Sep 24, 2016 Bem vindo! A última vez que atualizamos o site foi as 15:11 - 23/09/2016

Publicidade




Mesmo proibido pelo Juiz Eleitoral através de uma portaria, foguetes continuam sendo usados nas campanhas eleitorais da 60º Zona e nesta sexta-feira, 23, o que era pra ser clima de festa terminou com um acidente grave.

Um cabo eleitoral do candidato à reeleição José Augusto, conhecido por Zezão Nascimento, sofreu ferimentos em decorrência de uma acidente com um foguete na Praça da Bandeira (praça da feira), onde fica localizado o comitê central da coligação. 

Um leitor do Folha Regional de Condeúba que estava no Banco do Brasil, a cerca de 400 metros distante do epicentro da explosão relatou que ficou assustado quando ouviu o estouro e chegou a pensar que a agência sofreria um novo atentado.

Um carro que estava próximo da explosão teve os vidros estilhaçados e a lataria danificada. Zezão sofreu ferimentos nos membros inferiores, foi socorrido após a explosão, levado para o Hospital Municipal de Condeúba e em seguida transferido para Vitória da Conquista. Apesar dos ferimentos, o quadro de saúde é estável.

View the embedded image gallery online at:
http://folharegionaldecondeuba.com.br/#sigProGalleriaff2fa3c94a



O Senado aprovou nesta terça-feira (20) a Medida Provisória 733/2016, que autoriza liquidação e renegociação de dívidas de crédito rural de agricultores das regiões Norte e Nordeste e de estados do Centro-Oeste. De acordo com o texto aprovado, fica autorizada a concessão de rebate para liquidação das operações de crédito rural, até dezembro de 2017, referentes a uma ou mais operações do mesmo mutuário, contratadas até 31 de dezembro de 2011 junto ao Banco do Nordeste de Brasil S.A. (BNB) ou ao Banco da Amazônia S.A. (Basa).Os recursos deverão ser oriundos, respectivamente, do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) ou do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). Para o senador Roberto Muniz (PP-BA), autor de quatro emendas incluídas ao texto, o projeto é um alívio para “pequenos e médios produtores”. “A medida é um alívio para pequenos e médios produtores, permitindo não só o pagamento de dívidas como também a recuperação do crédito por aproximadamente 1,2 milhão de produtores rurais. Os benefícios da MP podem alcançar pelo menos 200 mil produtores na Bahia”, destacou Muniz.



Na manhã desta terça-feira (20), a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na empresa AudioMix, em Goiânia, segundo informações do Estadão. De acordo com o jornal, a ação é parte da operação Maus Caminhos, da PF do Amazonas, que visa desarticular uma organização criminosa que teria desviado cerca de R$ 112 milhões do Fundo Estadual de Saúde do Amazonas. Também é alvo de busca a casa do dono da AudioMix, Marcos Araújo. Segundo a PF, a empresa era utilizada pelo alvo principal do esquema desarticulado pela Maus Caminhos, o empresário Mohamad Mustafa, para lavar dinheiro oriundo dos desvios milionários da área de Saúde do Amazonas.

A AudioMix é uma empresa especializada no gerenciamento da carreiras de grandes nomes da música pop e sertaneja no Brasil, e comercializa shows de artistas como Wesley Safadão, Jorge e Mateus, Guilherme e Santiago, Israel Novaes e outros.



O prefeito Guto perdeu totalmente a classe em um comício no bairro Divino Espírito Santo na noite dessa segunda-feira, 19. José Augusto demonstrou descontrole emocional e foi apoiado pelo secretario municipal de administração, o senhor Décio Pereira.

O fato aconteceu no momento em que discursava para algumas dezenas de populares que foi assistir ao evento, o prefeito escutou palavras de ordem como "Fora PT" vindo de outro grupo de populares do bairro que manifestavam democraticamente atrás do caminhão que servia de palanque, se virou e começou a discutir com o grupo, ignorando o público que aguardava seu discurso.

 

Dentre expressões baixas utilizadas na sua fala, o prefeito chegou a dizer aos eleitores "no dia 2 de outubro, eu vou dá um couro em vocês. Dia 2 vocês vão tomar um couro... eu vou bater para doer...", em seguida o prefeito ainda disse "Vocês deviam tomar vergonha nas suas caras...", referindo-se aos populares.

 

Depois que retornou o discurso, o prefeito ainda continuou com a agressividade nas suas palavras: "Isso é só um aperitivo do que vai acontecer aqui dia 24 (dia em que tem comício do seu grupo no bairro)... A coisa vai pegar aqui dentro... Essa cambada de desorganizados, de oportunistas vão cair no cacete dia 2 de outubro." No final ele usou uma colocação bíblica para finalizar sua fala.

