João do Paraíso (MG)

 

Dia 21/06:

    • Exposições Culturais
    • Mozza e Mazim
    • Moda de viola: Tradição Sertaneja
    • Dema dos Teclados

Dia 22/06:

    • Os Filhos da Emprega
    • Paredão Sertanejo
    • Pinta no olho

Dia 23/06:

    • Tarde de Lazer (Brinquedos, palhaços)
    • Quadrilhas
    • Forró Kapa de PlayBoy
    • Jean Karlo e Stradeiro
    • Carlos Amado

Dia 24/06:

    • Xicabom
    • Pronunciamento de Autoridades
    • Show Pirotécnico
    • Cacau com rapadura
Você não encontrou aqui a programação da sua cidade e gostaria de nos enviar? CLIQUE AQUI

 

Um policial da CAESG, que pediu para não ser identificado, informou que no final da tarde de ontem(quarta-feira), dois assaltantes se renderam e estão sendo mantidos no local da perseguição. Hoje (quinta-feira), com a ajuda dos dois meliantes, as policias esperam fazer uma grande varredura nas localidades em que os suspeitos foram vistos, com grande chance de sucesso, uma vez que agora terão melhores informações colhidas dos marginais.

“É uma questão de tempo, com inteligência e com as informações que agora dispomos, logo chegaremos ao restante da quadrilha.” Falou o policial.

Bancos

Ontem (quarta-feira), o Bradesco abriu suas portas e o Banco do Brasil deverá voltar a funcionar no dia hoje. Além do medo e do terror espalhado pela quadrilha, os transtornos para a população condeubense e região não param por aí, ter os bancos fechados é um prejuízo sem precedente para a comunidade, ainda se complica um pouco mais por ser inicio de mês, quando se recebe os salários e os benefícios através da rede bancária.

População

A população continua amedrontada, já que ainda não chegou ao fim à perseguição imposta pelas policias à quadrilha. O medo que se espalha pela cidade é de que os assaltantes não consigam fugir do cerco e voltem para  a cidade, onde poderiam fazer reféns e tentar fugir com mais facilidade. Esse medo é maior entre os comerciantes. Os terroristas de plantão também não aliviam e a toda hora inventam uma notícia ruim diferente.

Fonte: DDEZ / Por Dècio Pereira

Quem diria! Lá atrás, 152 anos passados, da emancipação daquela então Vila de Santo Antonio da Barra, pequenino lugarejo implantado no sertão baiano, sereno como seu povo, tranqüilo como o cair da garoa no mês de junho, que não molha a terra, mas, umedece as folhas das plantas, prorrogando a sua mutação.

Quem diria! Que esse povo sereno, ordeiro e desbravadores projetariam para suas gerações futuras tantos dissabores, desencontros, banalidades, não por culpa das gerações passadas e presentes, mas, talvez por uma das culpas mais aviltante que tem assolado o nosso povo e ceifada vidas de inocentes, que pagaram e continuam pagando por um sistema capitalista nefasto, que está impreguinado na sociedade Brasileira que é a má distribuição de renda. Ela vem dos idos de 1500 na época da descoberta do Brasil por Cabral, e até hoje ninguém consegue colocar esta situação no eixo.

Antiga Vila de Santo Antonio da Barra, hoje Condeúba, se eu tivesse o poder de comunicar com nossos antepassados eu diria o seguinte: Nossa cidade continua terra de povo ordeiro, hospitaleiro, trabalhador e cumpridor com seus deveres. Exceto os percalços que nela tem se infiltrado nos últimos anos por conta do chamado progresso e que se repetiu neste começo de semana junina, onde deixou a população boquiaberta, impotente, amedrontada e sintomática de:

Perplexidade, angustia, temor, náuseas, pavor, foi assim que ficou parte da população condeubense nesta segunda feira, dia 3 de junho às 11h00, quando as agencias dos bancos do Brasil e Bradesco, foram assaltadas pela terceira vez consecutiva. Só se via gente desesperada com muitos tiros disparados ao mesmo tempo pelos bandidos, felizmente ninguém ainda ficou ferido fisicamente, porém psicologicamente quase todos que presenciaram o assalto ficaram com este trauma. Desta vez os bandidos inovaram, vieram com maior numero de pessoas e carros, alem de motos para dar batidas em redor do local e ampliar a vigilância aos seus comparsas, que estavam cometendo o delito nos bancos.

