Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Terça, 20 Novembro 2018
31°C

Condeúba

Ensolarado Humidade: 35%
Vento: ENE16.09 km/h
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

Uma ultrapassagem terminou com um acidente na tarde dessa sexta-feira, 10, na rodovia Ba-263, próximo ao município de Condeúba. O motociclista identificado de prenome Pablo, da cidade de Cordeiros, ao empreender uma ultrapassagem a um ônibus perdeu controle do ciclomotor e caiu.

O SAMU-192 esteve no local para prestar o atendimento à ocorrência e após assistir a vítima com os primeiros socorros no local encaminhou a encaminhou para atendimento em Vitória da Conquista.

De acordo com informações da equipe de resgate, a vítima teve fraturas nos dois membros inferiores e o quadro de saúde é grave.

Matéria atualizada às 20h

A comunidade Fazenda Quatis, na zona rural de Cordeiros, recebeu um poço artesiano fruto de emenda parlamentar do deputado Arthur Maia e da articulação política dos vereadores de oposição no município, sob a liderança do edil Gil de Altino.

"Toda essa região tem problemas sérios com a falta de água, então quando a gente consegue trazer esse benefício à comunidade é uma felicidade muito enorme O poço deu 5 mil litros de água por hora, é uma grande ajuda para essas famílias que muitas vezes falta água até para beber, nos períodos mais secos." Explicou Gil de Altino.

Segundo ele, esse já é o quinto poço que foi entregue na zona rural do município através das emendas parlamentares.

 

Uma operação da Polícia Civil, através da DT de Condeúba, cumpriu um mandado de prisão preventiva em desfavor de Wenmerson Pardinho na manhã desse sábado (04).

Segundo informações do Delegado de Polícia Civíl, Dr. Arilano Botelho, o mesmo é acusado de roubo qualificado na zona rural da região, onde levantava os alvos com melhor poder aquisitivo e indicava aos demais elementos da organização criminosa.

Foliões da região se encontraram em Condeúba nessa terça-feira, 28, para comemorarem o último dia do período carnavalesco desse ano de 2017. O momento alto da manifestação popular se deu na Praça Santo Antônio, no centro da cidade.

No final da tarde, paredões foram chegando à praça e mascarados que desfilavam pelas ruas se encontraram para exalar animação. Pelo menos 5 sons automotivos, os famosos paredões, faziam a festa para os populares reunidos na praça.

Felizmente a festa terminou sem nenhum registro de ocorrência grave.

 

Não há nenhum registro oficial sobre o surgimento dos "mascarados" no carnaval de Condeúba, mas sabe-se que é uma tradição que acumula algumas décadas no calendário momesco da cidade. Esse ano, apesar do cancelamento da programação anunciada pela Diretoria de Cultura do município em decorrência de um crime com um servidor público, os grupos se organizaram e deram continuidade na tradicional manifestação cultural.

Fantasias diversas tem marcado os desfiles, teve gente pintando o corpo, outros utilizando as máscaras de borracha, homem se vestindo de mulher e alguns mais discretos, utilizaram apenas um chapéu ou peruca colorida. Além do desfile, os polêmicos paredões de som fazem a festa pelas ruas da cidade. 

Apesar do clima de tensão que foi instaurado após o crime com arma de fogo que vitimou fatalmente o diretor de tributos do município ,Roberto Alves, nenhuma ocorrência policial grave foi registrada. A PM tem garantido a segurança dos foliões.

O capacete é um assessório de segurança exigido pela resolução 203 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) tanto para o condutor de motocicletas como o passageiro e pode até salvar vidas, mas com o aumento expressivo da violência em cidades pequenas como Condeúba, esse assessório pode servir também de "máscara" para crimes, como o registrado no último dia 19.

O advogado e vereador do município de Condeúba, Antônio Farias Terêncio Filho, popular Toinho Terêncio, propôs na sessão ordinária dessa quinta-feira (23) que a casa legislativa traga para discussão a possibilidade de um projeto de um PLi que proíba o uso do capacete com vistas em dificultar crimes praticados por motociclistas.

Caso venha a se tornar um projeto de lei, a medida passará a vigorar localmente e deverá determinar um prazo de adaptação dos condutores.

Após decretar três dias de luto oficial, a Prefeitura Municipal de Condeúba utilizou o seu perfil no facebook para anunciar o cancelamento dos eventos carnavalescos desse ano de 2017. A nota diz que o clima ainda é de comoção na cidade e em repúdio ao crime cruel cometido contra a vida do ex diretor de tributos, fica cancelado o evento.

"Em respeito aos familiares, amigos e em repúdio ao ato de crueldade cometido contra a vida de Roberto Alves Moreira, fica cancelado os eventos carnavalescos programados através da Diretoria de Cultura desse município." Diz trecho da nota

Segundo o diretor de cultura do município, Ygor Roberto, "Nossa cidade está de luto e não tem o que comemorar. Não justifica nós fazermos festa se o clima é de luto. Todos estamos triste por essa perda. Fizemos uma consulta ao corpo da gestão e todos foram unânimes pelo cancelamento do evento."

A morte do ex diretor de tributos municipal, Roberto Alves, comoveu muitos populares e autoridades por toda a Bahia. O crime praticado com requinte de crueldade e frieza está sendo investigado pela polícia e já tem uma linha de investigação. Câmeras de residências vizinhas, testemunhas e outros dados sigilosos coletados pela PC deverá ajudar a esclarecer o fato. 

O Deputado Estadual Pedro Tavares manifestou profundo pesar em decorrência do crime e comentou sobre a militância política ao lado de Roberto Alves, que era presidente do PSDB municipal. "A última vez que estivemos juntos foi na inauguração do comitê central de Silvan nas eleições de 2016, me lembro bem que conversamos sobre política, sobre o futuro de Condeúba e notei o seu comprometimento com as causas da cidade. Recebi a notícia com muito pesar e agora irei usar o meu mandato de deputado para cobrar das autoridades uma atenção maior ao caso. Condeúba perdeu um grande filho." Relatou pedro à redação do FRC via telefone.

Além de Pedro, o ex prefeito de Caculé e também Deputado Estadual, Luciano Ribeiro, postou uma nota de pesar em seu site lamentando o fato. "O deputado Luciano Ribeiro manifesta repúdio ao crime bárbaro e covarde praticado contra o diretor de tributos do município de Condeúba, Roberto Alves Moreira, assassinado ontem, 19 de fevereiro, em um restaurante da cidade." diz parte da nota publicada.