Imprimir esta página

Pedro Tavares pede a implantação de Corpo de Bombeiros em Cruz das Almas

Publicado por     |   11 Dez 2019
  |  
Pedro Tavares pede a implantação de Corpo de Bombeiros em Cruz das Almas
Foto: Divulgação

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), protocolou na Assembleia Legislativa, uma indicação ao Governo do estado com o pedido de implantação de um Grupamento do Corpo de Bombeiro Militar da Bahia, no município de Cruz das Almas. Apesar de ser considerado como um importante centro sub-regional, sendo a segunda cidade mais importante do Recôncavo Sul, a região ainda não possui uma Unidade de Corpo de Bombeiros.

O parlamentar justifica a ocorrência de incêndios na região e a ausência de assistência, o que tem preocupado bastante a população local. “Já foram realizadas audiências públicas com o objetivo de demonstrar a necessidade de instalação de uma unidade do Corpo de Bombeiros na região. É algo necessário não apenas para reprimir e combater as ocorrências, mas para prevenir os acidentes. Dessa forma, espera-se que o governador compartilhe da situação extremamente preocupante da segurança na região e instale um Grupamento no município”, afirmou.

Tavares lembra que o Corpo de Bombeiros não atende apenas aos chamados que envolvem incêndios e queimadas, mas também resgates de vítimas em acidentes, enchentes, explosões e muitas outras situações de perigo.

Na indicação, o deputado também destaca as características geográficas da cidade, localizada a 150 Km da capital baiana. “O município se estende por 145,8 km², a densidade demográfica é de 402,1 habitantes por km² no seu território. Sua população estimada é de 63.239 habitantes, segundo dados atualizados do IBGE 2019”.

FONTE: MídiaBahia

Gabrielle S Valentin

Bacharelanda em Direito pela Faculdade Estácio de Sá, Consultora da UNESCO (braço da ONU voltado para a educação) e empreendedora. Gosta de escrever e desenvolver atividades ligadas ao jornalismo.

X

Proteção de Conteúdo

Conteúdo protegido por direitos autorais. Para obter autorização de reprodução, envie um e-mail para [email protected]