Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Quinta, 20 Fevereiro 2020
Parcialmente Nublado

26°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 57%

Vento: 9 km/h

Bahia Notícias

O PSDB irá ingressar com uma Representação Criminal perante a Procuradoria Geral da República requerendo o aprofundamento das investigações por conta da matéria da Revista Veja que sugere o conhecimento Lula (PT) e Dilma Rousseff (PT) sobre os esquemas de desvio de dinheiro da Petrobras.

Em nota oficial assinada por Carlos Sampaio, Coordenador Jurídico da Coligação Muda Brasil, o partido lista diversos crimes que teriam sido cometidos pelo PT: lavagem de dinheiro, corrupção passiva, corrupção ativa, peculato, prevaricação e crimes contra a ordem econômica decorrentes da ocultação de contas e valores no exterior. “Vale dizer que, ao se confirmar que todas as infrações narradas pelo doleiro Alberto Youssef ocorriam com o conhecimento dos Srs. Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Vana Rousseff, há que se realizar um aprofundamento das investigações para verificar a sua participação nos ilícitos”, diz a nota, que defende que há responsabilidade criminal a ser perquirida.

Bahia Notícias

O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, aparece com 54,6% das intenções de voto no último levantamento Sensus/Istoé, considerando os votos válidos, contra 45,4% da presidente Dilma Rousseff (PT), que tenta a reeleição.

A diferença é de 9,2 pontos percentuais, o equivale a aproximadamente 12,8 milhões de votos. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Com a totalidade dos votos, Aécio tem 48,1% e Dilma, 40%; 11,9% (aproximadamente 12,8 milhões de eleitores) ainda não decidiram o voto.

A consulta entrevistou 2 mil pessoas em 24 estados e em 136 municípios. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01166/2014.

Bahia Notícias

Na reta final da campanha, pelo menos nove pesquisas eleitorais para presidente serão divulgadas nesta semana. Os levantamentos foram registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelos Institutos Ibope, Datafolha, Vox Populi e Sensus. A pesquisa Ibope/Estadão/Globo deve ser divulgada às 18 horas de quinta-feira (23).

Devem ser entrevistados 3.010 eleitores e o número do registro é BR-01168/2014. O instituto também deve divulgar um levantamento no sábado, véspera da eleição. Já o Datafolha deve divulgar quatro pesquisas esta semana. Uma prevista para hoje, com 4.400 eleitores, registrada sob o protocolo BR-01140/2014.

Outro levantamento terá período de coleta na terça-feira (21) e pode ser divulgado a partir do fim do dia pelo contratante, o jornal Folha de S. Paulo. O número de entrevistas também é 4.400. A sondagem foi protocolada sob o registro BR-01160/2014. O terceiro levantamento do Datafolha, que deve ser divulgado na quinta-feira (23), tem período de coleta no mesmo dia e foi contratado pela Rede Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo. A previsão é de 9.978 eleitores entrevistados. O número de protocolo é BR-01162/2014. O instituto, assim como o Ibope, também divulgará uma pesquisa no sábado. O Vox Populi tem duas pesquisas previstas. Uma na noite desta segunda-feira, com 2.000 eleitores entrevistados entre 18 e 19 de outubro, contratada pela Rede Record. O registro é BR-01136/2014.

Outra deve ser feita e divulgada no sábado (25) com o mesmo número de eleitores e o mesmo contratante. O registro é BR-01185/2014. A Corte eleitoral recebeu ainda o registro de sondagem a ser feita pelo Instituto Sensus, com coleta prevista entre terça (21) e sexta-feira (24). Com 2 mil entrevistas, a pesquisa deve ser divulgada pela revista IstoÉ, a partir de sexta. O protocolo é BR-01166/2014. Ibope e Datafolha também podem divulgar levantamentos para governador em diversos Estados. Pelo Ibope, estão previstas sondagens no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Distrito Federal, Roraima, Amapá, Amazonas, Paraíba, Mato Grosso do Sul, Acre, Ceará, Pará e Rio Grande do Norte. Pelo Datafolha, as pesquisas devem abranger Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará e Distrito Federal.

A carreata em prol do candidato à presidência da república, Aécio Neves (PSDB), mobilizou milhares de pessoas em Vitória da Conquista, nesse domingo (19). O evento foi uma iniciativa de profissionais da saúde em parceria com a coordenação regional da campanha do tucano.

Às 8h30, os veículos começaram a se concentrar no estacionamento do estádio municipal Lomanto Junior, no bairro Candeias. Às 9h30, os militantes pró-Aécio saíram em comboio passando por vários bairros da cidade. Candeias, Alto Maron, Guarani, Ibirapuera, Bairro Brasil, Patagônia, Kadija, Jurema e, finalizando, Centro puderam conferir a força do grupo de oposição.

Os dados da pesquisa Istoé/Sensus, divulgados nesta sexta-feira (17), mostram uma diferença de cerca de 13% entre os candidatos Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). Segundo o levantamento, o tucano aparece com 56,4% dos votos válidos, contra 43,6% da presidente Dilma.

A diferença de 12,8% representa, aproximadamente, 19,5 milhões de votos. O certame mostrou ainda que a presidente é conhecida por 94,4% dos 2.000 entrevistados, enquanto Aécio é de 93,3%. “Com os candidatos mais conhecidos, a tendência é a de que o voto fique mais consolidado”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus.

O deputado federal mais votado da Bahia, Lúcio Vieira Lima (PMDB), agradeceu, através do seu perfil no Facebook, a votação que teve em Condeúba e prometeu união juntamente com a oposição para o sucesso do grupo nas eleições municipais de 2016.

Lúcio é destaque pela sua forte atuação como deputado e também pela sua simpatia e simplicidade com que se relaciona com seu eleitorado. Em Condeúba, o ex prefeito da cidade, Odílio Silveira e o vereador Silvan Baleeiro foram os coordenadores da da campanha do deputado, que teve 1083 votos na cidade.

No primeiro encontro público com Marina Silva – no qual a candidata derrotada surpreendeu ao aparecer sem o tradicional coque -, ocorrido na manhã desta sexta-feira, em São Paulo, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, afirmou viver o momento mais importante da campanha, e comparou a união com a ex-ministra à aliança que elegeu seu avô Tancredo Neves no colégio eleitoral, em 1985.

— Hoje nós temos um desafio que não é menor do que aquele (de Tancredo Neves), que é encerrar o ciclo deste governo que aí está, que perde condições de governar o Brasil, a meu ver, pelo fracasso da economia e descompromisso com a ética — declarou o tucano. — Deixo de ser um candidato de uma coligação e passo a ser o candidato de um movimento de mudança.

Depois do primeiro duelo ao vivo entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) na Band, os dois presidenciáveis se confrontam novamente nesta quinta-feira (16), no SBT, a partir das 18h.

Com a apresentação e mediação do jornalista Carlos Nascimento, o debate será transmitido ao vivo pela emissora, pelo portal UOL e pela rádio Jovem Pan,  e terá a duração total de uma hora e vinte minutos, dividido em três blocos, com dois intervalos de quatro minutos cada um. Trata-se do segundo dos quatro confrontos ao vivo previstos para até sexta-feira da semana que vem, antevéspera da votação.

Na sequência, haverá ainda o da Record, no domingo, e o da Globo, último embate televisionado da corrida eleitoral. Ao contrário do primeiro turno, quando os debates não tiveram tanto reflexo sobre a audiência, o confronto de anteontem à noite sinalizou um maior interesse do telespectador em relação à disputa.

Com informações do Correio