Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Segunda, 18 Novembro 2019
Nublado

20°C

Condeúba

Nublado

Umidade: 93%

Vento: 8 km/h



Projeto de lei que visa o combate a violência contra as mulheres é aprovado na AL-BA

Publicado por     |   13 Jun 2019
  |  
Projeto de lei que visa o combate a violência contra as mulheres é aprovado na AL-BA
Foto: Redação / BNEWS

A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou nesta terça-feira (11), o projeto de lei 22.520/2017, de autoria do deputado Pedro Tavares, que dispõe sobre medidas de prevenção e combate ao abuso sexual contra mulheres nos meios de transporte coletivo do Estado da Bahia.

A proposição propõe campanhas afirmativas, educativas e preventivas sobre o abuso sexual e a violência contra a mulher, sofridos no interior dos transportes coletivos. Entre as ações da lei fica estabelecida a confecção de cartazes contendo o telefone da Polícia Militar (190) e da Central de Atendimento à Mulher (180), além de instruções às vítimas para guardarem informações para identificação do agressor, tais como: horário, linha do ônibus, linha do metrô, roupa que o agressor estava usando e se possível, as características físicas.

“O assédio sexual, a importunação é uma realidade na vida das usuárias de transporte coletivo e essa lei vem contribuir com campanhas para por fim a esses crimes sexuais, através das denúncias. Será obrigatória a fixação de cartazes com orientações as passageiras sobre como denunciar essas situações. Infelizmente o medo, o receio e o constrangimento impedem muitas mulheres de denunciarem. A lei quer estimular a luta contra esses crimes, através de uma campanha educativa e também elucidativa sobre a importância da denúncia. Essa foi mais uma iniciativa do nosso mandato no sentido de ajudar a coibir a violência contra as mulheres”, afirmou.

FONTE: Bnews

Gabrielle S Valentin

Bacharelanda em Direito pela Faculdade Estácio de Sá, Consultora da UNESCO (braço da ONU voltado para a educação) e empreendedora. Gosta de escrever e desenvolver atividades ligadas ao jornalismo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.