Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sexta, 21 Setembro 2018
31°C

Condeúba

Predominantemente nublado Humidade: 30%
Vento: ENE22.53 km/h

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (7) a Operação Marcapasso, que investiga esquema de corrupção destinado a fraudar licitações no estado do Tocantins, tendo como objetivo a aquisição de equipamentos chamados OPMEs (órtese, próteses e materiais especiais) de alto valor agregado e grande custo para o sistema de saúde.

Cerca de 330 policiais federais cumprem 137 mandados judiciais expedidos pela 4ª Vara Criminal Federal de Palmas - TRF1, sendo 12 mandados de prisão temporária expedidos, 41 mandados de condução coercitiva contra empresários e 84 mandados de busca e apreensão nos Estados do Tocantins, Distrito Federal, São Paulo, Goiás, Paraná, Bahia, Ceará, Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

A investigação teve início quando os sócios da empresa Cardiomed Comércio e Representação de Produtos Médicos e Hospitalares foram presos em flagrante por terem, na qualidade de proprietários da empresa, fornecido à Secretaria de Saúde do Estado do Tocantins produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais cujos prazos de validade de esterilização se encontravam vencidos.

No decorrer das investigações, veio à tona um vasto esquema de corrupção destinado a fraudar licitações no Estado do Tocantins mediante o direcionamento de processos licitatórios. O esquema engendrado possibilitava o fornecimento de vantagens ilícitas a empresas, médicos e empresários do ramo, bem como a funcionários públicos da área de saúde.

As pessoas investigadas, na medida de suas participações, poderão responder pelos crimes de corrupção passiva e ativa, fraude à licitação, associação criminosa, dentre outros.

O nome da operação é uma alusão a um dos itens mais simbólicos e conhecidos da área de cardiologia, o marca-passo. Esse era um dos itens que integravam alguns dos editais “fraudados” em procedimentos licitatórios na área de cardiologia na rede pública de saúde do estado do Tocantins.

Um posto bancário do Bradesco foi alvo de bandidos na manhã desta segunda-feira (6), em Boa Nova, a cerca de 93 quilômetros de Vitória da Conquista, no Sudoeste Baiano. A ação aconteceu por volta das 10 horas e não há registro de feridos.

Segundo informações da Polícia Militar, testemunhas disseram que dois homens armados tentaram roubar o estabelecimento, mas não conseguiram e fugiram em um carro. Pouco depois, os bandidos queimaram o veículo e, em seguida, roubaram um carro da prefeitura para continuar a fuga. A Polícia Civil de Poções, responsável por investigar o caso, informou ao G1 que pelo menos três homens participaram da ação, que não teve reféns.

As informações são do Blog do Anderson

 

O deputado estadual Pedro Tavares (PMDB) e o vereador de Jacobina, Juliano Cruz, participaram, nesta sexta-feira (29), da assinatura de um termo de compromisso para a construção de creches municipais e do ato que homologa a autorização de funcionamento da faculdade de Medicina em Jacobina. Realizado em Salvador, o ato contou com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho, e do prefeito de Salvador ACM Neto, além do presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro e de deputados estaduais e federais.

Para Tavares, a implantação da Faculdade de Medicina é fruto de uma junção de esforços, iniciada na gestão do ex-prefeito Rui Macedo, e representa avanço na área da saúde e da educação. “Fico muito feliz em ver esse importante equipamento chegando em Jacobina. Tive a oportunidade de acompanhar de perto e participar do processo de implantação, que começou na antiga administração e que agora se efetiva, realizando o sonho da população, o que é mais importante.

A Faculdade de Medicina se torna realidade e fortalece ainda mais esse grande polo regional”, ressaltou o parlamentar. O vereador Juliano Cruz reforça que o movimento pela implantação do curso no município iniciou-se em 2012, quando fazia parte da antiga equipe da Prefeitura, à frente da Secretaria de Planejamento. “Foi uma luta! Trabalhamos sempre visando a interiorização da medicina”, pontuou o vereador.

Um grave acidente foi registrado em uma empresa especializada em soldas e usinagem, localizada no Bairro Novo Brumado, na cidade de Brumado, no início da manhã desta quarta-feira (18). O operário e músico Herisson Cley de Souza, de aproximadamente 40 anos, faleceu no local por conta do acidente. Informações preliminares passadas ao site Achei Sudoeste apontam que o operário realizava o corte de uma peça de aço quando a mesma teria se desprendido e atingido o mesmo. Ele teria se embaraçado com um guindaste de pequeno porte e a máquina acabou caindo sobre o operário, que veio a óbito no local.

Polícia Civil, Militar e o Departamento de Policia Técnica estiveram na empresa realizando o levantamento cadavérico e o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) para ser necropciado. O laudo da perícia ainda irá apontar com precisão as causas do acidente. Cley, como era popularmente conhecido em Brumado, era amante da música e sempre se apresentava em shows nos barzinhos e eventos culturais da cidade. Era casado e deixa esposa e filhos.

