Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sábado, 30 Maio 2020
Parcialmente Nublado

13°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 95%

Vento: 7 km/h

Terça, 25 Abril 2017

Um caminhão carregado de toras de madeira tombou na rodovia BA-263, próximo à comunidade de Comercinho, a cerca 12 km de Piripá, na tarde dessa quarta-feira (26). O trecho que ocorreu o acidente é sinuoso e comumente apresenta buracos em decorrência de chuvas associada à falta de manutenção.

O motorista ficou preso nas ferragens e foi necessário acionar o corpo de bombeiros para fazer o resgate. Apesar da gravidade do acidente, o condutor sofreu apenas ferimentos leves.

Publicado em Piripá

Após protocolar um documento para o presidente do TJ-Ba que reivindicou a revisão da decisão de encerrar a Comarca de Condeúba, o prefeito Silvan Baleeiro voltou nesta quarta-feira (26 de abril) a Salvador para participar de uma audiência com a Juíza do Tribunal de Justiça da Bahia, Marizete Brandão.

No encontro estiveram presentes os prefeitos Flávio Rocha, de Piripá e Delci Alves, de Cordeiros e os presidentes das Câmaras de Vereadores dos três municípios (Silvano Santos - Condeúba, Fabiano - Cordeiros e João - Piripá) que fazem parte da Comarca. Também fizeram parte da comitiva os advogados Dr. Antonio Terêncio Filho, Dr. Saulo e os servidores da justiça José Augusto e Wanderlei Fernandes.

A audiência foi promovida pelos deputados Ângela Souza, Fabrício Falcão, Zé Raimundo e Nilza Cadore onde foi defendida a manutenção da Comarca. O seu fechamento, caso ocorra, trará grandes prejuízos para a população.

A juíza se comprometeu em analisar os pleitos apresentados dada a reconhecida relevância da Comarca, visto que já oferece serviços a mais de um século ao município e região. Marizete Brandão chegou a propor uma parceria, para que os três municípios entrem com uma contrapartida na manutenção dos serviços de digitalização que foi acatada de imediato pelos três prefeitos.

A Juíza pediu para que ficasse claro que ainda não há uma decisão tomada de manter ou não, mas que será avaliado todas as informações levadas e a possibilidade da parceria.

Silvan também enfatizou a importância de um juiz titular para que os serviços possam ser prestados com eficiência. “Condeúba desempenha um papel estratégico na região e centraliza serviços como bancos e o INSS, que atende à população dos municípios vizinhos. A desativação da Comarca representaria uma grande perda e seria um retrocesso na prestação de serviços, prejudicando toda a região. Nós vamos fazer o possível, firmar parcerias e cobrar um juiz titular para que os serviços possam não só ser mantidos, mas também melhorados”, destacou.

Publicado em Bahia
X

Proteção de Conteúdo

Conteúdo protegido por direitos autorais. Para obter autorização de reprodução, envie um e-mail para [email protected]