Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quarta, 19 Junho 2019
Ensolarado

27°C

Condeúba

Ensolarado

Umidade: 30%

Vento: 6 km/h

Apesar de estar situada no Sertão Nordestino, em uma área cujo clima é semi-árido, de poucas chuvas, Condeúba já registrou na sua história períodos bons de chuvas, cheias regulares nos seus rios e uma produção regular na área agropecuária. A plantação de cana de açúcar para a produção de cachaça, açúcar e rapadura, pastos para a produção pecuária dentre outros itens produzidos pela agricultura familiar costumava abastecer o mercado interno nos anos 1950, quando foi construído o primeiro grande açude para abastecer a cidade, o açude do Champrão - e até mesmo servir para abastecer outras cidades da região.

Muito embora a cidade tenha registrado na sua história esse período de clima favorável quando o assunto é chuva, especialmente a partir dos anos 2000 os efeitos das secas prolongadas começaram a mostrar-se cada vez maiores. Com a mudança gradativa no clima da cidade, que segue o mesmo comportamento do clima do sertão nordestino, algumas atividades agrícolas foram inviabilizadas e atualmente já há preocupação com o abastecimento para finalidades elementares para a manutenção da vida como tomar banho, cozinhar e até mesmo para o consumo humano. 

Desde a grave seca que assolou a região de Condeúba no ano de 2013 quando a barragem do champrão chegou em níveis muito baixos, o tema "água" tem sido recorrente nas cidades dessa área geográfica e traz consigo preocupação e tensão. O maior reservatório da região desde 1950 ainda é o Açude do Champrão, com a diferença que passou a abastecer diretamente as cidades de Piripá e Cordeiros. Todos os projetos que já foram apresentados para trazer novos reservatórios ainda são meras promessas políticas, sem nada de concreto. 

O livro Um Século de Secas dos autores Catarina Buriti e Humberto Barbosas, que aborda sobre a seca no sertão aponta que:

"... até 2050, a demanda por água deverá aumentar em 50%. Segundo a UNCCD, até 2025, 1,8 bilhão de pessoas sofrerão com a escassez absoluta de água, enquanto 2/3 do mundo estarão vivendo em condições de estresse hídrico. No ano de 2030, cerca de 2,4 bilhões de pessoas no Planeta podem estar vivendo em áreas sujeitas a períodos de intensa escassez de água, o que pode deslocar uma população de até 700 milhões de cidadãos."

A escassez de água será um dos maiores desafios do século XXI porém, as discussões e políticas públicas acerca do assunto ainda são muito rasas e pouco efetivas. 

No caso específico da região de Condeúba, com mudança gradativa do clima, o que já é previsto por diversos estudos, trazendo secas cada vez mais prolongadas, a primeira medida emergencial que deveria ser tomada é a construção de um açude de maior porte. Dois projetos nessa linha figuram em anos eleitorais: A Barragem dos Morrinhos e a Barragem do São Domingos mas, nada de concreto além de promessas políticas aconteceu. Ambos os projetos tem um custo elevado (mais de 60 milhões de reais) e também um tempo para execução, que deve ser de pelo menos 8 anos. Mesmo levando um tempo considerável até que um açude como esse seja projetado, executado, alagado e então liberado para o uso, os governantes assistem o agravamento do problema do abastecimento de água sem mover uma palha sequer no sentido da solução ou das soluções.

Com a construção de uma barragem de médio porte, como previsto nos dois projetos citados, além de garantir um abastecimento para os municípios da região, seria possível o investimento em plantações irrigadas, o que traria mais vegetação para o bioma local, garantindo mais umidade no clima e também a alimentação do ciclo da água, o que poderia trazer mais chuvas.

Outra medida que requer atenção e é muito pouco discutida é a recuperação dos rios que cortam o município. O desmatamento dos leitos e nascentes, a construção de represas nos leitos dos rios e a poluição prejudicou o curso das águas que desembocam no açude do champrão.