Eu quero aqui, fazer um registro especial sobre os cúmplices dos assaltantes. quando a sociedade condeubense vai ter que suportar essas pessoas que ficam de plantão assistindo aos bandidos a praticar o roubo? E eles ali a espera que os ladrões fortemente armados, joguem bagatelas, normalmente moedas, produto do roubo então praticado, para aqueles “desalmados e desarmados” cúmplices do delito, que ali costumam fazer platéia aos delinqüentes, sem dizer que isto é feito pelos bandidos, como uma das estratégias do assalto, enquanto os populares pegavam as moedas atiradas pelos bandidos que saíram em disparada.

Se a Polícia aparecer no local, no momento do assalto, será impedida pelos voluntários, “cúmplice do roubo”, que ainda se encontram catando as moedas pelo curso onde fugiram os bandidos, assim sendo, a Polícia ficará prejudicada de suas ações, não podendo atacar ou perseguir a quadrilha armada, porque os populares estão servindo de escudo humano para os bandidos. Por tanto, a sociedade como um todo tem que repreender essa prática, que não se sabe se é por simplicidade ou por ignorância de parte da nossa população. Devemos trabalhar as cabeças dessas pessoas que tem participado dos três assaltos nos bancos de Condeúba de forma indireta, em busca de moedas atiradas pelos marginais logo após o roubo.

Essas pessoas tem que entender, que esta atitude de se aglomerarem para catar moedas atiradas por bandidos, que é produto de roubo, eles serão “cúmplice do próprio roubo” e podem ser enquadrados como tal pela polícia e responder processo, por isso, alem do que, estão botando suas vidas em risco e atrapalhando o trabalho da policia, que é defender e preservar a sociedade na sua integridade.

 

 

 

Comum em cidades pequenas acerca de assuntos polêmicos, os boatos, tomam conta da cidade muito rápido. Muitas verdades e também muitas mentiras circulam tanto nas redes sociais como no "boca-a-boca" sobre o desenrolar da operação das polícias na busca aos assaltantes.

A equipe do Jornal Folha de Condeúba entrou em contato por telefone com o Policial Civil Josué José da Neves Junior, que forneceu em primeira mão a atual conjuntura das operações das polícias neste momento. "Muitos boatos tomam conta da cidade. Não existe informação oficial de que bandidos estão à caminho da cidade como noticiado por populares. Todos estão cercados em uma região rural da cidade e toda a movimentação de saída e entrada na cidade são monitoradas pela polícia" Disse Josué Junior sobre os boatos.

Segundo o Policial Civil, Além De 20 viaturas que compõem a equipe, mais de 50 Policiais civis e militares, dentre eles dois delegados de polícia, um helicóptero tripulado pelo GRAER (Grupo Aéreo da Polícia militar) também faz parte do aparato da polícia. 

"Não existe reféns, apesar dos assaltantes terem tentado assaltar um veículo ontem à noite bem como tentando fazer um casal de refém, tentativa esta que foi frustada por falhas no veículo e pela chegada da polícia, ninguém se feriu e também não há nenhum refém sobre poder dos assaltantes".

"Apesar da dificuldade de acesso à área em que se encontram os assaltantes devido a densidade do mato, todo o perímetro está cercado e o controle da situação está com a polícia. Precisamos agir agora com cautela." Completou Junior.

Alguns comerciantes da cidade fecharam seus comércios temendo outra onda de ataques como ocorreu nos bancos. Viaturas e policiais se encontram na praça Jovino Arsênio da Silva Filho, onde ficam a maior parte dos comércios, a prefeitura e os bancos afim de trazer mais segurança à população e amenizar o medo que tomou conta da cidade desde ontem (04).

Na foto a cima temos da esquerda para a direita o investigador Josué Júnior, o escrivão Márcio Ribeiro e o agente Pedro Carlo


Veja Também:

 

 

Nesta Manhã de Terça-Feira (04) chegou em Condeúba logo cedo um Helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (GRAER) para dar suporte as buscas aos bandidos que assaltaram os bancos da cidade na última segunda (03). As buscas durante a noite foram incessantes. Guarnições dos seguimentos da polícia Militar e Civil especializados deslocados de Vitória da Conquista, juntamente com a polícia da cidade, que somam mais de 50 homens e 20 viaturas, trabalharam incessantemente durante toda a noite cercando os suspeitos em área rural da cidade e as operações se estenderão durante o dia.

