Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 21 Setembro 2018
32°C

Condeúba

Parcialmente nublado Humidade: 25%
Vento: ENE17.70 km/h
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

Setente e sete cidades do interior da Bahia contarão com a ajuda do governo do Estado para a realização do São João. A medida foi oficializada pelo governador Jaques Wagner (PT), após assinatura de um convênio nesta sexta-feira (24). “Este é um evento tradicional. Tem sido cada vez mais reconhecido no país, desde os sanfoneiros, os artistas, cantadores, todos que fazem parte de nossa cultura. Vamos contribuir com R$ 3,75 milhões para a festa. Ano que vem queremos ampliar este investimento”, afirmou. Segundo o governo, os municípios foram selecionados a partir de critérios como população, tradição da festa, estrutura e capacidade de atração de fluxo turístico. Entre os contemplados estão Amargosa, Abaíra, Mucugê, Rio de Contas, Cardeal da Silva, Jequié e Uibaí. Por conta da seca e do déficit orçamentário, algumas prefeituras cancelaram os festejos juninos deste ano. Entre as cidades que não contarão com eventos promovidos pelos órgãos municipais estão Serra Preta, Itamaraju, Guanambi e São Gonçalo dos Campos. Senhor do Bonfim, que tem um dos mais tradicionais festejos no estado, terá a comemoração reduzida. Durante a assinatura do convênio, o governador reconheceu os efeitos da estiagem e os reflexos nas festas juninas no interior. "Sabemos das dificuldades de algumas cidades que estão sofrendo com a seca, por isso estamos trabalhando para minimizar os problemas, oferecendo o Bolsa Estiagem, Garantia Safra, construção de adutoras, entrega de equipamentos e muitas outras ações”, disse. De acordo com estimativas da Secretaria Estadual do Turismo, cerca de 500 mil pessoas deixam a capital baiana para aproveitar os festejos juninos no interior do estado. Somente o turismo interno injeta R$ 150 milhões na economia da Bahia durante o São João, segundo a pasta.

Fonte: Bahia Noticias

O presidente do PT, Rui Falcão, disse nesta sexta-feira (24) que o legado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do atual governo não é suficiente para reeleger a presidente Dilma Rousseff em 2014 e que será preciso apresentar à sociedade uma proposta que vá além da continuidade do que foi feito em três mandatos petistas. Falcão citou pesquisas que indicam que a maioria da população acredita que o Bolsa-Família será mantido mesmo que outro partido chegue ao poder. “Em parte é positivo, porque a população vê como conquista inamovível no sentido de que nenhum governo teria coragem de abolir”, disse o petista, que completou: “Por outro, significa que apenas o que já fizemos não é suficiente para garantir a reeleição”. Para o presidente do PT, o legado de Lula “foi um dos principais elementos para a eleição da companheira Dilma”. “Mas hoje simplesmente esse legado é insuficiente. Precisamos acenar com o futuro. Que novas propostas nós oferecemos para a sociedade para que ela veja no nosso governo não só manutenção do que foi conquistado, mas novas possibilidades de continuar avançando?”, disse Falcão em seminário sobre a trajetória do PT nas cidades. Informações do Estadão.

Fonte: Bahia Noticias

A Procuradoria Geral Eleitoral apresentou representação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na qual pede que a presidente Dilma Rousseff e o Partido dos Trabalhadores sejam multados por propaganda eleitoral antecipada em razão de programas veiculados pelo PT na televisão nos dias 27 e 30 de abril e no dia 2 de maio.

Pela lei, o valor da multa é de R$ 5 mil a R$ 25 mil ou o equivalente ao custo da propaganda. A representação, assinada pela vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, pede ainda que seja suspenso o direito de propaganda eleitoral ao partido no segundo semestre.Órgão acusa presidente de usar programa para 'promoção pessoal'.

Pedido inclui suspensão de tempo na TV; PT diz que não foi notificado.

O advogado Márcio Silva, que defende o PT, informou que ainda não foi notificado da representação e que só poderá falar sobre o tema após ler o processo. O G1 procurou o Palácio do Planalto, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

No documento que ainda será analisado pelo TSE, a Procuradoria vê "evidente promoção pessoal" de Dilma com a finalidade de "fortalecer a reeleição".

"[É de] conhecimento público que Dilma Rousseff é notória pré-candidata à reeleição e que a mobilização em torno de sua candidatura tem como um dos seus principais incentivadores o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que participa das inserções."

Sandra Cureau entendeu que "algumas passagens da transmissão do programa constituem verdadeiro discurso de campanha, divulgando ações da administração como presidente da República".

A vice-procuradora também diz que a "promoção do nome e da imagem da pré-candidata Dilma Rouseff" demonstra "antecipação extemporânea da campanha eleitoral”. Ela aponta que Dilma tinha conhecimento da situação em razão de sua participação no programa.

