Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Terça, 11 Dezembro 2018
21°C

Condeúba

Predominantemente nublado Humidade: 88%
Vento: E12.87 km/h
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

 "O povo unido jamais será vencido" é o que cantavam os populares que se mobilizaram em protesto reivindicando mais segurança, por todo o dia dessa quinta-feira, 03, em Piripá. Os Padres da paroquia local e de Condeúba, comerciantes e lideranças participaram de um ato que ficará marcado na história da cidade. 

Seguidos crimes sem solução foi o que motivou a população a se movimentar e buscar medidas visando a melhoria da segurança pública no município. Reunidos desde a manhã de hoje, os populares percorreram algumas ruas das cidades e culminaram com o movimento na rodovia BA-263, saída para Tremedal onde armaram toldos, instalaram aparelhos de som e colocaram suas demandas.

A pista só foi liberada agora, por volta de 16 horas, com a chegada de um representante da Polícia Civil da Bahia. Um popular chegou a ser detido por atear fogo em pneus. 

Além da barricada montada com as borrachas em chamas, um veículo que pegou fogo e estava próximo, à beira da rodovia, foi usado para impedir o tráfego nos dois sentidos da via.

Outro protesto está marcado para o próximo sábado, 05, as 18:30.

Vídeos:

 

 

 

Fotos:

{gallery}atualizacao-prostesto-piripa-dezembro-2015{/gallery}

Um dos protestos que estava marcado para acontecer em Piripá reivindicando segurança pública no município está acontecendo desde o início da manhã dessa quinta-feira, 03. 

Moradores se reuniram em frente à Igreja Matriz, na Praça da Bandeira de onde seguiram em caminhada para a rodovia BA-263, que liga a cidade ao município de Tremedal.

 

A caminhada passou pela delegacia de polícia, pela Câmara de vereadores e seguiu para a saída da cidade. Com cartazes com frases pedindo socorro e mais atenção pra a questão da segurança, populares começaram a se aglomerar na praça desde as 7 horsa da manhã. Um cartraz trouxe a foto do idoso que teve o seu corpo vítima de uma atentado.

Na rodovia, foram queimados pneus e foi bloqueada a passagem de qualquer veículo exceto viaturas policiais e ambulâncias. Segundo um morador que entrou em contato com a redação do Folha Regional de Condeúba e participa agora do movimento,"parece que nessa cidade não tem lei, ninguém quer olhar para os nossos problemas, parece que estamos abandonados em uma ilha. É preciso mostrar as barbaridades que vem acontecendo aqui, o aumento da criminalidade acontece de forma muito mais acelerada do que em qualquer cidade do país. Já chega, queremos uma solução." desabafou em tom de indignação.

A Polícia Militar esteve no local e registrou o fato. Um caminhão pipa foi usado para apagar o fogo.

Vídeo:

 

Fotos:

{gallery}protesto-seguranca-piripa-215-deze{/gallery}

 

Dois atos em repúdio a falta de segurança pública que enfrenta o município de Piripá devem acontecer ainda nesta semana. Segundo os organizadores, os protestos tem o intuito de chamar a atenção das autoridades para os seguidos crimes que estão acontecendo na cidade e a maioria deles sem identificação ou punição dos criminosos.

O primeiro ato está marcado para acontecer na Quinta-Feira (03/11), com início da concentração às 7 horas da manhã em frente à Igreja Matriz. O segundo, será um desfile de motos que acontecerá no Sábado (05/12), as 18:30; a concentração para saída do desfile será em frente à Prefeitura Municipal.

Carros de som circulando pelas ruas e mensages nas redes sociais convidam a população para participar. 

O Folha Regional de Condeúba estará presente fazendo a cobertura.

Um ato de crueldade praticado contra um idoso em Piripá, noticiado pelo Folha Regional de Condeúba, estampou em manchetes de muitos blogs da região e gerou uma onda de revolta pela internet. O Senhor Valdivino Pereira Rocha, além de ter sua residência invadida, teve o seu corpo queimado pelos meliantes durante a madrugada do dia 21/11.

Um dos envolvidos no crime chegou a ser identificado pela PM da cidade, foi apresentado no Distrito Integrado de Segurança Pública em Vitória da Conquista mas foi liberado.Agora, exatamente nove dias após o fato, Nenga, como é conhecido Gerniane Rocha Mendonça, de 20 anos, resolveu gravar um vídeo para espalhar pela internet confessando que apesar de ter participado do crime, não foi ele quem ateou fogo no idoso. Na gravação, ele dá detalhes de como ocorreu a ação, além de entregar os seus comparsas. 

"Fui julgado em ter 'ponhado' fogo no 'veio', não fui eu. Não vou mentir, eu estava envolvido no meio, mas quem é mesmo que tava no meio é Rogério e Cleomar. Foi Rogério que passou a 'caminhada'. Eu tava no meio, só que eu não entrei dentro da casa, o pessoal confundiu... Quem passou a 'caminhada' foi o sobrinho do cara [do idoso] é Rogério, eu fiquei na moto dele, eu estou envolvido, estou pagando por uma coisa sozinho..." Relatou Gerniane no vídeo.

