Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 10 Abril 2020
Muito Nublado

22°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 88%

Vento: 6 km/h



Pedro Tavares comemora aprovação de projeto de lei que visa a criação da “Campanha Estudante Consciente” nas escolas da rede estadual

Publicado por     |   29 Jan 2020
  |  
Pedro Tavares comemora aprovação de projeto de lei que visa a criação da “Campanha Estudante Consciente” nas escolas da rede estadual
Foto: Reprodução

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), comemorou a aprovação do projeto de lei de sua autoria, que visa a implementação da “Campanha Estudante Consciente” nas escolas da rede estadual de ensino. O objetivo é o desenvolvimento de projetos que possam chamar a atenção dos alunos para temas que afetam o ambiente e as relações escolares, a exemplo das drogas ilícitas e lícitas, pedofilia, bullying, racismo, atos de vandalismo, rolezinhos e a necessidade de inclusão de alunos com deficiência, entre outros.

A campanha vai acontecer por diversos meios, de maneira que o aluno participe ativamente do processo, como, semanas culturais, exibição de cartazes, de filmes exemplificativos, peças teatrais, palestras, debates, concurso de redação, além de outras iniciativas.

“Fico feliz com a aprovação desse projeto que visa tornar a escola um ambiente sadio, acessível e inclusivo. É mais um compromisso do nosso mandato com a juventude e a educação”, ressaltou.

Tavares justificou a necessidade de os jovens estarem cada vez mais informados e conscientes sobre os mais diversos temas que envolvem a sociedade. “É preciso levar em consideração as inúmeras transformações sociais e, infelizmente, os casos recorrentes de violência e intolerância no âmbito escolar que vemos nos noticiários. As campanhas de conscientização possibilitarão que os conceitos de cidadania sejam disseminados e aplicados no cotidiano pelos alunos, melhorando as relações dos estudantes”, afirmou.

Segundo o parlamentar, apesar de muitas unidades estarem atentas aos problemas em suas regiões, propondo ações, é essencial que essa visão seja propagada em toda Rede Estadual de Ensino.

“É na escola que coisas da maior importância em nossas vidas acontecem. Inevitavelmente, ela deixa de ser apenas um campo de troca de conhecimentos para ser também um local de trocas afetivas. Diante disso, todos devem ser acolhidos e se sentirem confortáveis e aceitos”, enfatizou.

Gabrielle S Valentin

Bacharelanda em Direito pela Faculdade Estácio de Sá, Consultora da UNESCO (braço da ONU voltado para a educação) e empreendedora. Gosta de escrever e desenvolver atividades ligadas ao jornalismo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

X

Proteção de Conteúdo

Conteúdo protegido por direitos autorais. Para obter autorização de reprodução, envie um e-mail para [email protected]