Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 18 Setembro 2019
Muito Nublado

17°C

Condeúba

Muito Nublado

Umidade: 90%

Vento: 10 km/h

O Paço Municipal, um dos mais bonitos prédios de Condeúba, mais uma vez foi palco para o civismo de 7 de setembro, neste dia que se comemora a independência do Brasil. Os professores e alunos da rede municipal de educação prepararam um evento recheado de apresentações, música e muito simbolismo.

A abertura do evento se deu com uma celebração ecumênica realizada pelo Padre José Silva, da Paróquia de Santo Antônio de Condeúba, seguida do canto do Hino Nacional e do Hino da Bandeira. O mestre de cerimônia, Paulo Henrique, convidou o anfitrião da festa, o secretário de educação (Weder), o presidente da câmara municipal, Maurilio Guilherme e o prefeito Silvan para fazer o hasteamento.

Encerrando os discursos, o prefeito Silvan fez uso da palavra e buscou trazer em seu conteúdo uma fala de união, chamando a atenção a questão da polarização radicalista ideológica na política, seja ela de esquerda ou de direita e pedindo a união dos extremos. Segundo o prefeito, essa divisão não traz nenhum benefício para os municípios e faz com que sempre exista uma torcida contra quem está no governo, torcendo contra os próprios interesses da população.

Outro ponto do discurso do prefeito que chamou a atenção dos munícipes ali presentes e foi motivo para vibração foram os anúncios de obras e equipamentos para o Hospital Municipal. "Além de todos os calçamentos que já fizemos aqui na sede, já está na nossa programação e muito em breve iniciaremos os calçamentos da Mandassaia, Alagoinhas e Feirinha".

O chefe do executivo aproveitou para prestar contas das obras que já foram concluídas ou estão em fase de conclusão a exemplo da praça da feira, mais de 7 milhões de reais investidos em calçamentos e anunciou que colocará em funcionamento no Hospital Municipal o aparelho de Raio-x, Ultrassonografia e um laboratório de análises clínicas.

Ainda na área da saúde, Silvan também anunciou que as escolas do município contarão com um projeto que será investido mais de R$ 200.000,00 para levar atendimento oftalmológico e odontológico a todos os alunos da rede, inclusive com direito a óculos quando for constatado clinicamente a necessidade.

Para finalizar a lista de obras, foram anunciados dois sistemas de drenagem, um no centro da cidade, canalizando a água que desce na rua Martinho Moreira até o Rio Gavião e outro na Rua São Gabriel.

Após o discurso do prefeito, a Fanfarra Municipal de Condeúba (FAMUCON) desfilou em frente ao paço municipal abrindo o momento de apresentações do evento. Por toda a manhã desse sábado, escolas da Zona Rural e da sede do município se intercalaram em apresentações que trouxeram um brilho especial para o evento e mais uma vez ressaltou o sentimento nacionalista, do verde e amarelo.

Não há quem não se impressione com a beleza e a imponência da Igreja Matriz de Condeúba. Até mesmo aqueles moradores mais antigos, que costumeiramente circulam pela Praça Santo Antônio e já tem essa construção como parte do seu dia a dia, vez ou outra, se pegam contemplando essa obra, seja pelo seu tamanho, seja pela sua arquitetura barroca, seja pela fé católica e até por tudo isso junto.

A sua história remete ao século XVIII, há quase três seculos atrás e se confunde com a história da própria cidade de Condeúba, uma das primeiras dessa região. Tudo começou com uma pequena capela construída às margens do Rio Gavião, por moradores da Serra Talhada, uma antiga e extensa fazenda que ficava às margens do Rio Gavião. Ao final de 30 de junho de 1745, há exatos 5 dias, 2 meses e 274 anos, essa capela foi benta pelo Pe. Visitador Geral, João de Vasconcellos Pereira.

Filial da Freguesia Nossa Senhora do Rio Pardo (MG), a primeira Irmandade fundada no município foi a de Santo Antônio em 13 de junho de 1752 e durou até o ano de 1811. Em 1845 foi fundada a Irmandade do Santíssimo Sacramento pelo Arcebispo da Bahia Dom Romualdo Antônio de Seixas, a qual permanece em atividade. 