Para Sandra Cureau, a propaganda partidária deve servir para divulgar as posições dos partidos em relação a temas comunitários e não para promoção pessoal de filiados.

Pela legislação eleitoral, a propaganda eleitoral na televisão só será permitida a partir do dia 5 de julho do ano que vem.

O vice-governador, que também é Secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, esteve na cidade de Itapetinga durante a 43ª Exposição Agropecuária acompanhado de diversas autoridades, dentre elas destacamos  o presidente do Sindicato Rural de Itapetinga, Sr. Adriano  Alcântara, Deputados, prefeitos e prefeitas da região, Vereadores, Secretários municipais e a presença do ilustre amigo e empresário, Adriano Bilac. Na oportunidade, o vice governador, Otto Alencar,  declarou total apoio ao empresário Adriano Bilac, nas próximas eleições para prefeito. Reconhecendo o potencial que o empresário tem na região de Piripá, o vice governador não mediu esforços para apoiar o então futuro candidato e nome fortíssimo daquele município.


Para, Adriano Bilac, ” São inúmeras as razões para que isto aconteça. Antes de tudo, pelo sucesso da gestão atual, com Jacques Wagner e Otto Alencar formando uma dupla de governantes que vem transformando o perfil econômico e social do Estado da Bahia. Algo somente possível em virtude de uma simbiose política baseada na confiança mútua e na profunda experiência desses dois quadros políticos.” Conclui o empresário de sucesso, Adriano Bilac.


Paulo Magalhães, em seu quarto mandato, também esteve na comitiva do vice governador em Itapetinga e se diz muito satisfeito com o nome do empresário e amigo, Adriano Bilac nas próximas eleições. Quando começou a sua entrevista para o g4tv, o deputado federal  Paulo Magalhães, cumprimentou o empresário Adriano Bilac, a quem fez questão de chamar de amigo e com absoluta certeza estaremos apoiando.

O vice-governador Otto Alencar é nome visto como certo na chapa majoritária governista em 2014. O que não está definido é se será candidato ao Senado ou à sucessão do governador Jaques Wagner.

Pelos discursos, durante passagem de Otto pelo município de Itapetinga, na 43ª Exposição Agropecuária, o destino do vice-governador está “definido”: a disputa por uma vaga no Senado Federal.

Fonte: G4TV

 

Na próxima sexta-feira (24) o atual vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, Geddel Vieira Lima, deverá ser escolhido como novo presidente do PMDB na Bahia.

Lideranças do partido estarão reunidos para a convenção estadual da agremiação, no Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador, a partir das 9h.

“Está caminhando para o nome ser o de Geddel”, revelou o atual presidente da legenda no estado, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Fonte: Blog da Resenha Geral

Uma aeronave que tinha como passageiro o pré-candidato ao governo do Estado nas eleições de 2014, Luiz Caetano (PT), desrespeitou a interdição estabelecida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e aterrissou no Aeroporto Vicente Grillo, em Jequié, neste sábado (18).

Segundo informações do site local Jequié Repórter, o veículo, pertencente a uma empresa de taxi aéreo com sede em Salvador, levava o petista a um encontro regional da legenda realizado na cidade.

Após descer do avião, Caetano, que também é ex-prefeito de Camaçari e ex-presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), teria embarcado em um carro que o esperava e ido ao encontro do secretário estadual de Planejamento, Sérgio Gabrielli, e do senador Walter Pinheiro.

Fonte: Bahia Noticias

Neste sábado (18) o PSDB realizou a sua convenção nacional, reunindo milhares de militantes ‘tucanos’ em Brasília.

Como já era de esperar, o senador Aécio Neves (MG) foi eleito com 97,3% e assume a presidência nacional do partido, ganhando musculatura e visando a sua pré-candidatura a presidente da República.

Aécio obteve 521 dos 535 votos dos delegados eleitos para escolher o sucessor do deputado federal Sérgio Guerra (PE) no comando do partido. O presidente do PSDB tem como função liderar as ações da sigla em época de eleição, administrar divergências internas e articular alianças nacionais e regionais.
Foto: George Gianni

Fonte: Blog Resenha Geral

A origem do boato ocorrido neste sábado (18) de que o programa do governo Federal Bolsa Família seria extinto será investigada pela PF (Polícia Federal). A falsa informação causou correria, confusão e tumulto em Estados do Nordeste no fim da tarde de ontem e levou beneficiários a tentar sacar o dinheiro em casas lotéricas e terminais de autoatendimento da CEF (Caixa Econômica Federal). A investigação policial foi determinada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Para tranquilizar os beneficiários, o MDS (Ministério do Desenvolvimento Social) e a CEF divulgaram notas negando a informação e reforçando que o programa continua ativo, sem qualquer alteração. "Não há qualquer veracidade nos boatos relativos à suspensão ou interrupção dos pagamentos do Programa Bolsa Família", disse em nota o MDS. A CEF também reforçou a que a informação se tratava de boato e destacou que "o pagamento do Bolsa Família ocorre normalmente de acordo com calendário estipulado pelo governo Federal."

