Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Sábado, 20 Julho 2019
Parcialmente Nublado

16°C

Condeúba

Parcialmente Nublado

Umidade: 65%

Vento: 12 km/h

Curta Nossa Página

A empresária Elita Pereira esteve representando a marca de biscoitos caseiros - Biscoito Condeúba, que leva o nome da sua cidade natal, neste domingo (26), no primeiro dia do 13º ENCONTRO NACIONAL DO CAFÉ, na Fazenda Vidigal em Barra do Choça-Ba.

Em Condeúba-Ba, o biscoito era inicialmente feito de forma caseira por famílias que residiam na zona rural e os comercializavam em feiras livres. Com a migração dessas famílias para a zona urbana, este costume foi se expandindo e consolidando. As receitas do Biscoito eram registradas no caderno de receita das matriarcas, e passadas como herança para os filhos. Detalhes que ajudaram na construção e permanência dessa tradição.

Um veículo modelo Ford Focus branco, que entrava na cidade pela BA-248, após o posto cajueiro, perdeu o controle e atingiu um poste e a calçada de uma residência por volta das 19:00, neste domingo (26).

O carro com quatro ocupantes rodou e bateu com a traseira no poste que ficou completamente danificado chegando a deixar o bairro sem eletrificação. Após se chocar com calçada e o poste, o veículo parou próximo a uma Hillux que trafegava no sentido contrário. Após a colisão, a rua foi isolada devido a fiação do poste ficar espalhada no chão. A COELBA já trabalha no local para reestabelecer a energia.

O serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU-192) foi acionado e prestou os primeiros socorros aos passageiros e à motorista. Todos foram atendidos e liberados, apenas uma passageira foi encaminhada para o Hospital Municipal Dr. José Cardoso dos Apóstolos com suspeita de clavícula quebrada.

Onze indígenas reuniram-se na quinta-feira 9 com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para reclamar de mortes ocorridas na comunidade deles, em Roraima, por falta de atendimento médico. Houve choro na sala. Não de Mandetta, deputado conservador que praticou seu esporte favorito no momento: condenar o gasto público com a saúde dos povos tradicionais.
O sonho do ministro é fechar a Secretaria de Saúde Indígena, criada em 2010. Ele diz que há muita corrupção na chamada Sesai, dona de 1,3 bilhão de reais por ano. De fato, fraude parece não faltar ali. Uma história que põe em risco a vida de indígenas. Resvala perigosamente na escolhida por Mandetta para comandar a Sesai. E tem lugar de honra para o presidente do MDB, Romero Jucá.

Empossada em 24 de abril, Silvia mandou o nome de Verbena à Casa Civil da Presidência, para análise. No inquérito em curso, a PF talvez comprove algo dito por quem conhece a Sesai por dentro. Verbena teria sido capturada no passado por interesses escusos. E teria se aproximado de Silvia para dar-lhe apoio político em troca de que tudo fique como está.

A Bahia está entre as primeiras opções de viagem dos paulistanos segundo uma pesquisa Datafolha. Os cerca de 1.100 km de extensão litorânea e praias de todos os tipos, sejam selvagens, urbanas, sombreadas por mata atlântica ou repletas de piscinas naturais, o estado foi considerado "sempre uma boa pedida".

Entre os destinos em destaque, está a Chapada Diamantina. Segundo a Folha de S. Paulo, uma das mais conhecidas formações geográficas desse tipo no país, que fica no coração do estado, atrai os turistas com suas serras, rios e vegetação abundante.

A publicação da Folha ainda lembrou a indicação de Salvador como a única cidade brasileira indicada em 2019 como "lugar a conhecer" na lista publicada pelo jornal americano The New York Times.

Ainda sobre a capital baiana, a publicação da coluna "Viaja São Paulo", da Folha, destaca a orla da Barra e o centro histórico, e ainda cita as intervenções recentes feitas nesses locais. O bairro de Santo Antônio Além do Carmo também é citado, além dos casarões coloridos típicos da localidade.

No decorrer do texto ainda são citados o Litoral Norte, Litoral Sul e a Costa do Cacau. Com destaque de sugestão para Praia do Forte, Porto Seguro, Ponta do Corumbau, Taipu de Fora, Ilhéus e Ibirataia.

FONTE: Bahia Notícias

Foi realizado em Condeúba-Ba, dia 23 de maio de 2019, no GE Palace Clube Pereira, o 1º Casamento Comunitário do município. A cerimônia foi realizada pela Prefeitura Municipal de Condeúba, através da Secretaria de Assistência Social.