No interior da igreja, o altar e toda a sua arquitetura chama a atenção pelo nível de detalhamento. O estilo encontrado no seu projeto é o barroco, que ganhou o Brasil colonial um século antes (século XVII).  

Tanto os historiadores modernos como Agnério de Souza , quanto o ilustre Dr. Tranquilino Torres dedicaram parte do seu tempo para estudar e registrar essa história belíssima que traz orgulho para o condeubense e enriquece a sua cultura.

Mesmo séculos após a sua estruturação, a igreja segue conservada e é palco de missas, casamentos e batizados. À sua volta, está a praça Santo Antônio, que recentemente recebeu uma reforma urbanística.

 

Uma comitiva da área educacional da cidade de Condeúba* percorreu, nesta segunda-feira (19), pouco mais de 149 quilômetros até Vitória da Conquista para conhecer de perto a experiência da Administração Municipal com relação ao Plano Municipal de Educação (PME). Os visitantes foram recebidos pelo secretário da pasta, Esmeraldino Correia, pela secretária adjunta, Arlete Dória e demais membros da secretaria.

O PME, de acordo com a Constituição, tem validade de dez anos e exige um trabalho ágil e organizado, que envolve o levantamento de dados e informações, estudos, análises e consultas públicas. Todo esse processo acontece em cinco etapas: definição e distribuição das responsabilidades, elaboração do documento-base, promoção de um amplo debate, redação do Projeto de Lei e acompanhamento da tramitação na Câmara.

A décima edição da SUPERBAHIA – Feira e Convenção Baiana de Supermercados, Atacados e Distribuidores, foi realizada entre os dias 23 a 25 de julho de 2019, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O Projeto Biscoito de Vitória da Conquista e Condeúba marcou presença neste mega evento, viabilizando a participação de cinco empresas participantes do projeto.

“As empresas Biscom, Biscoitos Condeúba, Caseiros Dona Santa, Railda Biscoitos Doces e Eufrásio Café participaram como expositores do maior evento supermercadista do estado da Bahia”, informa Bruno Cruz, técnico do Sebrae e gestor do Projeto Biscoito.

A Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) publicou neste mês de julho, no Diário Oficial do Estado, o edital de licitação visando a contratação de empresa especializada para elaboração dos Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB), para os municípios de Caculé, Caetanos, Candiba, Cordeiros, Dom Basílio, Livramento de Nossa Senhora, Matina, Mucugê, Nova Canaã, Palmas de Monte Alto, Piripá, Ribeirão do Largo e Tanque Novo. A abertura das propostas do edital está prevista para 20 de agosto de 2019.

Conforme estabelecido na lei n° 11.172/2008, que institui os princípios e diretrizes da Política Estadual de Saneamento Básico, o PMSB é um instrumento da Política de Saneamento Básico do município, e a SIHS, por meio de sua Superintendência de Saneamento, elaborou o Termo de Referência para a contratação de empresa especializada, tendo como objetivo a prestação de serviços de assessoria técnica para a elaboração dos planos, visando contribuir com o desenvolvimento dos serviços de saneamento nos municípios.

Para o apoio à elaboração desses PMSB, foi aportado um montante de quase R$ 2,5 milhões, oriundos do Ministério da Saúde/Funasa, da ação “Apoio a gestão do Sistema de Saneamento Básico em municípios de até 50 mil habitantes”, beneficiando, ao todo, uma população de mais de 200 mil habitantes.

“A meta é a universalização dos serviços de saneamento básico no menor prazo possível e esse apoio às prefeituras só fortalece a prestação dos serviços no estado, promovendo saúde e, consequentemente, melhorando a qualidade de vida da população”, destacou o titular da SIHS, Leonardo Góes.