A quantidade de pessoas tentando sacar o benefício causou tumultos em shoppings que têm agências da CEF e lotéricas. Ao menos nove terminais de autoatendimento foram depredados no Maranhão por conta do boato, que começou no boca a boca e caiu na internet. Também há relatos de tumultos nos Estados da Bahia, Alagoas, Piauí e Paraíba.

De acordo com o governo Federal, foram registradas ocorrências no Amazonas e Rio de Janeiro.
Maranhão

Beneficiários que tentaram sacar dinheiro em agências da CEF no Maranhão e não conseguiram porque os terminais de autoatendimento estavam sem dinheiro ficaram revoltados e depredaram nove terminais, de acordo com a superintendência da Caixa no Estado.

Segundo o superintendente da CEF no Estado, Hélio Duranti, foram registradas ocorrências de depredações em São Luís, nas agências localizadas na Cohab, na avenida Gonçalves Dias, na praça Deodoro e nos bairros São Francisco e Renascença, além de agências do banco em Santa Rita (80km de São Luís) e Barreirinhas (323km de São Luís).

Os boatos no Estado começaram após a ocorrência de um atraso no cronograma do pagamento do Bolsa Família deste mês de maio, de acordo com a CEF. O banco afirma que há dinheiro para os saques, mas que devido à alta demanda os terminais de autoatendimento ficaram sem dinheiro.
Alagoas

A promotora do MP (Ministério Público Estadual) de Alagoas, Marluce Falcão, estava no shopping Pátio Maceió e quando viu o tumulto na casa lotérica ficou assustada. Falcão é responsável pela fiscalização do Bolsa Família no MP e tentou explicar à multidão que a informação era inverídica.

"A história não procede. Conversei com algumas pessoas, mas é muita gente e não tem como controlar esse tumulto. Pedi à administração do shopping que reforçasse a segurança e acionasse a polícia porque ninguém consegue entrar ou sair daqui e a cada minuto chega mais gente", disse ela, temendo que se "todos os beneficiários de Maceió forem às agências bancárias e lotéricas será uma confusão descontrolada".

A empregada doméstica Jane Cabral, 39, foi uma das beneficiárias do Bolsa Família de Alagoas que acreditou no boato depois que uma vizinha passou pela casa dela, no fim da tarde, e avisou que estava indo sacar o dinheiro e que ela também teria de ir.

"Larguei o que estava fazendo e sai correndo para uma lotérica no supermercado aqui perto de casa, mas não consegui tirar o dinheiro. Tinha muita gente e o pessoal da lotérica avisou que tinha acabado o dinheiro em caixa. A confusão piorou porque ninguém acreditou e chamaram os seguranças do supermercado", contou.

Cabral disse que depois que viu que não ia conseguir sacar o dinheiro na lotérica que estava no bairro do Barro Duro chamou o marido e foi com ele a lotérica do bairro da Gruta de Lourdes, mas também a tentativa foi em vão.

"Estou sem acreditar que isso é boato porque todo mundo veio", disse ela.

A correria da dona de casa Anilsa Marques, 37, que mora na grota do Ouro Preto e estava com os dois filhos, de 8 e 9 anos, foi tão grande que durante o tumulto na lotérica do bairro da Gruta de Lourdes ela perdeu uma das sandálias. "O empurra-empurra está demais. Sai porque estou com meus filhos e não vou morrer imprensada", disse ela, descalça e dizendo que não estava ainda acreditando que não era boato.
Piauí

Em Picos (a 308Km de Teresina), as filas nas lotéricas e na agência da CEF também causaram um "tumulto gigantesco", conta o jornalista Edmar Ferreira. Durante a tarde as lotéricas ficaram lotadas e a agência ainda tinha fila de beneficiários à noite tentando sacar o dinheiro do programa, relata.

O boato que chegou a Picos foi que a "presidente Dilma disse na televisão que o benefício de todos sairá neste dia 18 de maio", diz o jornalista.
Paraíba

Segundo o Portal Correio, em uma agência na avenida Cruz das Armas, houve tumulto, e a Polícia Militar precisou ser acionada para conter a população.
Prefeituras também esclarecem boato

As prefeituras de Conceição do Coité (a 235Km de Salvador) e de Maceió (AL) afirmaram que a informação era um boato e destacaram que "o Programa Bolsa Família continua ativo e os benefícios continuam sendo pagos normalmente".

A secretária de Ação Social de Conceição do Coité, Evania Carneiro, orientou que as famílias devem continuar recebendo nos dias programados de acordo com o final do cartão. "Os benefícios que não forem sacados nas datas indicadas em seus finais podem ser sacados normalmente até o fim da folha de pagamento", informou.

Fonte: UOL.