Mesmo após ter confessado o crime e relatado quem fez parte da ação, ninguém foi preso até o fechamento dessa matéria. O vídeo circula pelos grupos de whatsapp da região e passa a sensação de impunidade e insegurança que vive a região.

ASSISTA:

Uma diligência policial para prender o suspeito de ter ateado fogo no Senhor Valdivino Pereira Rocha, morador da zona rural de Piripá, levou a PM da cidade a encontrar o suspeito, conhecido por Nenga.

A ação policial começou 9 horas da manhã e durou até as 23 horas do mesmo dia. Em conversa com a redação do Folha Regional de Condeúba, os policiais contaram que Gerniane Rocha Mendonça, 20 anos, identificado por Valdivino como autor do crime, foi encontrado no interior da sua residência, chegou a tentar evadir-se do local, mas foi capturado pela equipe da 80ª CIPM.

Após ser capturado, Nenga passou por exames de corpo de delito e foi encaminhado ao DISEP de Vitória da Conquista. Como já havia se passado mais de 24 horas do crime, o suspeito não ficou detido no Distrito Integrado de Segurança Pública, pois já não se configurava o flagrante. O elemento já possui passagens pela Delegacia e é apontado como suposto autor de diversos delitos dessa natureza na região de Piripá. Foi encontrado em posse dele certa quantidade de droga e celulares de procedência duvidosa.

Comovidos com a situação, diversos populares de Piripá estão ajudando seu Valdivino com o tratamento das queimaduras. A família da vítima está revoltada com a impunidade do crime. Leitores do FRC relataram ter visto Nenga circulando pelas ruas da cidade nessa segunda-feira, 23.

Bandidos armados invadiram a casa de um idoso na fazenda Pedra Preta, zona rural de Piripá na madrugada desse sábado, 21, por volta de duas horas. A ação dos meliantes contaram com um requinte de crueldade sem precedentes na cidade.

Após revirar a residência do Senhor Valdivino Pereira do Rocha, o grupo jogou alcool no idoso e ateou fogo. Por sorte, vizinhos acordaram e conseguiram salvar o senhor Valdivino, que em seguida foi encaminhado ao Hospital Municipal da cidade com queimaduras nos membros superiores e na região abdominal.

A polícia militar informou ao Folha Regional de Condeúba que já são conhecidos os suspeitos do crime e segue fazendo buscas no município.

Quem passou essa noite pela Praça da Bandeira, em Piripá, se deparou com uma escuridão que assola o logradouro. Um morador da cidade flagrou a praça às escuras e enviou para a redação do Folha Regional de Condeúba denunciando a situação. 

No momento da foto, acontecia uma edição de um encontro semanal de homens na Igreja Matriz Nossa Senhora de Santana, que tinha iluminação normal. As residências próximas da praça também não sofriam com o black-out, no momento do flagra.

Tentamos entrar em contato com a COELBA, mas o serviço de comunicação social só funciona em horário comercial e os funcionários do atendimento não souberam informar sobre o apagão.

Em nota, um funcionário da prefeitura informou que a situação foi normalizada após a constatação da escuridão, que foi ocasionada por atraso de outro funcionário, responsável por ligar as lâmpadas.

Atualizada 11/11/2015 as 14:24

A pedido da Procuradoria Regional da República da 1ª Região (PRR1), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) condenou e bloqueou os bens do ex-prefeito de Piripá/BA, Luciano Ribeiro Rocha, por improbidade administrativa em razão de irregularidades na compra de uma unidade móvel de saúde, no esquema que ficou conhecido como Operação Sanguessuga.

A ação civil pública foi proposta pelo MPF em Vitória da Conquista (BA) a partir de irregularidades apontadas da Controladoria Geral da União (CGU). No relatório, foi identificado o pagamento no valor de R$130.250,00 feito pela prefeitura de Piripá à empresa Unisaúde Veículos Especiais LTDA, já envolvida em escândalos na compra de ambulâncias, quando o valor constante no edital de licitação era 25% menor, ou seja, R$104.250,00.

De acordo com a CGU, o veículo licitado deveria ser um ônibus equipado com consultórios para atendimento médico ginecológico, odontológico e oftalmológico. O veículo adquirido foi um “microônibus” sem os equipamentos oftalmológicos. Além disso, um cheque no valor de R$20.250,00 destinado ao pagamento do veículo, emitido pela própria prefeitura e endossado pelo ex-gestor, foi posteriormente depositado na sua conta pessoal.

O réu já havia sido condenado pela Justiça Federal Vitória da Conquista/BA e recorreu ao TRF, que manteve a indisponibilidade dos bens, até o limite da condenação imposta. Luciano Rocha também foi condenado ao ressarcimento de R$46.300,00 mais o valor do equipamento oftalmológico não instalado, ao pagamento de multa de dez mil reais, à suspensão dos direitos políticos por cinco anos e à proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de cinco anos.

Operação Sanguessuga – Deflagrada em 2006 pela Polícia Federal, investigou uma organização criminosa especializada no fornecimento fraudulento de unidades móveis de saúde, ambulâncias, odontomóveis, veículos de transporte escolar, unidades itinerantes de inclusão digital e equipamentos médico-hospitalares a prefeituras municipais de todo o país.