As secas serão cada vez mais severas e não há perspectivas de mudanças para esse processo de ampliação do Sertão Nordestino. É necessário que os governos e sociedade civil se organize para discutir a problemática, trazer soluções efetivas que amenizem essas consequências e também para que seja possível implementar projetos e políticas públicas de modo que garanta o abastecimento antes que os reservatórios sequem e inviabilize até mesmo a vida humana na região.

A problemática requer discussões mais profundas, envolvendo clima, vegetação e até mesmo a questão socio-econômica. Serão necessárias mudanças de hábitos, mudanças no cenário econômico para evitar prejuízos e medidas efetivas dos governos para garantir a vida humana com dignidade nesses municípios que beiram um colapso hídrico. Retardar essas discussões e resumir o problema à racionamentos, retirada de lixos do açude do champrão ou outras atitudes necessárias mas, pouco efetivas, não trará resultado no plano macro, que será de onde poderá vim uma solução de maior abrangência. É preciso fazer o dever de casa mas, não se pode esquecer que o problema é muito maior e requer uma atenção aprofundada.

Portanto, basta uma visita no açude do Champrão, que hoje está no seu volume morto e ainda assim fornecendo em torno de 40 carros pipas por dia e todo o abastecimento via adutoras para os três municípios (Condeúba, Piripá e Cordeiros), para saber que é urgente a demanda por um novo reservatório de maior porte.

Esse texto não foi redigido por um especialista na área entretanto, não necessita se aprofundar muito tecnicamente para entender a complexidade que é o problema do abastecimento em Condeúba e região e também a urgência que se tem para começar a implementar projetos e políticas, tendo em vista que eles só surtirão efeito anos após ter dado o primeiro passo.

 Fica a reflexão.

Uma dos fatos curiosos entorno da campanha do candidato a Presidente Jair Messias Bolsonaro é o engajamento dos seus eleitores para à promoção da sua campanha. Diversas cidades do Brasil já assistiram a grandes eventos, todos eles promovidos pelos eleitores e com seus próprios recursos, sem sequer um contato com o núcleo da campanha.

Condeúba receberá no próximo dia 29/set uma carreata em manifestação de apoio à candidatura do capitão reformado da política militar. Segundo os organizadores do evento, a carreata sairá da Praça do Forródromo as 17 horas. Ainda no anuncio divulgado via WhatsApp, os eleitores que se dispuseram a organizar o evento solicita que os participantes utilizem camisa amarela, branca ou da seleção brasileira, em reforço ao patriotismo.

Faleceu no Hospital Geral de Vitória da Conquista, a senhora Josenilda Ribeiro de Queiroz, em decorrência de graves queimadores no seu corpo. Nenezinha, como é popularmente conhecida, foi encontrada em casa com queimaduras por todo o corpo, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU e em seguida transferida para Vitória da Conquista. Após receber os primeiros cuidados, a paciente não resistiu às consequências das queimaduras e veio a óbito.

Nenezinha era casada com José Carlos Evangelista de Sousa, conhecido na cidade por Fuçura. Ela deixa o esposo e dois filhos. O velório acontece no memorial São Matheus e o sepultamento deverá ser as 16h, no cemitério municipal.

O motorista de van, Junior Aparecido de Jesus, de 34 anos de idade, foi encontrado morto na manhã dessa terça-feira (11) em Condeúba, dentro do seu veículo de trabalho. A polícia foi acionada para apurar o fato e segundo informações preliminares, uma arma foi encontrada próximo ao corpo. 

Carreirinha, como era popularmente conhecido, já foi candidato a vereador e atualmente trabalhava com uma van fazendo a linha para Vitória da Conquista. Ele era conhecido por cultivar muitas amizades e por ser dedicado ao trabalho. 

O Folha Regional de Condeúba deixa as suas condolências a todos os amigos e familiares que sentem essa perda irreparável.