O jogador caculeense Maykon Matos Ramos, de apenas 14 anos, é uma das promessas do time do Mirassol de São Paulo e irá defender a equipe no Campeonato Paulista Sub-15 realizado no estado.

Com 1,91 metros de altura e pesando 70 kg, Maykon joga como zagueiro. O jovem se apresentou ao time paulista há aproximadamente dois meses, após passagem pelo Juazeirense, onde disputou o Campeonato Baiano Sub-15.

Vindo de família humilde, o jogador tem recebido o apoio da família na busca pela realização do sonho de se tornar um atleta profissional. Maykon é irmão de Helder Matos Ramos, hoje com 23 anos, que já passou por vários clubes profissionais, inclusive o Vitória da Conquista, onde permaneceu por 3 anos nas categorias de base.

Maykon foi descoberto pela Escolinha Associação Desportiva Ajax, de Brumado, aos 12 anos. No Mirassol o garoto tem recebido elogios dos dirigentes e também da equipe técnica que apostam no bom desenvolvimento durante o Sub-15.

FONTE: Informe Cidade

O prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, é irmão da prefeita de Porto Seguro, Cláudia Silva Santos Oliveira (PSD). E, em Porto quem comanda a Superintendência de Assuntos Indígenas daquele município é Luzia Pataxó que por sua vez é irmã de Zeca Pataxó. Vale aqui lembrar, que Cláudia Oliveira e o Agnelo Santos, são respectivamente, esposa e cunhado do prefeito de Eunápolis, José Robério Batista de Oliveira (PSD).

O Clã Oliveira, há pouco tempo atrás, por determinação judicial, ficou afastado das prefeituras de Santa Cruz Cabrália, Porto Seguro e Eunápolis, por cerca de 5 meses, a pedido da Polícia Federal que acusa o trio de fraudar contratos em licitações que somam a quantia de R$ 200 milhões de reais. Os Oliveiras são ligados politicamente aos senadores Otto Alencar (PSD/BA) e Jacques Wagner (PT/BA) e ao Governador do PT baiano, Rui Costa.

O decreto do governo de Jair Bolsonaro publicado nesta quarta-feira (22) que trata das regras sobre armas no país determina que o Exército defina, em 60 dias, quais armas vão poder ser adquiridas pelos cidadãos comuns. É essa listagem que vai dizer, por exemplo, se será possível ou não comprar fuzil.

No início de maio, o governo havia publicado um decreto que aumentou a potência das armas que poderiam ser adquiridas para o cidadão comum para até 1.200 libras e 1.620 joules de energia cinética.

Essa ampliação abriu a possibilidade de que cidadãos adquirissem armas que, até então, eram de uso restrito da polícia, como as pistolas 9mm e .40. Nessa categoria, também se enquadra o fuzil semiautomático T4, segundo a Taurus, que fabrica o armamento.

FONTE: G1

 

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite dessa terça-feira (21), a medida provisória que libera 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas. Na mesma votação, a Casa também aprovou o retorno do despacho gratuito de bagagem em voos. Mas a MP ainda precisa ser aprovada pelo Senado nesta quarta (22) para virar lei. Como o prazo está no limite, caso o Senado não vote a matéria, o projeto pode caducar.

Segundo informações do blog Todos a Bordo, do UOL, os parlamentares chegaram a rejeitar o projeto de lei que incluía a volta do despacho de bagagem gratuito no texto da MP, mas, depois de aprovarem o texto-base, eles decidiram aprovar também um destaque do PT que incluiu o tópico.

Com isso, se o Senado der aval, os passageiros voltarão a ter direito a uma mala de até 23kg nas linhas domésticas com mais de 31 assentos.

FONTE: Bahia Notícias

Apoiador das causas dos pacientes com lúpus, o deputado estadual Pedro Tavares (DEM), em discurso na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), cobrou do Governo do Estado a execução da lei, de sua autoria, que criou a Semana de Conscientização do Lúpus na Bahia. O projeto de lei foi aprovado pela maioria dos deputados da Casa Legislativa no final de 2015 e sancionado pelo governador Rui Costa (PT) no primeiro semestre de 2016. Segundo o parlamentar, até hoje não foi colocado em prática pelo estado. “Criamos aqui a lei que conscientizaria a população baiana sobre o lúpus e seria executada todo ano, durante a primeira semana do mês de maio, mas, infelizmente, o Governo da Bahia até hoje não regulamentou, nem executou essa norma tão importante”, relatou.