Seguindo na mesma linha do prefeito, no vídeo acima é possível ver o Secretário Décio Pereira fazendo gestos para que o público que estava à frente do caminhão fosse para trás ao encontro dos que manifestavam, o que poderia ter gerado um conflito de maiores proporções.

Logo o caso ganhou as redes sociais e viralizou no WhatsApp. Eleitores chegaram a gravar áudios repudiando a ação do prefeito e declarando que votaria contra em repúdio ao acontecido.

Áudios que se espalharam pelo WhatsApp relatam o fato:

Áudio de um eleitor que explica como começou a discursão

 

Depoimento de eleitor repudiando ação e pedindo respeito para o bairro

 

Outro eleitor se diz espantado com situação em áudio gravado para o WhatsApp

 

 



Apesar do avanço da infra-estrutura das redes que fazem a distribuição de internet na região de Condeúba, clientes ainda enfrentam dificuldades para ter acesso a uma conexão de qualidade. A principal forma de distribuir dados ainda é através de antenas com comunicação por rádio frequência e a única empresa que fornece o serviço na cidade têm sido alvo de reclamações recorrentes.

"Nós pagando um pacote que não estamos recebendo. Por exemplo, minha internet eu pago dez megas mas nunca recebo o que eu estou pagando, tenho como provar por meio de gravações de medidores confiáveis quando não dá a quantidade do pacote contratado. Ficamos sem sinal constantemente e não temos para quem reclamar pois aqui não tem PROCON, nem ANATEL para fiscalizar." Registrou um cliente em tom de revolta em e-mail enviado à nossa redação.

 

 



Sete pessoas foram baleadas durante comício da candidata à prefeitura de Ipiaú, Maria das Graças, com a presença do governador Rui Costa (PT), na noite desta quinta-feira (15). Cerca de três mil pessoas estavam no ato quando ouviram disparos de arma de fogo. Testemunhas contaram ao site Ipiau Online que foram deflagrados pelo menos dez tiros. O evento ocorreu em frente ao Ginásio de Esportes Clériston Andrade.

Testemunhas relatam que o autor do disparos foi um homem que fugiu a pé. A vítima mais grave é Danilo Menezes de Sousa, que foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Prado Valadares, em Jequié. Também foram baleados: Ronaldo Pinto Andrade, atingido na virilha; Saionara Menezes de Souza; em um dos dedos da mão; Joélio dos Santos; baleado no braço; um homem identificado como Alexsandro, baleado no braço e na perna; um jovem identificado pelo prenome de Alan, baleado na perna; e Fábio dos Santos, baleado no pé.

Rui já se preparava para descer do palanque quando começou o ataque. Houve correria no local. A polícia afirma já ter pistas sobre o autor dos disparos e um menor, suspeito de participar do crime, foi apreendido. "É uma prática que a gente sempre imagina que já estava enterrada, a pior forma possível de se fazer política.

Mas a resposta será dura, será firme. A partir de amanhã (16) vamos manter um pelotão especializado da caatinga em Ipiaú até o dia da eleição e um grupamento especializado da Polícia Civil para deixar claro que criminoso, seja da política ou do banditismo, não vai intimidar o estado de direito e nem a sociedade. Aqueles que querem se impor pelo medo terão a força e a mão do estado botando ordem, colocando presos aqueles que querem aterrorizar as famílias de Ipiaú", afirmou Rui.

 



Domingos Montagner, o Santo de "Velho Chico", da TV Globo, morreu nesta quinta-feira (15). Equipes de busca localizaram o corpo do ator de 54 anos, preso nas pedras, a trinta metros de profundidade, perto da Usina de Xingó, na Região de Canindé de São Francisco (SE).

Ele gravou cenas da novela na parte da manhã. Após o término da gravação, ele almoçou e, em seguida, foi tomar um banho de rio.

Durante o mergulho, não voltou à superfície.Camila Pitanga, que estava no local, avisou à produção, que iniciou imediatamente as buscas pelo ator. Helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, Policia Militar, Corpo de Bombeiros e pescadores ajudaram nas buscas.

Nesta semana, a novela também teve cenas gravadas em Piranhas (AL).



Ao anunciar a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula e mais sete pessoas na Operação Lava Jato, o procurador do Ministério Público Federal, Daltan Dellagnol classificou o petista como "comandante máximo" e "grande general" do esquema de corrupção. Em seguida, ele ressaltou em sua fala que a acusação não representa um julgamento sobre o passado do ex-presidente ou do PT.

"MPF não está julgando quem Lula é ou foi como pessoa, se seu governo foi bom ou ruim. A procuradoria imputa a responsabilidade por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em um contexto específico", afirmou. O petista foi denunciado por conta do repasse de recursos a partir da OAS para o presidente através de um tríplex na cidade do Guarujá, e o armazenamento de um acervo de objetos pessoais.