Um menino de seis anos morreu após comer um pedaço de bolo envenenado em Santo Estevão, Portal do Sertão, na região de Feira de Santana. Uma tia da criança é suspeita pelo crime. Segundo a Polícia, via Acorda Cidade, o fato ocorreu durante uma festa de aniversário na zona rural de Santo Estevão.

A vítima, Luis Felipe Moura Teixeira Conceição, ainda foi socorrido para um hospital da cidade, após passar mal, mas não resistiu. Ainda segundo a polícia, o envenenamento [por chumbinho] pode ter sido cometido pela tia do garoto, que sofre de esquizofrenia e já foi internada diversas vezes para fazer tratamentos. Na semana passada, a mesma acusada tinha tentado envenenar o próprio pai, pondo o mesmo tipo de veneno no leite. O homem foi internado e já se recupera. A festa de aniversário durante a qual ocorreu o óbito era da acusada do crime.

O prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) e o deputado estadual Luciano Ribeiro (DEM) viabilizaram uma importante obra estrutural do Governo Federal, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que abrangerá 7 km de extensão nas principais vias no município.

O gestor brumadense agradece o empenho e articulação política de Luciano Ribeiro para a viabilização do pleito. De acordo com Vasconcelos, a obra é uma grande conquista para o desenvolvimento do município. Nesta sexta-feira (6), a Construtora CBV, responsável pela execução da obra na cidade, iniciará as atividades de microrrevestimento na rotatória da Magnesita, localizada nas proximidades da linha férrea, até a rotatória situada entre a Avenida Centenário e a Avenida João Paulo I.

Uma visita técnica uma visita técnica foi realizada nas na Praça Capitão Francisco de Souza Meira, Praça Armindo Azevedo, Rua Dr. Marcolino Moura, Rua Coronel Tibério Meira, Rua Exupério Pinheiro Canguçu, Rua Dr. Mário Meira, Avenida Dr. Antônio Mourão Guimarães, Avenida Centenário e na Avenida Coronel Santos.

Nos trechos, foram avaliadas as condições do leito viário, sinalização, trafegabilidade e segurança viária para que, no domingo (8), a construtora CBV possa recuperar a pavimentação do trecho, em um total de 7 km de faixas de rolamento viário.

Um jovem, de 20 anos, foi preso após ser flagrado com R$ 52,25 proveniente de arrombamento de uma igreja em Quijingue, na região sisaleira. Segundo o Calila Notícias, a quantia – toda em moedas e fruto de doações de fiéis – era da secretaria Paroquial da Igreja de São João Batista. Na ação, pelo menos três portas foram danificadas.

Policiais do 5° Batalhão da Polícia Militar receberam uma denúncia e foram ao local, quando deram flagrante no jovem. Após a detenção, o suspeito foi levado à delegacia de Euclides da Cunha. O fato ocorreu no último sábado (7).

Para que sejam desenvolvidos projetos que chamem a atenção dos alunos para temas que estão em discussão e afetam o ambiente e as relações escolares, o peemedebista Pedro Tavares apresentou projeto de lei que cria a Campanha do Estudante Consciente.

A proposta é que sejam discutidos nas escolas temas como drogas ilícitas e lícitas; pedofilia; bullying; racismo; atos de vandalismo; ‘rolezinhos’ e a necessidade de inclusão de alunos com deficiência. Na opinião do deputado, a educação “sempre serviu para tornar os jovens mais conhecedores de si mesmos.

Educar é estimular os jovens a avaliar com consciência os valores pelos quais a humanidade se rege e prestar-lhes a sua adesão, procurando crer neles e seguindo-os o mais fielmente possível”.

Tavares considera que há necessidade “de ter jovens informados e conscientes acerca dos mais diversos temas que envolvem a sociedade”, mas “infelizmente são cada vez mais recorrentes nos noticiários os relatos de violência e intolerância no âmbito escolar. Em que pese o fato de muitas unidades e diretorias de ensino estarem atentas aos problemas em suas regiões, propondo debates, palestras e outras ações, é essencial que essa visão seja propagada em toda rede estadual de ensino”.

O objetivo da campanha, “portanto é sistematizar este tipo de ação, levando todas as diretorias de ensino, em parceria com as escolas de sua região,a atuarem de forma eficaz, combatendo os problemas em andamento e, principalmente evitando a ocorrência de novos”.

É na escola, entende Tavares, “que as coisas da maior importância em nossas vidas acontecem. Inevitavelmente, ela deixa de ser apenas um campo de troca de conhecimentos e adentra a uma esfera emocional e social, onde permeiam outros tipos de trocas, principalmente as afetivas”. E na escola “todos devem ser acolhidos e se sentirem confortáveis e aceitos, respeitando-se, primordialmente, as diferenças. Desse modo, campanhas de conscientização possibilitarão que os conceitos de cidadania sejam disseminados e aplicados no cotidiano pelos alunos”.