Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Domingo, 12 Julho 2020
Muito Nublado

19°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 70%

Vento: 10 km/h

Domingo, 14 Junho 2020

Em um texto publicado nas mídias sociais, a mãe da paciente que foi testada positivo para Covid-19 em Cordeiros, exige um laudo de confirmação do vírus.

Num primeiro momento, a criança foi atendida, conforme os protocolos orientados pelas autoridades sanitárias, que por estar sob suspeita, foi realizado o teste rápido e resultou positivo. A mãe foi informada somente de forma verbal que a criança havia contraído o vírus, não teve acesso as informações e busca este resultado e/ou um relatório junto à secretaria de saúde, vigilância sanitária, hospital municipal e prefeitura e afirma que nada foi entregue até o momento.

Em uma Live transmitida na página oficial da Prefeitura Municipal de Cordeiros, no Facebook,  a secretária de saúde Francisleine Rodrigues contou que a paciente veio da cidade de São Paulo onde teve contato com pessoas que testaram positivo e que desde a sua chegada, tanto ela quanto a família foram monitoradas pela equipe epidemiológica. A secretária disse ainda que no sábado (06/06), a paciente foi levada para o Hospital Municipal com sintomas leves onde foi feito o teste rápido com o resultado positivo para Corona Vírus. A família e todos os passageiros do transporte que veio de São Paulo junto com a paciente, também foram testadas e todos deram negativo.

Ainda em Live, Sandy Luz, coordenadora da VIEP (Departamento de Vigilância Epidemiológica), esclarece que sete dias após a manifestação dos sintomas as chances do teste positivo ser falso é extremamente pequena, com segurança de 99,57% e que é recomendado fazer o teste até o décimo segundo dia após o contato com o vírus. Afirma ainda, que de acordo com uma nota técnica da COE (Centro de Operações de Emergência) não é necessário fazer a contraprova em casos mais simples, como no caso confirmado na cidade.

Procurados pela nossa equipe, até a postagem desta matéria, nem a Prefeitura Municipal, nem a Secretaria de Saúde de Cordeiros comentaram sobre o caso.

Publicado em Saúde Pública
X

Proteção de Conteúdo

Conteúdo protegido por direitos autorais. Para obter autorização de reprodução, envie um e-mail para [email protected]