Ainda ontem (03), foi localizado um possível esconderijo do assaltantes na fazenda Boa Vista. Foram encontradas na casa roupas e alguns artigos que podem ter sido utilizados no planejamento e execução do assalto. Possíveis suspeitos foram localizado nas adjacências desta casa e empreenderam fuga. A polícia os cercaram mas, devido a dificuldade de acesso visto que estavam dentro de matagais e à noite ainda não conseguiram prender nenhum suspeito.

Ao empreender fuga, os bandidos invadiram uma casa nos Morrinhos de Agimiro , Região rural da cidade, e tentaram roubar um carro de um morador da região para fugir contudo, o veículo não funcionou, frustando assim a fuga com o veículo. Até as últimas informações, os bandidos seguiam cercados pela polícia nesta mesma região.

 Apesar de toda a boataria na cidade, ninguém ficou ferido até o momento nesta operação e nenhum suspeito foi efetivamente preso. Estaremos dando cobertura em tempo real ao fato   tira o sossego da pacata cidade de Condeúba.

Veja Também:

 

 

 

Segundo informações de alguns leitores que entraram em contato pelo telefone do Jornal Folha de Condeúba, está acontecendo neste momento tiroteios nas proximidades da fazenda Boa Vista. As informações ainda são um tanto incompletas, mas segundo os populares que relataram a movimentação, constataram o deslocamento de diversas viatura dos batalhões de operações especiais da polícia como GOE e CIPE-Sudoeste (Antiga CAESG) no sentido da fazenda Boa Vista e uma Unidade do SAMU.

Ainda não há nenhuma informação oficial sobre este fato. Buscaremos manter contato nas próximas horas e voltaremos a noticiar o fato. As buscas estão sendo feitas desde a manhã desta Segunda-Feira e ninguém ficou ferido nesse fato lamentável.

Veja Também:

 

 

 

A Embasa (Empresa Baiana de Água e Saneamento) deu início neste domingo (02), o sistema de racionamento de água em seu abastecimento. O racionamento deve ocorrer entre às 18h do domingo até às 21 h da segunda, abrangendo toda a rede de distribuição em Condeùba, zona rural e o município de Cordeiros.

Segundo o gerente da Embasa em nosso município, Claudio Gonçalves, o racionamento ocorrerá sempre nesse horário, uma vez por semana, como forma de prevenção e controle até que chegue o próximo período de chuvas.

Ainda de acordo com técnicos especialistas da Empresa que fazem medição da capacidade do Açude Champrão, a barragem tem condições de atender à demanda dos consumidores por um período de 260 dias, com isso, o racionamento deve trazer uma economia de 7600 metros cúbicos de água por mês, prorrogando o racionamento até fevereiro do próximo ano.

A Prefeitura de Condeúba tem direcionado os consumidores que necessitam da água para uso animal, a se utilizarem do Tanque do Município, localizado próximo à ponte do Rio Gavião, já que essa água é imprópria para consumo humano.

De acordo com Claudio Gonçalves, todas as medidas possíveis para o controle devem ser tomadas nesse momento, no entanto, bons resultados só serão alcançados se todos os envolvidos assumirem as suas responsabilidades, desde órgãos responsáveis, autoridades e população diretamente interessada. Isso se aplica não só a Condeúba e zona rural, mas também ao município de Cordeiros.

O Gerente da Embasa orienta para medidas simples, de uso racional da água, mas que podem fazer muita diferença nesse período considerado de cautela. Ele recomenda à população, medidas simples, como não lavar calçadas, carros e janelas com mangueiras, o que aumenta o desperdício. É uma cena comum no dia-a-dia de Condeúba, mas que hoje em dia deve ser evitada e até condenada.

Em relação aos arrendatários de lotes da bacia do Açude Champrão, a Embasa recomenda a suspensão da irrigação feita sem controle e de forma irregular nesses terrenos, de maneira que compromete todo o abastecimento e reduz cada vez mais a capacidade do açude em um momento de escassez. Dessa forma, a população também é convidada a fiscalizar, alertando parentes, vizinhos e todos os envolvidos de que é preciso economizar água.

Por: Dermeval Filho

Fonte: DDEZ