Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sábado, 23 Março 2019
Nublado

26°C

Condeúba

Nublado

Umidade: 63%

Vento: 6 km/h

Curta Nossa Página

A Polícia Militar apreendeu nesta segunda-feira (11) uma submetralhadora de fabricação caseira dentro da mochila de uma adolescente de 17 anos que estava na fila do terminal marítimo de São Joaquim. Ela disse aos policiais que pegou a arma na Gamboa e a entregaria a uma pessoa no ferry boat.

 

A apreensão foi feita por uma equipe da 16ª Companhia Independente da Policia Militar (CIPM) por volta de 12h40. Os policiais também apreenderam um carregador com capacidade para 35 munições e um celular. A adolescente e o material apreendido foram apresentados na Delegacia do Adolescente Infrator.

 

FONTE: Bahia Notícias

O plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) manteve, nesta terça-feira (12), dois vetos propostos pelo governador Rui Costa (PT). O primeiro deles, aprovado pelos deputados, trata da decisão do Executivo de não mais extinguir a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder).

Prevista na reforma administrativa aprovada pela AL-BA no final da última legislatura, a extinção da Conder foi durante criticada pelos servidores da companhia e deputados que passaram em atuar pelo veto da proposta. A pressão foi exitosa, o que levou o governador a desistir da medida (lembre aqui).

Mesma sorte não teve o Centro Industrial do Subaé (CIS) e a Bahia Pesca, extinto e alienada com a aprovação da reforma do governador (veja aqui).

O segundo veto aprovado mesta tarde trata-se do Projeto de Lei encaminhado pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que extinguiu o Instituto Pedro Ribeiro de Administração Judiciária (Ipraj). Na justificativa, o Estado afirma que a proposição “não observa o princípio da separação de poderes, quando dispõe sobre a alienação”.

De acordo com o líder da maioria, deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), o veto representa uma correção a um vício de iniciativa.

 

FONTE: Bahia Notícias

A Defesa Civil de Minas Gerais informou, nesta terça-feira (12), que subiu para 201 o número de mortes confirmadas no desastre da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a corporação, 107 pessoas continuam desaparecidas.

No dia 25 de janeiro deste ano, a barragem da Mina Córrego do Feijão se rompeu, matando dezenas de pessoas e contaminando o Rio Paraopeba, um dos afluentes do Rio São Francisco. Os rejeitos devastaram a área administrativa da mineradora, incluindo o refeitório, onde muitos trabalhadores almoçavam na hora do rompimento. A usina ITM de beneficiamento também foi atingida, assim como vagões de trens e veículos que estavam na empresa. Após varrer a mineradora, a lama atingiu comunidades de Brumadinho destruindo casas, inclusive uma pousada, a atingindo propriedades rurais.

Até a noite desta terça-feira, 201 corpos foram identificados pela Polícia Civil. A busca por desaparecidos continua em Brumadinho, com 136 bombeiros militares em serviço. Nesta terça, o Corpo de Bombeiros atuou com 20 frentes de trabalho, 81 máquinas pesadas, cão farejador, uma aeronave e dois drones.

Números da tragédia:
201 mortos identificados
107 desaparecidos
395 localizados

FONTE: G1

Um avião da Ethiopian Airlines com 157 pessoas a bordo caiu neste domingo (10) durante um voo entre a Etiópia e o Quênia. O voo ET-AVJ perdeu contato menos de dez minutos depois de decolar. Ainda não há informações sobre o que provocou o incidente.

O avião decolou na cidade de Addis Abeba, capital da Etiópia, às 8h38 no horário local e perdeu contato às 8h44. A queda aconteceu perto da cidade de Bishoftu, ainda em território etiópio. O destino do voo era a cidade de Nairobi, capital do Quênia.

"Neste momento, operações de procura e resgate estão em andamento e não temos informações confirmadas sobre sobreviventes ou possíveis vítimas. A equipe da Ethiopian Airlines será enviada para o local do acidente e vai fazer todo o possível para assistir os serviços de emergência", relatou a Ethiopian Airlines em comunicado.

O senhor Anísio, vítima de um acidente nesse último (10), não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Anisão, como era conhecido, chegou a ser socorrido com graves ferimentos no seu membro inferior mas, perdeu muito sangue e não resistiu.

Na noite deste sábado (09), por volta das 19:30, um veículo modelo VW GOL e uma motocicleta modelo Honda Bros colidiram nas proximidades do município de Piripá, na rodovia BA-148. O motociclista seguia sentido Piripá e o condutor do automóvel trafegava sentido Condeúba nas altura das casas populares quando se chocaram.