Morreu no início da madrugada dessa terça-feira (11), por volta das aos 00h30m em Condeúba, o garoto Ryan Guilherme Sampaio Ramos, que tinha apenas 6 anos de idade. Ryan era filho do vereador Adailton Vieira (PCdoB) e era portador de AME Tipo 1 (Atrofia Muscular Espinhal). Segundo informações de familiares, a causa da morte foi uma parada cardíaca.

Os pais Adailton e Rosivani vinham travando uma luta para oferecer o tratamento para Ryan e também para o seu irmão, Renan Gabriel (09 anos), que é portador da mesma atrofia, porém em grau 2. Os medicamentos e os procedimentos para o tratamento são de alto custo. A família recebia apoio dos governos e de pessoas que se comoviam diante do sofrimento da família e fazia doações.

O velório acontecerá na residência da família, na Rua Princesa Isabel, no Bairro Divino Espírito Santo e o seu sepultamento foi anunciado para as  17h no Cemitério Municipal de Condeúba.

O FRC deixa as suas condolências a todos os familiares e amigos.

 

O prefeito Silvan Baleeiro esteve em Salvador na última Sexta-Feira (31) para acompanhar a assinatura da Ordem de Serviço para execução do obra que vai transformar o antigo campo de aviação do município em uma avenida. O prefeito estava acompanhado do secretário de obras do município, Dinailde Nascimento.

Segundo o prefeito "...essa obra foi um pleito da nossa gestão ao governo do estado e tem uma grande relevância para o município, tendo em vista que vai trazer mais dignidade para os moradores do bairro Divino Espírito Santo, que antes ficava dividido do centro da cidade por uma grande extensão de terra. A urbanização do antigo campo de aviação vai deixar a cidade muito mais bonita e também diminuir substancialmente a quantidade de terra que desce para o centro da cidade com as enxurradas em períodos de chuva. Essa é uma das grandes obras que nossa gestão pretende apresentar até o final do governo."

A previsão é que em 60 dias a primeira etapa já esteja finalizada. A obra vai contemplar pavimentação asfáltica, iluminação e urbanização da área.

Comumente a feira livre de Condeúba acontece às sextas-feiras, mas em decorrência do feriado de Independência do Brasil (7 de setembro), a prefeitura do município divulgou uma nota comunicando a antecipação para a quinta-feira. Leia a íntegra da nota:

A Prefeitura Municipal de Condeúba/BA comunica a todos que, devido ao feriado Nacional dia 07 de setembro, a Feira Livre será antecipada para o dia 06 de Setembro de 2018. Esta iniciativa é com o intuito de melhor atender os anseios da comunidade local, vez que, no Feriado Nacional os bancos e muitos comércios da cidade estarão fechados. Dessa forma, a mudança do dia da feira livre dar-se-á visando a atender a nossa população.

Atenciosamente Prefeitura Municipal de Condeúba/BA

O município de Condeúba, região sudoeste da Bahia, ultrapassou a meta de 95% de vacinação estabelecida pelo Ministério da Saúde contra Pólio e Sarampo e atingiu o percentual de 97,48% do público alvo. A campanha em Condeúba se encerrou no último sábado após o município contemplar a cobertura de vacinação em crianças de 1 a menos de 5 anos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a campanha, que era pra ter acabado na última sexta-feira (31), será mantida até o dia 14 de setembro somente nos municípios que ainda não atingiram os 95% de cobertura vacinal. Considerando o total de crianças de 1 a 5 anos no Brasil, dados preliminares apontam que 88% delas foram imunizadas. Na Bahia os números chegam a 85,1% para pólio e 84,58% para sarampo.

De acordo com a Coordenadora de Imunização de Condeúba, Enfermeira Marianne Ribeiro, o resultado obtido pelo município é reflexo de um trabalho participativo e do empenho de todos os profissionais envolvidos: “As equipes de imunização se dedicaram muito durante todo o período de campanha e não mediram esforços para atingir nossa meta e proteger nossas crianças, fazendo busca ativa, vacinação extra-muros, dentre outras estratégias, que sempre contaram com apoio da gestão. Foram realizados 2 dias “D” de mobilização aos sábados, para melhor atender a população em dias alternativos."