Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Segunda, 22 Abril 2019
Muito Nublado

20°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 95%

Vento: 6 km/h

Itens filtrados por data: Quinta, 14 Março 2019

O presidente do Brasil Jair Bolsonaro anunciou a pretensão de anular as placas de veículos Mercosul. O anúncio foi feito durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira (14), ao lado dos ministros de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

“Vamos ver se a gente consegue anular a placa do Mercosul. É um constrangimento, uma despesa a mais”, disse Bolsonaro, que ainda citou o trabalho do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

A implementação das placas do Mercosul foi anunciada desde 2014 e deveria ter sido iniciada em janeiro de 2016. No entanto, disputas judiciais acabaram adiando. Em dezembro de 2018 houve uma nova mudança, que permitiu que os departamentos de trânsito das unidades federativas implantassem o modelo até o prazo de 30 de junho de 2019.

A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento ou, no caso de quem tiver a placa antiga, quando houver troca de município ou de propriedade. O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) também decidiu que não há mais necessidade de as novas placas apresentarem os brasões do estado e do município de emplacamento.

FONTE: Bahia Notícias

Publicado em Brasil

Os alvos dos ataques foram as mesquitas de Masjid Al Noor, ao lado do Parque Hagley, e de Linwood, que estava lotada com mais de 300 pessoas, reunidas para as tradicionais orações do meio-dia de sexta-feira.

Três pessoas estão presas em conexão com os ataques. Uma quarta chegou a ser detida, mas foi liberada por não ter ligação com o caso, segundo a polícia. As autoridades informaram que não está descartada a hipótese de que outros criminosos estejam envolvidos e foragidos. Nenhum dos suspeitos sob custódia estava em listas de observação da polícia.

Dos 49 mortos, 48 morreram no local e apenas um chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu. Entre os feridos, há crianças e adultos. O governo informou que 12 dos feridos estão em estado grave e precisaram passar por cirurgias. O governo da Malásia afirmou que dois dos feridos são malaios.

FONTE: G1

Publicado em Mundo

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), cobrou ontem (12/03), em discurso, na Assembleia Legislativa da Bahia, uma resposta do Governo do estado, referente a implantação do Hospital Materno-Infantil, em Ilhéus. A gestão estadual anunciou a obra, ano passado, após encerrar as atividades do Hospital Regional Luiz Viana Filho, mais conhecido como Hospital Regional de Ilhéus. O deputado lembrou que o Regional foi fechado com a promessa de ser reformado e requalificado para atuar como Hospital Materno-Infantil pelo SUS, mas a obra ainda não saiu do papel. “Ilhéus merecia ter não só o Hospital da Costa do Cacau, mas também o Hospital Regional. Já que isso não foi possível e que foi prometida a reforma para implementação do Hospital Materno-Infantil fica aqui a minha cobrança ao Governo do Estado para que seja informado a população, quando essa obra será entregue. O que eu quero é que a população não sofra por falta de assistência médica e por falta de saúde”, enfatizou. O Hospital Regional de Ilhéus contava com 106 leitos e atendia cerca de 200 pessoas por dia, no serviço de urgência e emergência, ambulatório e ala pediátrica. Diante da repercussão sobre o fechamento, a Sesab, em março do ano passado informou que a reforma para implantação da maternidade seria entregue dentro de alguns meses, o que não ocorreu.

FONTE: Política Livre

Publicado em Bahia