Segundo um leitor do FRC que presenciou o momento do acidente, a colisão foi ocasionada por conta do farol alto que causou cegueira momentânea, dificultando assim o controle dos condutores dos veículos. O acidente deixou o motociclista gravemente ferido, com lesões graves em um dos membros inferiores. Ele foi socorrido e levado à unidade de Saúde de Piripá. Não há informações sobre seu quadro de saúde.

O Trio da Huanna, uma das bandas mais populares da Bahia, foi alvo dos assaltantes. O ônibus seguia para o Pernambuco, mas os bandidos entraram em ação próximo a Alagoinhas, conforme informações veiculadas nessa sexta-feira (22). Diversos pertences, como telefones, notebooks além de dinheiro foram saqueados pelos ladrões. O Trio da Huanna é uma das atrações dos 52 de Belo Campo, município que fica a 50 quilômetros de Vitória da Conquista, na noite do sábado (23).

Com mandados de busca em endereços ligados ao senador e presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Compensação na manhã desta sexta-feira (22). A ação é decorrente de um inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal (STF) e foi autorizada pela ministra Rosa Weber, que batizou a operação.

Segundo informações do G1, a PF investiga supostos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

 Com isso, cerca de 30 policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão em Teresina, no Piauí, na cidade de São Paulo e em Brasília. Envolvidos no processo também foram intimados a depor.

 De acordo com a publicação, essa investigação nasceu a partir de depoimentos prestados por colaboradores que afirmaram ter repassado cerca de R$ 43 milhões ao Partido Progressista (PP) por meio de pagamentos feitos em espécie e doações oficiais, intermediadas por Nogueira. A suspeita é de que o senador fez isso em troca de apoio político do partido na campanha eleitoral para a eleição presidencial de 2014.

Uma mega operação da Polícia Civil da Bahia nessa sexta-feira, dia 22, cumpriu mandados de prisão expedidos pelo poder judiciário. As atividades iniciaram por volta das 06h00. Policiais Civis da DT de Condeúba, com o apoio de investigadores de polícia da 10a COORPIN, prenderam, os indivíduos de iniciais D.D.C., de 22 anos de idade, e C.R.S., de 19 anos de idade, ambos sob acusações de de roubo circunstanciado, tráfico de drogas.

Segundo os agentes, trata-se de indivíduos de alta periculosidade e integrantes de uma associação criminosa que é controlada por um comparta que encontra-se detido no sistema prisional.

É válido registrar que o IPC Josué José das Neves Júnior destacou-se nas investigações do caso em comento.

Pelo menos 118 prefeituras baianas vão começar 2019 com as contas no vermelho, de acordo com uma pesquisa da Confederação Nacional de Municípios (CNM). As informações são do jornal Correio, o qual destaca que postos de saúde, centros de referência de assistência social, escolas e unidades de pronto atendimento (UPAs) estão recebendo até metade da verba para pagar os custos básicos e o restante tem ficado com as prefeituras, segundo elas informaram.

Segundo o levantamento, 234 das 417 prefeituras (56% do total) não vão conseguir pagar todas as dívidas até o final de dezembro e deixarão débitos para 2019, a maioria delas com fornecedores.

O levantamento foi feito junto a 312 cidades baianas, as quais responderam de forma espontânea ao questionário da CNM – 105 prefeituras se omitiram na pesquisa, e 213 confirmaram atraso no pagamento (51% das cidades).

A reportagem detalha que entre as medidas que as prefeituras tomaram neste final de ano para tentar ajustar as contas, estão a redução de despesas de custeio (275 cidades), desativação de veículos (153) e a redução de cargos comissionados (176). Além disso, 242 cidades (58% do total) cortaram funcionários dos seus quadros.

Também como medida de corte de custos, foi adotada a suspensão de coleta de lixo (57 prefeituras) e a redução de salários de prefeitos e vereadores, em 56 cidades pesquisadas pela CNM.

Ainda de acordo com a publicação, complementam os dados da pesquisa a informação da União dos Municípios da Bahia (UPB), segundo a qual 75% das prefeituras demitiram servidores no final do ano para tentar fechar as contas no azul.

Na semana passada, o Governo da Bahia anunciou que o repasse da parcela do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os 417 municípios baianos será antecipado de janeiro de 2019 para este mês.

A ação foi realizada, segundo o governador Rui Costa, para “auxiliar os prefeitos a fechar as contas no fim deste ano”. Rui destacou que a antecipação ajuda para que os municípios “cumpram os índices obrigatórios”.

A parcela será paga no próximo dia 28. Serão antecipados os tributos arrecadados de 22 a 27 de dezembro. Segundo a UPB, serão repassados R$ 700 milhões.