O benefício total para ele equivale a R$ 3 milhões. A denúncia pede o confisco de R$ 87 milhões movimentados no esquema e o ressarcimento aos cofres públicos de mais de R$ 87 milhões. Além de Lula, também foram denunciados a ex-primeira dama Marisa Letícia, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, dois funcionários da empreiteira e outros dois investigados.



Bahia Notícias

O presidente Michel Temer disse nesta terça-feira (14) que o governo federal não é "idiota" de tirar direitos trabalhistas, além de acabar com a saúde e a educação. Ele reclamou de como algumas propostas do Planalto foram divulgadas e afirmou que os entendimentos divergentes criam problemas para a sua gestão.

“Convenhamos, é muito desagradável imaginar que um governo seja tão, se me permite a expressão forte, tão estupidificado; tão idiota que chegue ao poder para restringir direito de trabalhadores e acabar com a saúde e a educação. Isso vai pegando e passando de um para outro com o poder extraordinário das redes sociais”, afirmou Temer em cerimônia de assinatura de portarias para investimento de R$ 1 bilhão em saúde.

Ele citou o mal-entendido envolvendo a declaração do ministro Ronaldo Nogueira sobre a carga horária diária de até 12 horas de trabalho e disse que é preciso "combater" esse tipo de divulgação, por dividir o país. "Quem sabe o trabalhador passe a trabalhar apenas quatro dias por semana e folgar três dias. Ou se quiser, pode trabalhar esses outros dias da maneira como bem entenda”, explicou.



Direto do G1

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta quarta-feira (14) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher dele Marisa Letícia e mais seis pessoas no âmbito da Operação Lava Jato. Os procuradores farão uma coletiva nesta tarde para detalhar a denúncia.

Veja quem foi denunciado
Lula
Marisa Letícia
Léo Pinheiro
Paulo Gordilho
Paulo Okamotto
Agenor Franklin Magalhães Medeiros
Fábio Hori Yonamine
Roberto Moreira Ferreira

Indiciamento
Em agosto deste ano, a Polícia Federal (PF) indiciou ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher dele, Marisa Letícia, e mais três pessoas por crimes como corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

s cinco foram investigados por supostas irregularidades na aquisição e na reforma de um apartamento tríplex do Edifício Solaris, no Guarujá, no litoral de São Paulo, e no depósito de bens do ex-presidente.

De acordo com o indiciamento, a OAS pagou por cinco anos (entre 2011 e 2016) R$ 21,5 mil mensais para que bens do ex-presidente ficassem guardados em depósito da empresa Granero.
Os pagamentos totalizam, conforme citado pelo delegado, R$ 1,3 milhão. De acordo com a Polícia Federal, o montante corresponde a vantagens indevidas pagas pela Construtora OAS em benefício de Lula.

Na ocasião, o advogado do ex-presidente da ex-primeira-dama, Cristiano Zanin Martins, afirmou que as conclusões do relatório da Polícia Federal "tem caráter e conotação políticos e é, de fato, peça de ficção".



G1

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (14) que vai destinar R$ 1 bilhão para comprar medicamentos, produzir vacina contra a meningite e custear Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e santas casas pelo país. A verba vem da economia gerada pela redução de cargos comissionados, de gastos com aluguel e revisão de contratos.

Segundo o Ministério da Saúde, 99 UPAs já em funcionamento pelo país vão receber repasses de R$ 182 milhões por ano a partir de outubro. Todas as unidades que funcionavam sem apoio da União, em 91 cidades, vão passar a receber dinheiro federal, diz a pasta.

Por ano, 216 santas casas e hospitais filantrópicos serão beneficiados com R$ 372 milhões. A expectativa é de que o dinheiro seja liberado até dezembro. A pasta também anunciou que R$ 227 milhões serão destinados à produção de vacina contra meningite. A previsão de gasto com a compra de 7,4 milhões de unidades de medicamentos é de R$ 222 milhões.

O governo diz ter criado uma economia de R$ 12,5 milhões por ano ao excluir 417 cargos de confiança. Os postos foram retirados do Ministério da Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Ainda segundo o ministério, um revisão em 29 contratos de aluguel vai permitir economizar R$ 52,2 milhões por ano. O gasto com aluguel e serviços gerais caiu 33%, de acordo com a pasta. O pente-fino em 38 contratos de informática deve garantir uma economia de R$ 80,8 milhões anualmente – a maior parte por meio da “racionalização do número de links inativos”.

Sites parceiros

Colaboradores

Micael

Micael B Silveira

Diretor, Colunista e Programador

     

Neto Coutinho

Neto Coutinho

Chargista e Caricaturista

   

Uellinton

Uellinton

Repórter Fotográfico

   

Antonio

Antônio Vieira

Repórter Fotográfico

   

Max Dayan

Max Dayan

Correspondente em Mortugaba

   

Willian Tigre

Willian Tigre

Correspondente em Belo Campo