Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 03 Junho 2020
Parcialmente Nublado

20°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 90%

Vento: 8 km/h

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

Sexta, 15 Abril 2016

Na principal Praça de Piripá, em frente a Igreja Matriz, uma fonte luminosa com água parada, contribui para proliferação do mosquito da dengue, que também é causador de outras doenças que pode levar à morte.

O Aedes Aegypti é o mosquito causador das doenças chicungunha, zika (que causa a microcefalia) além da já conhecida dengue.

Na cidade são feitas campanhas como palestras e passeatas para alertar a população sobre o risco que o mosquito trás ao ser humano, mas a principal fonte de contaminação está situada na praça principal da cidade, em uma local de responsabilidade do ente público.

Moradores do local registraram suas reclamações à redação do FRC e solicitou um alerta para chamar a atenção das autoridades da cidade. Segundo os moradores, os gestores tratam com descaso essa e outras situações, que já foram registradas nos órgãos competentes.

Publicado em Piripá

O fechamento da cesta do povo pegou muita gente de surpresa em Condeúba e a notícia foi recebida com lamentações por parte da população. O ex-prefeito da cidade, Sr. Antônio Farias Terêncio Filho (Toinho Terêncio) registrou sua profunda indignação com o fechamento da empresa que foi uma conquista do seu governo na década de 1990.

Em um breve relato à redação do FRC, Toinho relata a história da Cesta do Povo na cidade.

Logo que iniciou o nosso mandato em janeiro de 1993, passei a buscar incessantemente, junto ao então governador ACM, a instalação da loja CESTA DO POVO em nossa cidade, com a meta de regular os preços dos produtos ao consumidor, que, como todos sabem, antes do plano real, que começou a vigorar a partir do ano de 1994, os preços dos produtos eram praticados de forma exorbitantes, e a Cesta do Povo chegaria para regular estes valores, dando maiores oportunidades as pessoas, principalmente, as de menor poder aquisitivo, e finalmente, após enfrentar um laudo técnico dos encarregados da EBAL que deram parecer contrário a instalação da cesta em Condeúba, bem como enfrentar a resistência dos meus amigos comerciantes de Condeúba, que insistiam para que eu não trouxesse a Cesta do Povo. Fiz pela população e este grande beneficio chegou em nossa terra, regulando os preços, trouxe junto doze empregos diretos e muitas outras vantagens... Hoje, com a grave crise que assola o país, os governantes retiram logo os serviços prestados diretamente ao povo, fechando lojas da Cesta do Povo, deixando Condeúba e seu povo sem este valioso instrumento regulador de preço no varejo, justamente quando estamos assistindo a ascensão da famigerada inflação...

Na última quarta-feira (13/04), um caminhão estacionado em frente ao local onde funcionada a Cesta do Povo, tirada os móveis restantes das instalações da loja.

Publicado em Condeúba
X

Proteção de Conteúdo

Conteúdo protegido por direitos autorais. Para obter autorização de reprodução, envie um e-mail para [email protected]