Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Terça, 14 Julho 2020
Parcialmente Nublado

27°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 37%

Vento: 4 km/h

O governador Rui Costa atualizou na tarde desta quinta-feira (2) que a Bahia tem 267 casos confirmados do novo coronavírus. Em relação ao boletim divulgado pela Secretaria de Saúde da Bahia na última quarta-feira (1º), o aumento foi de 21 infectados.

"São 267 casos. Ontem eram 246. Dentro da margem de segurança, é um aumento de 8%. É positivo. No meio dessa crise, não deixa de ser um dado positivo porque estamos em um ritmo baixo de crescimento", declarou Rui.

Segundo Rui Costa, Belmonte e Irecê entraram na lista de municípios com casos. "Vamos estender as medidas mais restritivas de convívio social", indicou o governador.

Entre os casos, 43 pessoas estão curadas e 33 estão internadas.

A Sesab ainda deve fechar a quinta-feira com um novo balanço no final da tarde. Até o momento, três óbitos por causa da doença foram confirmados.

FONTE: Bahia Notícias

Após ter liberado, nesta terça-feira (31), o Boletim Epidemiológico diário, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu, no início desta noite, novas informações do Laboratório Central (Lacen). Vitória da Conquista atesta seu primeiro caso para a Covid-19.

Trata-se de um homem, de 27 anos, que estava sob monitoramento.

O boletim com os novos dados vai ser liberado em instantes pela Secretaria de Saúde do Município.

FONTE: PMVC

O Ministério da Saúde divulgou neste domingo (29) um novo balanço dos casos da Covid-19 no Brasil. São 136 mortes, 4.256 casos confirmados e 3,2% de taxa de letalidade. Os dados nacionais já contabilizaram a primeira morte na Bahia.

O Nordeste continua sendo a segunda região com o maior número de casos, com 720. A Bahia é o segundo estado da região com mais casos, com 154 casos confirmados pela pasta federal.

Os novos dados acrescentaram 22 mortes ao total. No balanço anterior, do último sábado (28), o Brasil tinha 114 mortes. Foi o mesmo acréscimo de sábado, em que tinham aumentado 22 mortes em relação à sexta.

O número de casos confirmados aumentou em 352 no balanço deste domingo. Até o sábado, eram 3.094 confirmados. A taxa de letalidade também subiu, saltou de 2,8% até o sábado (28) para 3,2% neste domingo.

FONTE: Bahia Notícias

Um estudo feito pelo Imperial College de Londres diz que o Brasil em caso de nenhuma estratégia de isolamento e de enfrentamento da pandemia fosse feita, poderia ter mais de 1,15 milhão de mortes devido à Covid-19.O estudo analisa impacto em 202 países, eles concluíram que, se os governos adotarem medidas rigorosas cedo, como testes de diagnóstico, isolamento de doentes e distanciamento social para frear a disseminação do vírus, 38,6 milhões vidas podem ser salvas. Isso representa uma redução de mortalidade de cerca de 95%.

Com estratégias de supressão rígidas para toda a população, que são aquelas que buscam bloquear a circulação do vírus, o estudo diz que o número de mores pode ser reduzido para 44,2 mil, segundo o G1.

Vinte e um dias depois do primeiro caso confirmado da Covid-19 na Bahia, o terceiro maior município do estado segue sem nenhuma confirmação de contaminação pela doença. O Bahia Notícias conversou com Edvaldo Ferreira Jr., chefe do Gabinete Civil e integrante do Comitê de Gestão de Crise da prefeitura de Vitória da Conquista, para investigar os motivos do sucesso conquistense no combate ao novo coronavírus.

Edvaldo revelou que, logo após a confirmação do primeiro caso baiano, no dia 6 de março em Feira de Santana, a prefeitura de Conquista começou a se mobilizar para estudar e orientar seus profissionais acerca da chegada do novo coronavírus. Naquele momento, o município tinha quatro suspeitos de contaminação pela Covid-19, mas todos foram descartados após exames.

O primeiro mês da circulação do coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil deixou 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Os dados são do balanço do Ministério da Saúde, que compilam os dados repassados pelas secretarias estaduais até as 17h30 desta quinta-feira (26)

Cardíacos, homens e pessoas acima de 60 anos estão entre os grupos que tiveram mais casos graves e mortes neste mês. O balanço aponta ainda que, nesta tarde, o país tinha 194 pacientes internados em UTIs e outros 205 em enfermarias.

FONTE: G1

 

Com mais de 82 mil casos, os Estados Unidos se tornaram nesta quinta-feira (26) o país com mais casos confirmados de Covid-19 no mundo, superando a Itália e a China, de acordo com um levantamento da universidade norte-americana Johns Hopkins.

Segundo a John Hopkins, os três países atingiram os seguintes números de casos nesta quinta:

·EUA - 82.404
·China - 81.782
·Itália - 80.589

O presidente Donald Trump disse que o aumento dos casos confirmados no país se deveu à aplicação de testes em massa para os pacientes norte-americanos. Em entrevista coletiva, o mandatário disse não ser possível saber o número real de casos da doença no mundo.

X

Proteção de Conteúdo

Conteúdo protegido por direitos autorais. Para obter autorização de reprodução, envie um e-mail para [email protected]