Nesta terça-feira (16/07/2019), no Fórum Jairo Bulhões, na comarca de Condeúba - BA, na sala da OAB, tivemos um importante encontro dos operadores do direitos, contando com a presença do Ilustre Presidente da Subseção de Vitória da Conquista- BA, Dr. Ronaldo Soares, juntamente com os nobres advogados que atuam na comarca de Condeúba- BA e Região, estando presentes como advogadas do município vinculadas á Secretaria de Assistência Social do Município a Dra. Rennê Cássia Pereira (OAB- BA 57.449) e a Dra. Jacqueline Meireles Valiense (OAB -BA 44.059), oportunidade que colocaram em pauta projetos e ideias inovadoras com o objetivo de verificar as necessidades e possibilidades de melhoramento do poder judiciário da comarca, a fim de alcançar a melhoria do serviço prestado pelo estado á população, bem como medidas que visam a celeridade processual e assistência plena e efetiva da justiça para os mais necessitados na comarca Condeúba -Ba e Região.

A chuva que sempre foi sinônimo de alegria para o Sertanejo, gerou preocupação e prejuízos na segunda-feira do dia 28 de outubro de 2018. Com registros de até 130 mm, as chuvas daquele dia foram suficientes para romper uma barragem na comunidade de Baixão.

Após uma forte articulação do governo municipal, através do gabinete do prefeito e da Secretaria de Assistência Social. Deu-se início a um processo de assistência aos moradores que tiveram perdas com a catástrofe. Os recursos foram provenientes de Ajuda Humanitária do governo federal e também dos recursos próprios do município de Condeúba.

Dentre os itens distribuídos, foram entregues Kit Alimentação, Kit Dormitório, Kit Higiene Pessoal e Kit Limpeza Ambiental. Além disso, alguns moradores que tiveram suas residências destruídas, receberam blocos, telhas, material para cobertura das novas casas, sacos de cimento e outros itens necessários para a reconstrução das suas casa.

O prefeito Silvan, a secretária de Assistência Social Marinalda (Naná), o chefe municipal da Defesa Civil Sérgio e a vereadora Nena foram alguma das autoridades que estiveram na distribuição da Ajuda Humanitária na comunidade.

Atitude pouco comum mas, que já vem de longas datas. O Senhor Gercino de Oliveira, morador da comunidade rural de Jacaré, já é conhecido pelos moradores da região pelos serviços voluntários que presta ao município há mais de 10 anos. Roçagem de matos das margens das vias e reforma das estradas faz parte do rol de serviços que ele oferece aos moradores - e sem ganhar nenhum centavo por isso.

Apesar de estar morando no município há mais de 30 anos, Gercino não é natural de Condeúba. Por este motivo, o atual prefeito Silvan Baleeiro, quando era vereador, propôs um título de cidadão condeubense como forma de reconhecer seu cuidado com o município. O título foi aceito e entregue em uma sessão itinerante da câmara que aconteceu no Distrito de Feirinha, comunidade vizinha ao Jacaré.

Na tarde desse último sábado (07), em uma reunião da comunidade, antes mesmo do agora prefeito Silvan Baleeiro anunciar as honrarias e o prêmio ao Sr. Gercino, o grupo que participava do encontro fez questão de ressaltar sua importância para a comunidade. Em seguida, o prefeito anunciou que entregaria um título de reconhecimento do governo municipal e um cheque no valor de R$ 999,00, como forma de reconhecer sua relevância.

"Eu não poderia fazer isso na casa do Sr. Gercino e de forma individual, sem que todos vocês estivessem aqui para atestar a relevância desse senhor para todo o município. Até em estradas que ele não utiliza, já o vi roçando e tapando buracos. Diante dessa assembleia de moradores, na sede dessa associação, gostaria de entregar ao senhor Gercino um prêmio, que não paga pelo serviços que ele já nos prestou, mas servirá de reconhecimento pelo que ele sempre fez ao município." Colocou o prefeito ao convidá-lo para comparecer à mesa.

Seu Gercino, ao comparecer à frente para receber o prêmio, não escondeu a felicidade que mudou o seu semblante. "Vou usar esses recursos para comprar novas ferramentas para continuar servindo ao município", colocou ele com um ar de simplicidade e satisfação pela sua atitude rotineira de voluntariado.