Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sábado, 30 Maio 2020
Parcialmente Nublado

14°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 95%

Vento: 7 km/h

Quarta, 19 Abril 2017

BN
Pesquisa inédita do Ibope mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a ser o presidenciável com maior potencial de voto entre nove nomes testados pelo instituto.

Pela primeira vez desde 2015, os eleitores que dizem que votariam nele com certeza (30%) ou que poderiam votar (17%) se equivalem aos que não votariam de jeito nenhum (51%), considerada a margem de erro. Desde o impeachment de Dilma Rousseff, há um ano, a rejeição a Lula caiu 14 pontos.

A pesquisa foi feita antes de vir a público a lista do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, com as delações de executivos da Odebrecht que acusaram o ex-presidente de corrupção, junto com dezenas de outros políticos.

Se a divulgação das denúncias prejudicou a imagem de Lula (e de outros denunciados), não houve tempo de isso ser captado pelo Ibope, informa o Estadão.

Os três principais nomes do PSDB, por sua vez, viram seu potencial de voto diminuir ao longo do último ano e meio. Desde outubro de 2015, a soma dos que votariam com certeza ou poderiam votar em Aécio Neves despencou de 41% para 22%.

O potencial de José Serra caiu de 32% para 25%, e o de Geraldo Alckmin foi de 29% para 22%. Os três tucanos aparecem na pesquisa com taxas de rejeição superiores à de Lula: 62%, 58% e 54%, respectivamente.

O Ibope testou pela primeira vez o potencial do prefeito de São Paulo, João Doria, em uma eleição para presidente. Embora seja muito menos conhecido do que seus colegas de PSDB (44% de desconhecimento, contra 24% de Alckmin e 16% de Serra e Aécio), Doria tem 16% de eleitores potenciais (6% votariam com certeza). Mas sua vantagem é ter uma rejeição muito menor que a dos concorrentes dentro do partido: 36%.

Aécio sofre desgaste até nos segmentos em que foi vitorioso. Desde outubro de 2015, seu potencial de voto no eleitorado de renda mais alta (acima de cinco salários mínimos) caiu de 44% para 26%. Na região Sudeste, um de seus redutos, a taxa caiu de 42% para 23%.

Assim como os nomes tradicionais do PSDB, a presidenciável Marina Silva sofreu redução de potencial de voto e aumento da rejeição. Agora, um terço dos eleitores a indicam como possível opção – eram 39% em 2015 e há um ano.

Publicado em Política

BRG 
Com o objetivo de apreender drogas e armas de fogo e prender traficantes e outros criminosos em Vitória da Conquista, a Polícia Civil deflagrou a Operação Tiradentes. Durante a operação, foram presas dez pessoas, que integram uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas, roubo e a prática de homicídios na cidade.

Na manhã desta quarta (19), os policiais  efetuaram o cumprimento de mandados de prisão e buscas representados pela Delegacia de Tráfico e Entorpecentes (DTE) e expedidos pela justiça. As buscas realizadas pelos investigadores ocorreram  em algumas celas do Conjunto Penal e em diversos bairros de Vitória da Conquista.

Durante a operação, segundo a polícia, foram apreendidas duas armas de fogo, várias munições de diversos calibres, uma grande quantidade de drogas, distribuída em dezenas de tabletes de maconha e cocaína, sacos com cocaína pura em pó, embalagens e insumos para o tráfico,  balanças de precisão e dinheiro do tráfico, além de celulares e um veículo usado no tráfico.

Ainda conforme a polícia, a operação resultou na prisão de Moabe Souza Guerra, Keila de Brito Oliveira, Emilene Ferreira dos Santos, Andreza de Jesus Santos ( prisão em flagrante), Arisvaldo da Silva Santos,  vulgo Val Cara de Lata , Josafá Santos Paes, vulgo Bodinho,  Antonilton de Jesus Martinez,  vulgo Nenzão, Matteus Souza Coelho , vulgo Dedê, Edivan de Jesus Silva,  e Paulo José dos Santos Pereira , vulgo TG (mandados de prisão) .

Os presos por mandado de prisão foram indiciados no inquérito  policial  instaurado na DTE como incursos nos crimes de associação criminosa armada, associação para o tráfico e tráfico de drogas, e os presos em flagrante foram indiciados pelos mesmos crimes , além da posse ilegal de armas de fogo e munições de uso restrito.

Publicado em Bahia

A notícia de que a centenária Comarca de Condeúba faz parte de uma lista do Tribunal de Justiça da Bahia que elencou pelo menos 68 comarcas para encerramento pegou muita gente de surpresa e já despertou uma movimentação contrária através de ações de autoridades e populares. A decisão do TJ faz parte de um conjunto de ações para contenção de gastos do judiciário baiano.

Uma reunião aconteceu na última quarta-feira, 19, e reuniu advogados, servidores do judiciário, vereadores e prefeitos das três cidades que a Comarca atende (Condeúba, Cordeiros e Piripá). 

No início da tarde dessa quinta-feira, 20, o prefeito de Condeúba, Silvan Baleeiro, anunciou através do seu perfil no Facebook que foi diretamente ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-Ba) para apontar o prejuízo que será, caso a cidade venha perder a Comarca. O prefeito relatou que entregou um documento solicitando a revisão da decisão e ainda visitou os gabinetes dos deputados Pedro Tavares, Luciano Ribeiro e Ângela Sousa para buscar apoio para a causa. Segundo ele, todos os parlamentares fecharam o compromisso e garantiram lutar juntos contra o iminente encerramento.

"Eu faltei à primeira reunião que tratou do assunto no fórum Dr. Jayme Bulhões na quarta, mas fui muito bem representado pelo procurador do Município, Dr. Anterque Viana. Minha ausência foi por um bom motivo: fui diretamente a Salvador para buscar apoio de deputados e já de imediato, comunicar com o TJ sobre o retrocesso que essa decisão trará ao nosso município, não podemos permitir. Trabalhando juntos nessa causa, com certeza conseguiremos uma voz firme para dizer um NÃO à essa decisão." Declarou o prefeito em contato telefônico com a redação do FRC.

 

 

Publicado em Condeúba
X

Proteção de Conteúdo

Conteúdo protegido por direitos autorais. Para obter autorização de reprodução, envie um e-mail para [email protected]