Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 06 Dezembro 2019
Parcialmente Nublado

18°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 80%

Vento: 4 km/h

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 302

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

Após o fracasso da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, a agenda de campanha dos candidatos à majoritária e à proporcional tende a se intensificar nos próximos dias. As peças publicitárias, os discursos e as estratégias que estavam sendo trabalhadas para serem impulsionadas, quando houvesse mais interesse do eleitorado agora conquistam maior ritmo e começam a ganhar as ruas da capital e do interior.

 O TCM – Tribunal de Contas dos Municípios entregou ao TRE – Tribunal Regional Eleitoral uma relação contendo nomes  de 219 ex-prefeitos de cidades da Bahia que tiveram as suas contas reprovadas. O Jornal A Tarde entrevistou o advogado Ademir Ismerim um dos mais competentes advogados do Brasil e profundo conhecedor da legislação eleitoral.

A Justiça de São Paulo anulou de forma provisória a convenção do PT que apontou o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, como candidato ao governo de São Paulo nas eleições deste ano. A convenção foi realizada no dia 15 de junho e contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No ato, também foram oficializadas a candidatura de Eduardo Suplicy, na disputa ao Senado, e de deputados estaduais e federais do PT.

Com o fim do prazo para todos os candidatos pedirem os registros à Justiça Eleitoral, a campanha começa neste domingo (6) em todo o país. O primeiro turno das eleições será no dia 5 de outubro, quando 141,8 milhões de eleitores devem comparecer às urnas para eleger deputados estaduais e federais, senadores, governadores e o presidente da República.

 presidente municipal do Democratas e candidato a deputado estadual, Heraldo Rocha, apresentou ao site Política Livre um relatório feito pela equipe de apoio técnico da Liderança da Oposição na Assembleia Legislativa sobre os gastos do governo com publicidade e propaganda, no período de 2007 a 2014.

O senador Aécio Neves, candidato do PSDB a presidente da República neste ano, aumentou seu patrimônio em 303,25% desde 2010, ficando R$ 1.873.938,23 mais rico. Em 2010, quando disputou a vaga no Senado, Aécio declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 617.938,42; este ano, foram R$ 2.491.876,65. Em nota, o PSDB explicou que o patrimônio de Aécio cresceu porque ele recebeu uma herança de seu pai, Aécio Ferreira da Cunha, falecido em outubro de 2010.

O senador Aécio Neves, candidato do PSDB a presidente da República neste ano, aumentou seu patrimônio em 303,25% desde 2010, ficando R$ 1.873.938,23 mais rico. Em 2010, quando disputou a vaga no Senado, Aécio declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 617.938,42; este ano, foram R$ 2.491.876,65. Em nota, o PSDB explicou que o patrimônio de Aécio cresceu porque ele recebeu uma herança de seu pai, Aécio Ferreira da Cunha, falecido em outubro de 2010.

O ex-governador e candidato ao Governo da Bahia, Paulo Souto (DEM), destacou o seu compromisso com a melhoria dos serviços públicos essenciais, no caso de eleito, em seu pronunciamento na Convenção Estadual do PRB, na tarde desta segunda-feira (30), no auditório do Mundo Plaza. “Sabemos das dificuldades que enfrentaremos, mas nos esforçaremos para elevar a qualidade da assistência à saúde, da educação e em oferecer mais segurança aos baianos”.