Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 03 Junho 2020
Parcialmente Nublado

21°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 87%

Vento: 8 km/h

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42

Domingo, 17 Abril 2016

A maioria dos deputados federais da Bahia votou contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Dos 37 deputados que representam o estado na Câmara, 22 votaram contra, 15 a favor e dois se abstiveram.

Com esses números, a Bahia foi o estado com mais deputados contra o impeachment. Confira como foi o voto de cada um:

Votos contra: Afonso Florence (PT); Alice Portugal (PCdoB); Antonio Britto (PSD); Bebeto (PSB); Luís Caetano (PT); Daniel Almeida (PCdoB); DeivIson Magalhães (PCdoB); Félix Mendonça Jr (PDT); Fernando Torres (PSD); João Carlos Bacellar (PR); Jorge Solla (PT); José Carlos Araújo (PR); José Nunes (PSD); José Rocha (PR); Moema Gramacho (PT); Paulo Magalhães (PSD); Roberto Britto (PP); Ronaldo Carletto (PP); Sérgio Britto (PSD); Valmir Assunção (PT); Waldenor Pereira (PT).

Votos a favor: Antonio Imbassay (PSDB); Arthur Maia (PPS); Joao Barcelar (PTN); Benito Gama (PTB); Cláudio Cajado (DEM); Elmar Nascimento (DEM); Erivelton Santana (DEM); Irmão Lázaro (PSC); João Gualberto (PSDB); José Carlos Aleluia (DEM); Jutahy Jr. (PSDB); Lucio Vieira Lima (PMDB); Márcio Marinho (PRB); Paulo Azi (DEM); Tia Eron (PRB); Oudorico Jr (PV).

Abstenções: Cacá Leão (PP); Mário Negromonte Jr. (PP).

Fonte: Blog da Resenha Geral

Publicado em Bahia

BN

Começa nesta segunda-feira (18), de forma antecipada em todo estado, a vacinação contra a gripe H1N1. A imunização, disponível em todos os postos da capital e interior, é voltada para os grupos de risco: crianças entre seis meses e cinco anos, idosos, gestantes, portadores de doenças crônicas (como os cardiopatas, hipertensos e asmáticos), além de portadores de Síndrome de Down, transplantados, trabalhadores da área de saúde, populações indígenas e carcerária.

O calendário de vacinação vai até dia 20 de maio e a previsão é que 615 mil pessoas sejam vacinadas na capital baiana. "Para alcançar nossa meta, disponibilizamos 936 salas de vacinação para a população, além de estratégias especiais que serão montadas em hospitais, shoppings, asilos e até mesmo em domicílios", afirmou a chefe do setor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Doiane Lemos. Ela disse ainda que a população deve procurar se vacinar em locais próximos a suas residências.

Para o coordenador estadual de imunização, Ramon Saavedra afirmou que a meta deve ser atingida antes da finalização da campanha, mas que a antecipação permite que todos os grupos se vacinam, sem haver atropelos. Para quem não está no grupo de risco, a vacina também está disponível na rede privada. Este ano, a população estimada para vacinar é de 3.269.328 pessoas de todos os grupos prioritários na Bahia.

Vinte e cinco mil trabalhadores do SUS e voluntários trabalham na campanha, que contará com 4.500 veículos e 3.600 serviços de saúde e postos de vacinação. A diretora do hospital Couto Maia, a infectologista Ceuci Nunes ressaltou que a vacina é composta por vírus mortos e pode ser aplicada em qualquer pessoa acima dos seis meses, no caso da trivalente, e três anos para a tetravalente.

Publicado em Bahia

Direto do G1

O prefeito de Montes Claros Ruy Adriano Borges Muniz foi preso preventivamente pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (18), em Brasília (DF). Ele deve chegar à cidade ainda nesta segunda. A Justiça também expediu mandado de prisão contra a atual secretária de saúde do município, Ana Paula Nascimento. A operação "Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde" deve cumprir quatro mandados de busca e apreensão na prefeitura, secretária de saúde e na casa dos envolvidos.

Segundo as investigações, os acusados usaram de meios fraudulentos para tentar inviabilizar o funcionamento do Hospital Universitário Clemente Faria, Santa Casa, Aroldo Tourinho e Dilson Goldinho, em Montes Claros. Eles pretendiam favorecer ao Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira, que segundo a PF, pertence ao prefeito, seus familiares e respectivo grupo econômico.

O prefeito e a secretária de saúde devem responder pelos crimes de falsidade ideológica majorada, dispensa indevida de licitação pública, estelionato majorado, prevaricação e peculato.

Publicado em Saúde Pública
X

Proteção de Conteúdo

Conteúdo protegido por direitos autorais. Para obter autorização de reprodução, envie um e-mail para [email protected]